• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Veja os segredos encontrados dentro da maior caverna subaquática do mundo

POR Mateus Graff    EM Natureza      07/03/18 às 19h40

Depois de ficarem 10 meses explorando, cientistas mexicanos descobriram o maior sistema de cavernas subaquáticas do mundo. Acreditem, essa é uma das maravilhas subaquáticas. Com cerca de 347 quilômetros de cavernas subterrâneas, o labirinto ramificado não é apenas um espetáculo natural, mas também um importante achado arqueológico que pode revelar segredos da civilização maia.

"Esta grande caverna representa o sítio arqueológico submerso mais importante do mundo", diz o arqueólogo subaquático Guillermo de Anda, do Instituto Nacional de Antropologia e História do México. Ele ainda afirma que lá existe mais de uma centena de contextos arqueológicos, dentre os quais são evidentes os primeiros colonos da América, bem como a faina extinta e a cultura maia.

O projeto

Guillermo dirige o Projeto do Grande Aqüífero Maya (GAM). O mesmo é uma pesquisa que há anos explora cavernas submarinas no México, especificamente na costa do Caribe da Península de Yucatán. O lugar abriga cerca de 358 sistemas de cavernas submersas. Isso representa, só para vocês terem uma ideia, 1.400 quilômetros de túneis de água doce inundados escondidos embaixo da água.

A descoberta

Há alguns dias atrás eles encontraram a maior de todas as cavernas até agora. A caverna foi chamada de Sistema Sac Actun. Segundo os arqueólogos, a caverna reserva dois diferentes sistemas de caverna. Antes, o sistema Dos Ojos (Dois Olhos), com 93 quilômetros de extensão era o maior. Mesmo sendo muito diferente de Sac Actun, ele também tem duas cavidades contínuas muito grandes.

"Em algumas ocasiões, estávamos a um metro de fazer uma conexão entre os dois grandes sistemas de cavernas. Era como tentar seguir as veias dentro de um corpo. Era um labirinto de caminhos que às vezes se juntavam e às vezes se separavam", disse Robert Schmittner.

Como foi considerada a maior caverna subaquática do mundo, essa classificação coloca o lugar à frente do Sistema Ox Bel Ha, também em Quintana Roo, que possui 270 km. Mas é importante lembrar que a exploração no lugar ainda não terminou, portanto, pode ser que o tamanho da caverna seja ainda maior.

Em alguns vídeos que foram gravados durante a exploração, foi detectado artefatos e até restos humanos preservados que serão analisados. "Registramos mais de 100 elementos arqueológicos: restos de fauna extinta, humanos primitivos, arqueologia, cerâmica e sepultura Maia", declarou Guillermo. Ele disse que "é um túnel do tempo que nos transporta para um lugar de 10.000 a 12.000 anos atrás."

Abaixo vocês podem conferir um vídeo da exploração:

E aí, ficaram encantados com as imagens da caverna? Comentem!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+