• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Relatório explica porque Hollywood falha na adaptação de animes

POR Letícia Dias    EM Notícias      11/07/19 às 15h05

Quase todo fã de mangá sonha em ver as ilustrações ganharem vida nas telas. Porém, quando se trata de adaptar os animes para o live-action, muitos já sentem um arrepio na espinha só de imaginar. Isso parece meio controverso já que à primeira vista todo fã gostaria de ver seus personagens ganhando vida e sendo projetados de forma mais real possível. É um fator que facilita a identificação do público, traz mais consumidores e amplifica as possibilidades dele continuar sendo desenvolvido. Na teoria parece fácil e não existe motivo para temer a adaptação. Bom, seria fácil pensar assim se Hollywood não tivesse um péssimo histórico na produção dessas obras.

Pra te inteirar melhor do assunto, vamos voltar para 2007. Nesse ano foi anunciada a adaptação de um dos animes de maior sucesso da história: Dragon Ball. Obviamente todos os fãs ficaram entusiasmados. Todavia, após um período de desenvolvimento mais conturbado que o de The Batman antes da saída do Ben Affleck, o resultado foi desastroso. Dragonball Evolution fez sua estreia pelo 20th Century Fox e os fãs foram assistir com o máximo de esperança que se poderia ter. Uma hora e quarenta minutos depois, eles saíram de lá descartando o live-action. Isso foi o bastante para provocar o trauma em vigor até hoje. Contudo, com o mercado cultural do oriente se expandindo pelo mundo, o público de animes vem crescendo, o que significa que essas adaptações também.

comentamos sobre algumas produções que deram certo, mas o fantasma de Dragonball Evolution continua assombrando os fãs. No entanto, recentemente um relatório do Japan Times foi publicado. Nesse artigo, o escritor Roland Kelts quebrou o silêncio sobre o terrível erro hollywoodiano. Foi citado que nesse ano, Alita: Anjo de Combate e Detetive Pikachu foram bem recebidos publica e criticamente. Um indicador de que talvez esteja na hora de deixar de lado os fantasmas de experiências passadas. Porém, ainda existem várias coisas que Hollywood deve aprender antes de realmente acertar na adaptação de animes.

Precisamos falar sobre mudanças

Em uma conversa com o escritor, produtor e CEO fundador da Starlight Runner, Jeff Gomez, o Japan Times abordou as causas do problema. Segundo o executivo, o principal empecilho dos estúdios de Hollywood está voltado para as diferenças culturais. "Quando eu era criança, conhecia nomes como Osamu Tezuka e Go Nagai. Eles eram mencionados como 'célebres criadores' nos textos em inglês. Esse modelo é muito diferente nos EUA, onde a maioria dos escritores eram apenas funcionários contratados", explicou Gomez.

Além do problema relacionado à valorização das mentes criativas, outro fator que atrapalha as adaptações é a necessidade de recontar fatos. Se você é fã de filmes de super-heróis deve estar familiarizado com toda a história por trás da morte dos Wayne ou da destruição de Krypton. Isso é praticamente conhecimento popular, porque em todo filme relacionado aos personagens, esses tópicos são abordados. Isso acontece em várias produções ocidentais. "O modelo da história japonesa não precisa ficar me lembrando da premissa da série ou constantemente resumir o que aconteceu antes", exemplifica o produtor. Animes são experiências em série, enquanto Hollywood não entender que não há necessidade em reapresentar um história de origem em cada produção, vai continuar insistindo no erro.

Adicionados aos fatores já apresentados podemos colocar a falta de comprometimento com a complexidade dos temas abordados nos animes e o whitewashing do elenco. Todavia, como já dissemos aqui, não é algo sem conserto. Já é perceptível uma evolução na qualidade das adaptações. E deixando para trás o fantasma de Dragonball Evolution, é possível caminhar em direção à algo promissor. Vale ressaltar que títulos como Gundam e My Hero Academia tem sido sondados por Hollywood.

Próxima Matéria
Via   CB  
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+