Curiosidades

A triste vida do ator Robin Williams, um dos maiores comediantes de todos os tempos

0

Imagine ser um dos atores e comediantes mais conhecidos do mundo? Uma pessoa que iluminaria o quarto com apenas uma piada. Isso é exatamente quem Robin Williams era. Um mestre em seu ofício, Williams foi um indivíduo que trouxe à vida qualquer personagem que ele interpretou. No entanto, com todas as risadas que  trouxe para as pessoas, Robin Williams estava lutando contra um demônio interior que muitas pessoas não conheciam: a depressão. Embora nunca tenha admitido publicamente sofrer de algum tipo de distúrbio, um representante da imprensa disse que o comediante estava “lutando contra uma grave depressão”. Williams foi encontrado morto em sua casa aos 63 anos devido à “asfixia”. Conheça a A triste vida do ator Robin Williams, um dos maiores comediantes de todos os tempos.

Nos meses que antecederam sua morte, Williams enfrentou desafios assustadores, tanto profissional quanto pessoalmente. Sua carreira no cinema tinha parado. Além disso, sua comédia de retorno, The Crazy Ones, não estava conseguindo encontrar uma boa audiência na CBS.

Ele ainda estava se sentindo culpado por seu divórcio de Marsha Garces, sua segunda esposa e mãe de dois de seus filhos, e se ajustando à vida com sua nova esposa, Susan Schneider, com quem se casou em 2011. Confira mais informações sobre a triste vida do ator Robin Williams.

Início conturbado

Nascido em 21 de julho de 1951, Robin McLaurin Williams foi o único filho de Robert Fitzgerald Williams e Laurie McLaurin. Seu pai era um executivo sênior da Ford Motor Company e sua mãe era uma ex-modelo, além de atriz de meio expediente.

Robin não recebeu muita atenção enquanto crescia, já que foi criado principalmente por sua empregada. Na idade de onze anos, sua família mudou-se de Chicago para os subúrbios de Detroit, onde moravam em uma casa com quarenta quartos.

Robin foi descrito como um garoto baixinho, tímido e introvertido. Ele estava sempre sozinho e se comunicava mais com as empregadas domésticas ao redor da casa do que com seus próprios pais. Os únicos amigos que Robin teve enquanto crescia eram apenas imaginários, o que dificultava o desenvolvimento de amizades reais.

Quando ele estava na sexta série, Robin foi constantemente intimidado por estar acima do peso. A cada dia, ele ia para casa chorando devido ao tormento que as outras crianças o faziam passar.

Biografia revela detalhes da triste vida do ator Robin Williams

Uma nova biografia de Robin Williams narra a vida do comediante, que se envolveu em infidelidades e reabilitação por conta de abuso de drogas e álcool. Além disso, o ator também foi diagnosticado com uma rara doença cerebral.

Itzkoff escreve que Susan Schneider, terceira esposa com quem Williams se casou, em 2011, ficou seriamente preocupada com sua saúde. Ele estava tendo problemas estomacais, dificuldade de visão, para urinar e dormir. Logo mais, paranoia e delírios se juntaram à lista de tormentos.

Em 2003, ele foi internado em um centro de reabilitação de abuso de substâncias na cidade de Newberg/Oregon. Pessoas próximas de Robin sabiam que ele estava com sintomas depressivos, mas ele se recusou a deixar o público ver o que estava passando.

Uma das possíveis causas que desencadeou sua depressão foi o conturbado divórcio com sua segunda esposa. Entre os problemas financeiros, instabilidade mental e abuso de drogas, as coisas começaram a ficar pesadas demais para o humorista.

O fim amargo para a triste vida do ator Robin Williams

O escritor relata que, na noite anterior ao suicídio, Williams “começou a ficar obcecado com alguns dos relógios de pulso que ele possuía. Estava com medo de que eles pudessem ser roubados”. O ator pegou vários e os enfiou em uma meia.

Ele foi dormir, naquela noite, por volta das 10h30. Sua esposa, que dormiu em um quarto separado, deixou-o descansar de maneira prolongada na manhã seguinte. Quando Williams não a respondeu no início da tarde de 11 de agosto, ela forçou a fechadura na porta do quarto. Ela o encontrou sem vida.

Robin Williams trouxe alegria para muitos indivíduos. É lamentável que ele estivesse lutando contra algo que não queria que ninguém soubesse. Ele tentou fazer com que o mundo fosse mais brilhante, mesmo quando não estivesse feliz consigo mesmo.

Apesar de todos as tribulações, Robin Williams é um homem muito respeitado que foi e ainda é amado por muitos. Trouxe muitos personagens para a vida e nos deu filmes que são simplesmente inesquecíveis. Continue em paz, Robin Williams. Descanse.

My Hero Academia revela como família de Shigaraki morreu

Artigo anterior

7 séries assustadoras baseadas em eventos reais

Próximo artigo