Os mais bizarros monstros submarinas já encontrados

POR Pietro Bottura    EM Mundo Animal      27/10/14 às 17h55

Você sabia que a humanidade sabe mais sobre o espaço do que sobre o fundo do mar? Apesar de ter apenas 11 km de profundidade, as Fossas Marianas - o ponto mais profundo do oceano - são completamente desconhecidas, tamanha é a pressão e as temperaturas extremas encontradas nesse ambiente.

É claro que, em submarinos e veículos especiais, as pessoas que já chegaram perto de lá - e só perto, já que o local permanece inexplorado - estava protegidas dos seres aquáticos por vidro blindado e aço, mas e se não fosse assim (e desconsiderando a pressão mortal, é claro), será que você teria coragem de dar um mergulho lá?

Habitadas por reais fósseis vivos, as profundezas oceânicas escondem alguns dos mais bizarros e violentos animais, que, sem luz ou qualquer estímulo externo, vivem numa constante arena de alimentação, lutando para se alimentar de qualquer coisa que se mova na escuridão - agora imagine você, pelado, dando um mergulho na total escuridão com esses bichos:

Serpente do mar

Serpente-do-mar

Celacento, que havia sido considerado extinto há 60 milhões de anos (mas não estava!)

O-fóssil-vivo

Criatura de Villaricos, com 4 metros e desconhecida

Monstro-misterioso

Monstro de Montauk, encontrada numa praia em NY em 2008

Monstro-de-Montauk

Lula Kraken, encontrada em 2004, com 180 kg

Lula-de-Júlio-Verne

Esturjão do Atlântico, encontrado nos EUA em 2012

Esturjão-do-Atlântico

Bolha Sangrenta, não identificada

Bolha-vermelha

Água-viva gigante, composta por 4 espécies diferentes de medusas

Água-viva-gigante

Monstro de St. Augustine, encontrado na Flórida, em 1896

137

 

Se gostou do tema, não deixe de conferir algumas curiosidades sobre o Reino Animal e também algumas mutações inesperadas ocorridas naturalmente.

Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+