• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Você tem depressão? Faça o teste e descubra

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Ciência e Tecnologia      15/09/15 às 15h43

A depressão é considerada o mal no século, não é para menos, de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) ela atinge mais de 121 milhões de pessoas no mundo. Estima-se que apenas no Brasil, 17 milhões de pessoas sofrem dela.

A depressão na maioria das vezes é silenciosa e, além de afetar completamente a vida e a rotina, pode fazer com que o paciente perca a vontade de viver. Cerca de 15 em cada 100 pessoas depressivas decidem se matar.

Quando é tratada corretamente, a depressão pode ser curada. O tratamento geralmente é feito com medicamentos antidepressivos e psicoterapia. Quanto antes a doença for reconhecida, mais fácil é se livrar dela.

Uma pessoa depressiva costuma apresentar um estado de tristeza constante, distúrbios do sono, alterações de peso, problemas psicomotores, culpa excessiva, entre outras coisas.

Caso você se identificou com algum desses sintomas, mas não sabe se é depressivo, o teste abaixo pode ajudar. Ele foi desenvolvido pelo psiquiatra americano Aaron Beck, em 1991.

Para realizá-lo você precisa apenas responder as questões com a maior sinceridade possível e somar os pontos ao final. O resultado você confere em seguida.

Teste

1.
0 = Não me sinto triste.
1 = Sinto-me triste.
2 = Ando sempre triste e não consigo evitá-lo.
3 = Ando tão triste ou infeliz que não consigo suportar mais isto.

2.
0 = Não me sinto particularmente desencorajado em relação ao futuro.
1 = Sinto-me desencorajado em relação ao futuro.
2 = Sinto que não tenho nada a esperar do futuro.
3 = Não tenho qualquer esperança no futuro e sinto que a minha situação não pode melhorar.

3.
0 = Não me sinto um falhado.
1 = Sinto que tive mais fracassos do que a maioria das pessoas.
2 = Quando olho para o meu passado, tudo o que vejo é uma quantidade de falhanços.
3 = Sinto que sou uma pessoa completamente falhada.

4.
0 = Sinto-me tão satisfeito como antes.
1 = Não me sinto satisfeito com as coisas que anteriormente me satisfaziam.
2 = Não me consigo sentir realmente satisfeito com nada.
3 = Sinto-me descontente e aborrecido com tudo.

5.
0 = Não me sinto culpado de nada em particular.
1 = Sinto-me culpado uma grande parte das vezes.
2 = Sinto-me bastante culpado a maior parte das vezes.
3 = Sinto-me sempre culpado.

6.
0 = Não sinto que esteja a ser vítima de algum castigo.
1 = Sinto que posso vir a ser castigado.
2 = Espero vir a ser castigado.
3 = Sinto que estou a ser castigado.

7.
0 = Não me sinto desiludido comigo.
1 = Estou desiludido comigo.
2 = Estou desgostoso comigo.
3 = Odeio-me.

8.
0 = Não sinto que seja pior do que qualquer outra pessoa.
1 = Critico-me a mim próprio pelas minhas fraquezas ou erros.
2 = Estou constantemente a culpar-me pelas minhas faltas.
3 = Acuso-me de todo o mal que acontece.

9.
0 = Não penso suicidar-me.
1 = Tenho ideias de pôr termo à vida, mas não consigo concretizá-las.
2 = Gostaria de pôr termo à vida.
3 = Gostaria de pôr termo à vida se tivesse oportunidade.

10.
0 = Não choro mais do que é habitual.
1 = Choro mais agora do que era costume.
2 = Passo o tempo a chorar.
3 = Costumava ser capaz de chorar, mas agora não consigo, mesmo quando me apetece.

11.
0 = Não ando mais irritado do que é costume.
1 = Fico aborrecido ou irritado mais facilmente do que era costume.
2 = Sinto-me constantemente irritado.
3 = Não fico irritado com o que anteriormente me irritava.

12.
0 = Não perdi o interesse pelas pessoas.
1 = Interesso-me menos pelas pessoas do que era costume.
2 = Perdi quase todo o interesse pelas outras pessoas.
3 = Perdi todo o interesse pelas outras pessoas.

13.
0 = Tomo decisões tão facilmente como antes.
1 = Evito tomar tantas decisões como anteriormente.
2 = Agora tenho muito mais dificuldade em tomar decisões.
3 = Sinto-me completamente incapaz de tomar qualquer decisão.

14.
0 = Acho que o meu aspecto é o do costume.
1 = Preocupo-me por poder parecer velho ou pouco atraente.
2 = Sinto que há constantes mudanças no meu aspecto, que me tornam pouco atraente.
3 = Acho que tenho um aspecto horrível (desagradável).

15.
0 = Sou capaz de trabalhar tão bem como era costume.
1 = Agora preciso de esforçar-me mais para começar a fazer qualquer coisa.
2 = Tenho de esforçar-me muito para fazer alguma coisa.
3 = Não consigo trabalhar.

16.
0 = Durmo tão bem como antes.
1 = Não ando a dormir tão bem.
2 = Acordo 1 ou 2 horas mais cedo do que era costume e custa-me voltar a adormecer.
3 = Acordo muitas horas antes do que era costume e não consigo voltar a adormecer.

17.
0 = Não me sinto mais cansado do que habitualmente.
1 = Fico cansado com mais facilidade do que antes.
2 = Fico cansado quando faço seja o que for.
3 = Sinto-me demasiado cansado para fazer seja o que for.

18.
0 = O meu apetite é o mesmo de sempre.
1 = O meu apetite não é tão bom como costumava ser.
2 = O meu apetite piorou muito ultimamente.
3 = Não tenho apetite absolutamente nenhum.

19.
0 = Não tenho perdido peso ultimamente.
1 = Perdi mais de 2,5 Kg de peso.
2 = Perdi mais de 5 Kg de peso.
3 = Perdi mais de 7,5 Kg de peso.

20.
0 = Não me tenho preocupado com a minha saúde mais do que o habitual.
1 = Estou preocupado com os meus problemas de saúde.
2 = Estou tão preocupado com os meus problemas de saúde que me é difícil pensar noutras coisas.
3 = Estou tão preocupado com os meus problemas de saúde que não consigo pensar em absolutamente mais nada.

21.
0 = Não notei qualquer mudança no meu interesse pela vida sexual.
1 = Estou menos interessado pela vida sexual que anteriormente.
2 = Estou muito menos interessado pela vida sexual.
3 = Perdi completamente o interesse pela vida sexual.

Pontuação e resultados

De 1 a 9 pontos: Não tem depressão.
De 10 a 15 pontos: Tem uma depressão ligeira.
De 16 a 23: Já tem uma depressão moderada.
Mais de 23: Tem uma depressão severa.

E então, qual foi seu resultado? É importante lembrar que o teste acima não funciona como um diagnóstico, se você se sente deprimido e obteve um resultado favorável à doença, procure um profissional no assunto. Lembre-se, ao contrário do que muita gente pensa, depressão não é "frescura" e sim uma doença grave.

Próxima Matéria
Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+