• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Seu 'eu bêbado' pode ser seu verdadeiro eu, entenda

POR Toni Nascimento    EM Curiosidades      12/03/19 às 17h49

Quem nunca exagerou naquelas doses de tequila na balada sábado à noite ou nas latinhas de cerveja no churrasco de domingo? Você pode até tentar se controlar, porém, nem sempre é possível. Às vezes, você ultrapassa seu sinal vermelho interno, e o seu eu bêbado assume o comando.

Nessa hora, todos à sua volta entram em ação. Alguns adoram essa versão de você, pois ela é mais alegre, ri de tudo e não para de fazer piadas. Outros já não são tão simpáticos assim e resolvem se afastar, porque vai que rola um vômito, não é mesmo?

Ainda existem aquelas pessoas que não podem beber além da conta, que começam a chorar todos os litros de lágrimas que não gastam no seu dia a dia. Essas certamente devem guardar muito melancolia na sua rotina sóbria.

No dia seguinte, quando tudo volta ao normal, fica aquela sensação de ter feito besteira. Para ser sincero, é aquela sensação de vergonha e exaustão mesmo. A famosa ressaca que pode ser física e moral. Mas e se eu te disser que, na verdade, aquele seu 'eu bêbado' é o seu verdadeiro eu?

Eu bêbado

Não importa se você é o bêbado dançante, carente, extrovertido, introvertido, emocional, tiozão ou qualquer outra coisa: esse é o seu verdadeiro eu, segundo uma pesquisa recente. Tal pesquisa revelou que o seu eu bêbado, é simplesmente você.

Acontece que, embora possa parecer que você é uma pessoa completamente diferente quando está ficando bêbado (ou já completamente bêbado), um estudo de 2017, publicado na Clinical Psychological Science, descobriu que sua personalidade nesse estado sob efeito do álcool não difere da que você tem quando está sóbrio, ou pelo menos mais ou menos. Basicamente, você é sempre aquela pessoa especial, única e maravilhosa, não importa quantas doses de whisky insista em tomar todas as vezes que vê os seus amigos.

Os pesquisadores da Universidade do Missouri e da Universidade de Purdue procuraram descobrir se "personas bêbadas" são diferentes das pessoas sóbrias de fato. Eles testaram especificamente se "as diferenças entre a expressão da personalidade sóbria e bêbada podem ser observadas de forma confiável" pelos amigos.

Duas semanas antes do experimento, os pesquisadores fizeram os 156 participantes responderem pesquisas descrevendo suas personalidades sóbrias e bêbadas. Em seguida, a equipe deu para metade dos participantes bebidas alcoólicas. Logo depois, se juntaram aos seus amigos para para que fossem feitos diferentes traços de personalidade.

Os bêbados classificaram seus próprios traços de personalidade, enquanto avaliadores sóbrios avaliaram os mesmos traços. Enquanto os bebedores notaram diferenças de personalidade em si mesmos enquanto estavam bêbados, os espectadores sóbrios não viam grandes diferenças entre suas personalidades sóbrias e bêbadas. Exceto pela extroversão.

Resultado

Os pesquisadores afirmaram o seguinte: "ficamos surpresos ao encontrar discrepância entre a percepção dos bêbados de suas próprias personalidades induzidas pelo álcool e a dos observadores", disse a principal autora, Rachel Winograd, uma cientista de Psicologia da Universidade de Missouri. "Os participantes relataram que experimentam diferenças em todos os fatores de personalidade , mas a extroversão foi o único fator robusto percebido como diferente entre os participantes em álcool e condições sóbrias".

Talvez você só se sinta outra pessoa bêbado por causa do efeito placebo, ou mesmo, porque prefere fingir que estava bêbado e não se sentir envergonhado.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta aqui com a gente e compartilha nas suas redes sociais. Para você que prefere não lembrar das suas bebedeiras, aquele abraço.

Próxima Matéria
Via   Curiosity  
Imagens Awebic
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+