Teoria de Einstein é finalmente confirmada pela ciência

POR A redação    EM Ciência e Tecnologia      18/03/16 às 20h25

Uma última grande previsão de Albert Einstein pode ajudar a usar esse achado em favor da ciência para estudar o universo de um modo que ninguém jamais imaginou.

Uma experiência realizada nos Estados Unidos por cientistas do Observatório da Interferometria a Laser de Ondas Gravitacionais que é mantido pela Fundação Nacional de Ciências dos Estados Unidos, confirmou a existência de ondas gravitacionais.

Os cientistas captaram ondas produzidas por conta do choque entre dois buracos negros.

O primeiro sinal surgiu de uma fusão ocorrida há 1,3 bilhão de anos pelo encontro de dois buracos negros com massa entre 29 e 36 vezes maior que o Sol.

buraco_negro_colisao

A previsão de Einstein foi feita em 1916 e relatava que as ondas gravitacionais tinham o seu surgimento por meio da fusão de dois buracos negros supermaciços.

Segundo a Teoria da Relatividade, conforme afirma o jornal ElPaís, "há objetos que transformam parte da sua massa em energia e a emitem em forma de ondas, que viajam à velocidade da luz e deformam o espaço e o tempo à sua passagem."

Segundo a física da Universidade das Ilhas Baleares (UIB), Alicia Sintes, uma das líderes do único grupo espanhol que esteve envolvido na experiência, em entrevista ao jornal El Pais, o ouvido humano agora começa a escutar o que seria uma espécie de "a sinfonia do universo. É uma descoberta histórica, que abre uma nova era na compreensão do cosmo. Exceto pelo Big Bang, as fusões de buracos negros são os fatos mais luminosos do universo."

Via   elpais  
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+