YouTube

O verdadeiro problema de viver em Marte

0

Marte é um dos planetas mais explorados em nosso sistema solar, sendo o único a receber robôs da NASA com o objetivo de aprimorar a análise de campo.

Em suma, o quarto planeta do nosso sistema solar é, depois da Terra, o mais popular. Ademais, o sonho de colonizá-lo é alimentado quase que desde quando sua exploração começou. Por mais que a Terra e Marte tenham algumas similaridades, eles são planetas completamente diferentes em vários sentidos.

Embora o planeta não tenha condições para que a vida exista sem nenhuma interferência, como aqui na Terra, isso não nos impede de querer viver por lá e colonizá-lo. Assim, para que uma colônia funcione tão longe da Terra, tudo precisa ser pensado com bastante cuidado. Até mesmo o número de pessoas que são necessárias para que essa colonização funcione.

Colonização

R7

 

Atualmente já se conhece algumas coisas a respeito do Planeta Vermelho. Por exemplo, uma pessoa que pesa 100 quilos aqui na Terra, pesaria apenas 38 em Marte. Pode parecer uma coisa boa, mas outras condições de Marte o fazem impróprio para a vida como nós a conhecemos.

Mesmo assim, Elon Musk, CEO da SpaceX, sempre teve planos ambiciosos para a futura colonização de Marte. De acordo com Musk, o Planeta Vermelho teria que ser “terraformado para suportar a vida”, o que pode ser uma coisa muito lenta. Mas independentemente do tempo, seu objetivo de habitar Marte parece não ficar de lado.

Entretanto, existem vários outros fatores que os humanos terão que enfrentar em uma possível colônia em Marte. Será que realmente um dia conseguiremos habitar tal planeta?

Sabemos que você é extremamente curioso, assim como nós e por isso quer sempre saber mais sobre determinado assunto. Se você se interessou, veja esse vídeo que fizemos no nosso canal do Youtube a respeito disso.

Imagem: R7

Cientistas desvendam mistério de esponja marinha nas profundezas do Ártico

Matéria anterior

Saiba como funciona o sistema de escrita Braille

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos