• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Pedra antiga confirma história escrita na Bíblia

POR Bruno Destéfano    EM Curiosidades      09/05/19 às 14h17

A veracidade da narrativa bíblica é um estudo de campo controverso e contestado. Até agora, poucas descobertas arqueológicas sustentaram as histórias inscritas no Antigo Testamento. No entanto, um estudo inovador de uma antiga tábua de pedra pode ter derrubado mil anos de pré-entendimento sobre os textos antigos da Bíblia. Samuel Boyd, professor de estudos judaicos e religiosos na Universidade do Colorado, afirma: "A pedra moabita foi um dos primeiros artefatos descobertos nos primórdios da arqueologia moderna no século 19. Ela nos traz algumas conexões entre a Bíblia e um registro escrito por uma fonte externa." Embora a pedra tenha sofrido danos ao longo dos anos, alguns de seus textos permanecem legíveis. Um deles confirma a existência do rei Balaque de Moabe, arqui-inimigo bíblico dos antigos hebreus. Ou seja, a pedra antiga confirma história escrita na Bíblia.

Descoberta no século 19, a pedra de 44 polegadas está armazenada no Museu do Louvre, em Paris. Os arqueólogos acreditam que uma linha que se pensava ler "Casa de Davi", na verdade, se refere ao rei bíblico Balaque.

A possível descoberta

Balaque, antigo rei bíblico, pode ter sido uma figura histórica. É o que dizem os estudiosos sobre uma pedra inscrita com 2.800 anos de idade. De acordo com a história, que está no Antigo Testamento, Balaque protagonizou muitas tentativas de amaldiçoar e perseguir os judeus.

A antiga tabuleta, chamada de Mesha Steele (ou pedra moabita), descreve vários conflitos e conquistas que aconteceram durante o século IX. Embora partes da inscrição estejam rachadas, a linha que se refere à "Casa de Davi" possivelmente descreve o rei Balaque. A equipe, da Universidade de Tel Aviv, sustenta a tese de que é possível identificar três consoantes. A primeira delas é a letra hebraica 'beth', que soa como 'B.'

Soberania resignificada?

A pedra antiga confirma uma história escrita na Bíblia? A nova análise da pedra sugere que Balaque, um personagem-chave em uma parábola bíblica no livro de Números, pode ser mencionado como um rival do rei Mesa pela conquista da soberania Moabe. "Estamos lidando com um nome que tem três caracteres, começando com um B. Sabemos, por meio da Bíblia, que Balaque era o rei de Moabe", informa Israel Finkelstein de Universidade de Tel Aviv, para a NewsWeek. Contudo, ele admitiu que não pode ter certeza: "No final do dia, a reconstrução do nome Balaque é circunstancial".

Se os estudos estiverem corretos, as percepções sobre as forças dominantes da época mudam completamente. "A leitura 'Balaque' em vez de 'Casa de Davi' rejeita a possibilidade de que Judá governasse sobre Moabe, e faz de Balaque uma figura histórica", disse Finkelstein.

Suas 34 linhas inteligíveis que contam a história de como o rei Mesa de Moabe triunfou sobre o reino de Israel. Na verdade, é também uma das quatro conhecidas inscrições contemporâneas que contêm o nome de Israel. Os pesquisadores usaram novas fotografias de alta resolução da pedra que melhor destacaram as letras originais. As novas imagens parecem mostrar que o nome na linha 31 tem três consoantes. A primeira delas é a letra hebraica "beth", que soa como "B".

Exatidão da Bíblia como debate científico

A equipe não pode confirmar com toda a certeza sobre a referência ao rei Baleque. No entanto, é importante lembrar que esse rei foi mencionado como um rival de Mesa na própria Bíblia (Livro de Números, 22-24). De qualquer forma, a pedra moabita provou ser um tesouro de informações sobre a história do antigo Israel. Além disso, pode ser uma fonte relevante para o debate sobre a exatidão da Bíblia.

E você, qual a sua opinião sobre a possível descoberta? É uma maneira de provarmos alguns fatos históricos contidos na narrativa bíblica? A pedra antiga confirma história escrita na Bíblia? Compartilhe sua impressão conosco.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+