O mais provável é que ele signifique exatamente o que parece: um pênis ereto. Sim, isso porque até os macacos têm o costume de mostrar seu pênis para outros de seu grupo como uma forma de intimidação, algo que está diretamente associado à virilidade e à testosterona que a controla. Essa, talvez, seja a explicação histórica de porque o costume teve início e porque é popular em praticamente todo o mundo desde a Antiguidade.

Inclusive, o primeiro registro é de 423 a.C., quando o poeta grego Aristófanes ilustrou o costume em sua peça "As Nuvens". A cena acontece quando o personagem "Estrepsíades" compara o dedo do meio com ó órgão masculino, numa piada que ficou infame em todo país e chegou ao conhecimento de Roma, onde foi chamada de "digitus infamis", ou "dedo obsceno".

macaco_dedo

Publicidade
continue a leitura

 

Já para os gregos, era chamado de katapygon, que significa "homem que que submete à penetração anal", o que deixa bastante claro seu sentido difamatório - apesar do homossexualismo ser bastante comum já na época. Já na obra "Suda", o gesto é definido como "tocar o ânus com um dedo", também um comportamento comum em primatas.

babao-01

Publicidade
continue a leitura

Calígula, o polêmico imperador romano, aparentemente gostou da moda: ele obrigava seus súditos a beijar seu dedo ao invés de sua mão, o que fica bastante sugestivo ao lembrarmos que a figura adorava uma festa em homenagem a Baco, os famosos "bacanais" - ou orgias.

Os árabes, por sua vez, acreditavam que o dedo do meio poderia afastar o "mau olhado" e espíritos ruins, fazendo parte de costumes conhecidos como "mágica apotropaica".

Publicidade
continue a leitura

Já na Idade Média, cavaleiros levantavam suas lanças antes de duelos simbolizando as mesmas coisas, incitando seus rivais para um "duelo de macheza". Hoje em dia imortalizado e famoso, o gesto tem até mesmo estátuas, como a da foto abaixo, feita pelo escultor tcheco David Cerny para o presidente do país. Isso que é classe.

Gesto,_David_?erný(socha?),_21.10.2013,_Praha

Publicado em: 27/10/14 21h12