Os smartphones são criações tecnológicas que revolucionaram o conceito de telefonia e mudaram o estilo de vida das pessoas num geral.
A cada dia que passa, os seres humanos estão mais conectados e de olho nas telinhas touch screens dos dispositivos e a tendência disso é só aumentar, segundo um estudo britânico. Mas esses telefones que misturam computação, telefonia e internet não são lá essa perfeição toda e, muitas vezes, apresentam problemas como todo e qualquer aparelho.
Além de vírus e as famosas quedas, quebrando a tela do aparelho, outro problema que tem tirado o sono de muitos usuários é o superaquecimento e o famoso “vício” na bateria.
Mas por que o celular esquenta tanto e as baterias duram menos? O que acontece?

Veja na matéria:

Publicidade
continue a leitura

bateria

Com o passar do tempo, os nossos smartphones tendem a ficar com a capacidade de bateria reduzida e a esquentar de forma mais rápida. Quando as temperaturas estão mais elevadas, então, esse fator chega a afetar quase todos os modelos de celulares existentes. Claro, todo componente vendido no mercado tem seu tempo útil de vida decretado, mas o que acontece é que cada vez mais, parece que o tempo de uso tem reduzido mais ainda o tempo de vida um aparelho mais do que o normal.

1 - A lentidão e super aquecimento

speed-up-your-iphone-by-removing-slow-transition-animations-ios-7.1280x600

A temperatura recomendada por especialistas para um smartphone fica entre zero e 35º C, acima disso, você pode verificar o seu aplicativo de antivírus e buscar a ferramenta de resfriamento. A alta temperatura que seu aparelho é exposta influi e influi bastante na lentidão e funcionamento do sistema. Expor o aparelho à luz solar, por exemplo, ou deixar em ambientes muito quentes influencia no aquecimento. E isso nem sempre se deve à temperatura ambiente. Os processadores dos smartphones são muito sensíveis ao calor, pois quanto mais quente é o ambiente, mais lento vai ficar seu celular. Para não superaquecer, ele precisa reduzir a energia.

Publicidade
continue a leitura

Existem outros componentes no seu smart que precisam ser considerados quanto a este fator. São eles a luz do fundo da tela, os sinais de GPS e a conexão de dados. Aplicativos móveis como o Facebook e o Outlook, por exemplo, consomem bastante energia e bateria e, logo, levam à lentidão e o superaquecimento.

2 - O consumo de bateria

infografico-dicas-para-a-bateria-do-smartphone-durar-mais-photo28167359-44-31-12

Algumas funções simples do seu celular e que você utiliza bastante influenciam no tempo de vida de sua bateria. O brilho da tela, o modo vibração, tempo de bloqueio de tela, conexões bluetooth e wi-fi, a localização permanente do GPS entre outros.

Publicidade
continue a leitura

Em geral, sua bateria não é nada mais do que um conjunto de substâncias químicas que reagem produzindo calor e eletricidade. Se sua bateria atinge mais de 30ºC, seus componentes químicos podem se danificar. Em períodos curtos pode não ter tanto problema assim, mas em exposição prolongada, a capacidade do celular diminui e a vida útil da bateria mais ainda.

copia-de-iphone-5-battery-charging-1024x449-copy

 

A dica é você manter seu celular sendo utilizado em pouco tempo, evitar ficar longas horas e buscar utilizar modelos com corpos metálicos, além de baixar aplicativos que escaneiam todo o dispositivo para determinar sua temperatura a cada momento. Procure desativar ou usar funções que minam a bateria do seu celular, como Wi-Fi, bluetooth, reduzir as notificações e não deixar aplicativos funcionando em 2º plano.

Publicado em: 27/07/15 16h21