Sinistro! Veja aqui 15 instrumentos horripilantes usados pelos dentistas do passado

POR Thamyris Fernandes    EM Ciência e Tecnologia      27/09/14 às 20h01

Tá que ninguém ama ter que visitar o dentista, mesmo com todas as tecnologias e confortos que existem hoje em dia. Aliás, nem os diplomas mais importantes - das faculdades mais renomadas no seguimento - são garantia de que você não sentirá ao menos um pouquinho de dor, não é mesmo? (Clique aqui para ver alguns dos instrumentos médicos mais bizarros já conhecidos).

Mas, se cuidar dos dentes já é algo suficientemente ruim atualmente, imagine o quão horripilante esses procedimentos eram há alguns séculos atrás! Instrumentos que mais pareciam ser usados em sessões de tortura, falta de higiene e pouco (ou nenhum) conhecimento do assunto por parte dos "profissionais". Entendeu o drama?

Resumindo: sem as brocas a motor e as anestesias, o processo de fazer buracos nos dentes provavelmente era lento e doloroso. Para que você tenha noção do trauma que esses tratamentos causavam, separamos alguns objetos de época, usados pelos então dentistas, capazes de causar calafrios até hoje! Veja:

1. Fórceps com broca (1848)

1

Travas eram colocadas dentro da boca dos pacientes para que a broca chegasse à raiz do dente.

2. Broca de corda (1875)

2

Sim, precisava dar corda para que o equipamento funcionasse. Apesar de ser estranho, essa foi uma das primeiras brocas de funcionamento contínuo da história da odontologia.

3. Fórceps dentário (Séc. XVII)

3

Isso era usado para arrancar dentes nos anos 1600.

4. Pelicano (Séc. XVII)

4

Essa instrumento também era usado na extração de dentes e começou a ser usado no século 15.

5. Broca de arco (7000 a.C.)

5

Essa geringonça também foi adaptada para funcionar como uma broca, apesar de se parecer mais com uma instrumento de fazer fogo.

6

6. Espéculo bucal (Séc. XVII)

7

Servia para manter a boca dos pacientes aberta.

7. Broca de dedo (anos 1870)

8

Esse tipo de broca consistia em um tipo de anel e um suporte, que era rotacionada com os dedos.

8. Wilcox-Jewett Obtunder (1905)

9

Esse instrumento era usado para injetar anestésicos na gengiva. Aliás, o mais usual nesses casos era mesmo a velha cocaína.

9. Dental Key (anos 1810)

10

Essa espécie de martelo servia para quebrar os dentes para depois extraí-los.

10. Mordaça (Séc. XVI)

11

Esse aqui era usado para, delicadamente, abrir a boca de pessoas com a mandíbula travada.

11. Cinzel de ossos (anos 1780)

12

Assim, sem cerimônia, esse negócio era enfiado na gengiva e arrancava os dentes através do movimento de alavanca.

12. Podadeira (anos 1810)

13

Esse instrumento, inventado pelos franceses, apertava a gengiva abaixo dos dentes até arrancá-los.

13. Tongue Ecraseur (anos 1850)

14

Esse talvez seja o mais horrível dos instrumentos. Isso porque ele era usado para estrangular partes da língua infectada para depois cortá-la faca. Apesar de brutal, esse procedimento salvava a vida das pessoas, sem muitos recursos ou higiene naquela época.

14. Goat's Foot Elevator (Séc. XVIII)

15

Era usado para "amolecer" os dentes antes de serem arrancados.

15. Dental Phantom (anos 1930)

16

Esse é um modelo (bizarro) usado para os dentistas praticarem suas técnicas.

Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+