Os 5 acidentes de circo mais dramáticos da história

POR Fabiana Souza    EM Entretenimento      14/10/15 às 20h02

Se tem um assunto que está sempre envolto por polêmicas, esse assunto é o circo. Alvo de críticas a respeito do modo de vida de seus artistas, o risco dos números e até mesmo acusações a respeito de maus tratos com os animais que participavam dos números, os circos estão sempre 'na boca do povo'.

Alguns dos casos envolvendo polêmicas a respeito dos circos contém acidentes graves, alguns com vítimas fatais e tragédias. Separamos alguns acidentes que irão te fazer repensar aquela ideia de assistir aquele espetáculo do fim de semana. Confira:

5 - Incêndio no Gran Circus

grancirco

Em 1961 ocorreu o que viria a ser um dos piores acidentes de circo já registrados no Brasil. A tragédia aconteceu em Niterói, no Rio de Janeiro e foi marcada por um grande incêndio no Gran Circus, um circo norte-americano que se apresentava na cidade na data em questão. Um dos trapezistas do espetáculo foi em notou o incêndio e tentou alertar a platéia de 3 mil pessoas.

Em decorrência das chamas, a lona (de 6 toneladas) desabou em cima da plateia e literalmente "cozinhou" todos os que estava ali em baixo. Foram confirmadas mais de 500 mortes, sendo que 400 delas ocorreram na hora do desabamento. Dessas 500 vítimas, 70% eram crianças.

O desastre não foi considerado um acidente, e sim provocado intencionalmente por Adilson Marcelino Alves. Ele trabalhou na montagem do circo mas havia sido expulso por seus antecedentes criminais e por apresentar problemas mentais. Testemunhas afirmaram que ele havia jurado vingança e, no dia 15 de dezembro, retornou ao local com dois comparsas afim de atear fogo no circo no meio do espetáculo, segundo a polícia.

4 - Explosão do tubo de néon

416

Nos EUA, em 1969, o engolidor de espadas Francis Doran, do circo Clyde Beatty Cole Bros foi apresentar seu número bêbado e acabou se dando mal por isso. Na apresentação ele precisava engolir um tubo de neon (o que era corriqueiro nos números do circense) sem danificar o objeto.

Entretanto, por estar alterado por conta da bebida, Francis acabou se curvando demais na hora de agradecer à plateia e o objeto acabou se quebrando, explodindo dentro dele. A sorte é que, apesar de ter tido ferimentos gravíssimos, o artista sobreviveu ao acidente e se recuperou.

3 - Tragédia do Circo Vostok

le_o_e_menino_00-1024x771

Outro acidente chocante ocorreu também aqui no Brasil, dessa vez em Recife, Pernambuco. A tragédia aconteceu em 9 de abril de 2000 e envolveu o menino José Miguel dos Santos Junior, de 6 de anos.

Durante o espetáculo, enquanto as jaulas dos leões eram montadas, o apresentador orientou a plateia a transitar para outro ambiente, o local estaria aberto para fotos e o público poderia ver outros animais. Enquanto se dirigia ao local, José, que estava de costas para a jaula dos leões, foi puxado por um dos animais para dentro do local com os outros 5 animais. Em seguida, os 6 leões partiram para cima do garoto e o devoraram vivo.

A casa estava cheia e houve bastante tumulto por conta dos gritos de dor e agonia do garoto. Só foi possível afastar os leões cerca de uma hora depois, quando a polícia chegou no local e atirou nos animais.

Após o acidente foram feitas necrópsias dos animais mortos e o resultado mostrou que os leões não eram alimentados há três dias.

2 - Ataque dos leões na Austrália

160

Outro acidente envolvendo leões aconteceu na Austrália, em agosto de 2001. Durante o espetáculo, o domador de leões Geoffrey Lennon, do Circo Lennons, foi atacado por 3 leões durante uma de suas apresentações.

Essa, por sua vez, não acabou em tragédia. Ao fim, os leões foram dominados e o circense conseguiu fugir com alguns ferimentos e sem um pedaço da nádega. Após o acidente, várias cirurgias foram feitas para reconstruir parte

1 - Queda do tecido acrobático

515

O circo Ringling Bros. and Barnum & Bailey também entrou na lista dos acidentes mais macabros envolvendo artistas, a vítima da vez foi a acrobata Dessi Espana, que estava fazendo uma apresentação há 9 metros do chão, presa somente pelo tecido acrobático do circo.

Infelizmente, a artista não estava presa a nenhum cabo de segurança, que resguardasse uma eventual queda. E foi justamente o que aconteceu. Dessi caiu de cabeça no chão e não resistiu ao impacto, morrendo no local.

Fabiana Souza
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+