Os 5 treinamentos militares mais bizarros

POR A redação    EM Curiosidades      14/07/15 às 19h20

O treino é a parte mais importante da vida de um militar. Diz-se que um verdadeiro militar está em constante treino. Todas as situações às quais os militares são submetidos, seja apenas durante o serviço militar - para aqueles que apenas passam por um período de treino curto - ou para os militares de carreira - no caso de sargentos, tenentes e oficiais.

O treino dos oficiais é mais complexo e específico, pois recai neles a responsabilidade pela tomada de decisões, ações de pronta-tarefa, combate e atividades de intendência, de salvamento, de engenharia militar, etc. Os treinos físicos aprimoram a resistência à fadiga, ao cansaço, à fome, sede e outras necessidades fisiológicas.

O corpo adquire maior resistência e força física, fatores de extrema importância a um militar, que necessita ser melhor que o comum. A perícia no tiro ao alvo, a destreza no uso dos equipamentos, saber como arrumar o material, preparar os alimentos e construir abrigo, são etapas de um extenso treino físico que um militar enfrenta.

Entretanto, existem alguns treinamento que extrapolam o ritmo normal do treinamento militar. Confira os treinamentos militares mais bizarros do mundo:

Batata quente com granada

Lembra daquela brincadeira chamada 'batata quente'? Esse treinamento chinês é bem parecido com a brincadeira. Os soldados passam o explosivo, ativado, de mão em mão até que o último jogue a granada em um buraco para explodir. Se alguém se atrapalhar no meio do exercício pode ocorrer uma fatalidade.

Levar um tiro no peitoral

O exercício era parte de um treinamento especializado do exército russo. O treino funcionava da seguinte maneira: um soldado devia atirar no outro no peitoral (com colete). Simples assim. A ideia por trás desse estranho treinamento é de preparar as tropas para um momento em que eles possam ser alvos de tiros e saberem reagir de forma apropriada.

Pular em anéis de fogo

2

O exército libertário da China realiza um treinamento bastante inusitado: os soldados devem pular em anéis de fogo como um exercício de sobrevivência.

Quebrar blocos de concreto com a cabeça

Os exércitos chinês e sul coreano fazem um treinamento que deve dar muita dor de cabeça para os soldados. O objetivo é simplesmente quebrar um bloco de concreto com a cabeça.

Beber sangue de cobra

3

Os marinheiros estadunidenses bebem sangue de cobra e tiram a cabeça de galinhas com seus dentes como parte do treinamento. A explicação oficial é que a atividade encoraja os soldados em se adaptar aos costumes locais.

A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+