Qual o buraco mais fundo que já foi cavado na história da humanidade?

POR Rafael Miranda    EM Ciência e Tecnologia      29/12/15 às 14h24

Quando pensamos na maior realização arquitetônica da humanidade, geralmente pensamos em grandes esculturas, monumentos, prédios e objetos que temos que olhar para cima para admirar-mos a sua beleza. Lembramos das pirâmides egípcias, da Basílica de São Pedro ou do Taj Mahal. Todos são edifícios colossais que nos colocam um pouco mais perto dos céus. Entretanto, são menos conhecidas as tentativas extraordinárias de atingir as profundezas da Terra.

A BBC fez uma verdadeira "Viagem ao Centro da Terra" e destacou algumas das grandes obras subterrâneas feitas pelo homem. Muitos se perguntam: Como os nossos antepassados ??conseguiram construir um túnel de centenas de metros abaixo do solo sem possuir a tecnologia que temos hoje? Bom, a resposta foi encontrada.

Um cidade que é extremamente reconhecida pela beleza arquitetônica e complexidade é a antiga cidade de Derinkuyu. Nela, existem imponentes túneis escavados à mão. Esses complexos vão até 60 metros abaixo do solo na região da Cappadocia na Turquia. O labirinto subterrâneo podia abrigar 20.000 cidadãos.

15

Um fato intrigante é que dentro desses túneis existiam casas, adegas e até escolas. Os túneis são formados em cinco níveis, com uma igreja no ponto mais baixo. A região da Cappadocia tem rochas macias e vulcânicas. Além disso, pensa-se que os habitantes podem ter começado a esculpir essas habitações subterrâneas a 700 D.C.

Os seres humanos já fizeram túneis muito mais profundos na crosta da Terra. No entanto, isso custou um pouco mais do que sangue, suor e uma pá. Outro túnel bastante profundo e que merece destaque, começou a ser escavado no início dos anos 1870 e foi finalizado em 1914. Aproximadamente 50.000 trabalhadores em Kimberley, África do Sul cavaram 22 milhões de toneladas de terra.

Eles chegaram a uma profundidade de mais de 240 metros antes da operação cessar. O "Big Hole", como é conhecido agora, é muitas vezes descrito como o maior poço cavado à mão do mundo, embora os registros sejam escassos.

16

Em Woodingdean, existe uma mina perto de Brighton, no Reino Unido que é o local mais profundo que a mão humana cortou na Terra. Lá, foram 390 metros de profundidade, tão profundo quanto a altura do Empire State Building. Construído para fornecer água para uma escola industrial, a força de trabalho composta por moradores locais acreditavam que as condições de trabalho seriam um impedimento para a conclusão da obra.

Os trabalho no túnel era feito 24 horas por dia e iluminado por velas. Hoje, é claro, a tecnologia nos permite alcançar novas profundidades. Alimentado por explosivos e martelos pneumáticos gigantes, as minas TauTona e Mponeng na África do Sul cavaram cerca de 4 km de profundidade.

17

Nesses locais, leva cerca de uma hora de elevador para chegar ao fundo do túnel, onde a rocha circundante emite um calor sufocante do 59°C. Isso é mais quente do que a temperatura mais quente já registrada na superfície da Terra.

Por incrível que pareça, a alta temperatura e as condições de baixo oxigênio destas minas super-profundas podem nos dar uma pista sobre como podem ser as formas de vida extra-terrestres - uma vez que o ambiente é provavelmente muito semelhante ao que existe em outros planetas.

Com a melhoria da tecnologia, cada vez menos pessoas precisam enfrentar o mundo subterrâneo. Mas, isso não vai parar algumas pessoas. É da natureza humana explorar todos os cantos do nosso mundo, desde a mais alta montanha até as profundezas do mais profundo abismo.

Via   BBC  
Imagens BBC
Rafael Miranda
Criando forças para segurar o forninho de cada dia. Instagram: @rafaelmiranda17

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+