A verdade jamais contada sobre o Tabuleiro de Ouija

POR Gustavo Camargo    EM Terror & Sobrenatural      12/04/18 às 14h19

Até hoje, boa parte das pessoas ainda tem um conhecimento muito pequeno sobre as histórias que rodeiam o tabuleiro Ouija, no qual os espíritos supostamente se comunicam. Mas diferente dessa crença, nem sempre o tabuleiro teve essa reputação. Ele teria sido criado pelo espiritualismo, um movimento do século 19 conhecido pela visão otimista sobre o futuro e a vida após a morte.

Muitos acreditam que o movimento do espiritualismo teria surgido em Hydesville, Nova York, Estados Unidos, em 1848, quando duas irmãos, Kate e Maggie Fox, afirmaram ter ouvido uma série de sons em casa. Ninguém conseguiu definir a origem desses barulhos, que se manifestavam em todas as casas que as irmãs se encontravam. Logo foram associadas a espíritos, que pareciam responder às perguntas feitas pelas irmãs.

Nome

Histórias contam que o tabuleiro Ouija foi nomeado a partir das palavras "sim" do francês "oui" e alemão "já". Mas o historiador Roberto Murch diz que isso não é verdade. O modelo que conhecemos hoje foi patenteado pela Companhia Novelty Kennard em 1891. Hellen Peters, cunhada de um dos fundadores, perguntou ao próprio tabuleiro qual deveria ser seu nome e acabou recebendo uma resposta: "Ouija". William Fuld passou a ser o novo supervisor da empresa e fez uma fortuna com a invenção, abrindo novas fábricas. Fuld morreu em 1927, quando caiu do telhado de uma das fábricas.

Jogo familiar

De acordo com o historiador Robert Murch, foi só em 1973 que as pessoas começaram a fazer a grande conexão entre o tabuleiro Ouija e o diabo. Mas antes disso ele afirma que o tabuleiro tinha uma pegada completamente diferente. Ele teria sido apresentado em programas de televisão como I Love Lucy, um programa de humor como um jogo familiar, que era adequado para casais.

E aí, o que acharam da matéria? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Via   Grungue     Revistagalileu  
Gustavo Camargo
A verdade é que eu queria ser astronauta, mas na minha cidade ainda não tem a escolinha. Instagram: gustavoloopi
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento tem o único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+