Ciência e Tecnologia

Perseverance consegue extrair oxigênio em Marte pela primeira vez

0

O governo Biden tem investido fortemente nos projetos da Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço (NASA) e a agência, diariamente, apresenta um retorno ao atual presidente – o que, particularmente, mostra que os esforços do governo em fazer com que a NASA siga com suas primordiais atividades não têm sido em vão.

A agência, recentemente, participou de uma reunião com os representantes do governo Biden para apresentar os futuros projetos e, assim, garatinr ainda mais novos investimentos.

Por constantemente mostrar resultados promissores, a NASA acabou garantindo um lugar de destaque no atual plano orçamentário do governo Biden. De todos os projetos que foram apresentados na reunião, existe um em ativa, que segue necessitando de constante atenção, tanto da NASA, quanto do governo americano.

Rover Perseverance

O robô rover Perseverance, desde de 18 de fevereiro deste ano, dia em que chegou em Marte, tem se mostrado extremamente útil para a NASA. Embora os feitos do equipamento estejam apenas começando, o rover Perseverance foi pioneiro em diversas atividades.

De acordo com uma recente reportagem do portal de notícias TecMundo, o robô, depois de gravar o primeiro vídeo de Marte e fazer o primeiro helicóptero autônomo sobrevoar o solo marciano, se consagrou em ser o primeiro equipamento a converter parte da atmosfera do Planeta Vermelho, rica em dióxido de carbono, em oxigênio

O feito foi divulgado pelo site oficial da agência nesta quarta-feira, 21/04 e foi confirmado em seguida pelo Jet Propulsion Lab, departamento da NASA que construiu o veículo e comanda suas atividades em Marte.

Conforme as informações que foram disponibilizadas na reportagem publicada pelo portal TecMundo, o responsável pela conversão é um elemento experimental que está instalado na lateral superior direita do equipamento. Intitulado de MOXIE, o elemento desempenha a função de realizar experimentos com base na utilização de recursos in situ em Marte, como, por exemplo, transformar dióxido de carbono em oxigênio.

Utilidade

O MOXIE, como dissemos, é uma tecnologia de exploração, assim como a estação meteorológica Mars Environmental Dynamics Analyzer (MEDA). O elemento experimental é patrocinado pela Diretoria de Missão de Tecnologia Espacial (STMD) e pela Diretoria de Missão de Exploração Humana e Operações da NASA. O fato de gerar oxigênio a partir de recursos presentes em Marte mostra como a agência espacial tem trabalhado arduamente para conquistar certos feitos.

O atual momento mostra como a agência pode, no futuro, investir em novos experimentos. Com a nova função que o MOXIE logrou em executar, a NASA pode, por exemplo, isolar e armazenar oxigênio em Marte para ajudar a fornecer energia a foguetes – de forma mais segura, mais econômica e mais rápida – e para os próprios astronautas.

Nesta primeira fase de teste, o aparelho experimental produziu 5 gramas de oxigênio. Segundo a reportagem publicada pelo portal TecMundo, a quantidade é o suficiente para um astronauta respirar por 10 minutos. Ainda de acordo com o a reportagem do portal, o MOXIE pode gerar 10 gramas/hora.

“Este é o primeiro dos muitos passos que o Rover Perseverance irá dar. A conversão de dióxido de carbono em oxigênio em Marte é algo fantástico”, disse Jim Reuter, administrador associado do STMD. “Obviamente, o MOXIE tem mais trabalho a fazer, mas os resultados desta demonstração de tecnologia são promissores à medida em que avançamos em direção ao nosso objetivo de um dia ver humanos vivendo em Marte”.

Cientistas redescobrem uma espécie rara e selvagem que pode salvar o café da mudança climática

Matéria anterior

Por que as mulheres preferem homens sombrios e misteriosos?

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.