CuriosidadesMundo Animal

10 cães heróis que se sacrificaram por seus donos

0

Os cães têm deixado de lado a própria vida inúmeras vezes para salvar os seres humanos. Preparamos uma lista com algumas histórias de cães heróis que se sacrificaram pelos seus donos.

Os relatos vão desde animais que livraram crianças de atropelamentos até casos em que os bichos levaram picadas de cobra no lugar dos donos. Conheça cada um deles:

1. Simon, o cão-guia

Em setembro de 2013, um homem cego chamado Dave Furakawa estava levando  seu filho Will de quatro anos de idade para a escola, quando foi atropelado por um carro. A situação poderia ter sido mais trágica se não fosse por Simon, o cão-guia boxer de Furakawa. Simon e Dave foram atingidos, mas testemunhas dizem que o cão empurrou a criança para fora da rua antes dele e seu dono serem atingidos. Pedestres tiraram Will do local do acidente e o levaram para sua mãe, Simon seguiu atrás do menino, se arrastando, com uma perna quebrada e ferimentos internos. Quando Will chegou em casa, o cão finalmente se deitou. Ele morreu antes que pudesse ser levado ao veterinário. Simon estava com a família Furakawa há quatro anos, a idade de Will. A organização que forneceu Simon garantiu que haveria um outro cão para Dave quando ele se recuperasse do acidente e voltasse para casa.

2. Gander, o cão de guerra

gander

Gander foi um cão soldado que serviu na Segunda Guerra Mundial. Em 5 de dezembro de 1941, na mesma semana do bombardeio de Pearl Harbor, o Japão atacou Hong Kong. Gander e sua unidade foram mobilizados para participar da batalha. Em duas ocasiões salvou  a vida de vários soldados feridos. No terceiro e ultimo salvamento do cachorro, uma granada caiu no meio dos soldados canadenses. Gander pegou a bomba e correu de volta para os japoneses com ela. Ele morreu junto a outros soldados inimigos quando a granada detonou.

3. George

george

Qualquer um que conheça algum cão da raça Jack Russell pode atestar que eles são gigantes em corpos minúsculos, sem medo de nada e dispostos. Esta coragem levou um terrier de nove anos chamado George a enfrentar um par de furiosos pit bulls na Nova Zelândia. George estava brincando com um grupo de crianças, quando os dois cães atacaram. George defendeu as crianças valentemente, dado tempo para elas escaparem, mas ele não foi páreo para os cães maiores. O cãozinho conseguiu sobreviver, mas como estava muito ferido o seu dono teve que sacrificá-lo. Os pit bulls que tentaram ataca ars crianças também foram submetidos a eutanásia. George recebeu uma medalha de honra por salvar as crianças.

4. Rocco, o cão policial

Em 28 de janeiro de 2014, o delegado John Herb abordou uma figura suspeita caminhando numa rua em Pittsburgh. O suspeito, de 21 anos de idade, chamado John Rush, atacou o delegado. Antes que Herb pudesse reagir, ele fugiu. Mais tarde o jovem foi localizado e vários oficiais, incluindo o cão Rocco foram até o local. O jovem atacou um oficial e o cão, antes de ser capturado. A lesão no oficial foi menor, mas Rocco não teve tanta sorte. O cão morreu dois dias depois. O bandido possuía uma ficha criminal extensa, incluindo crimes sexuais contra menores e atos de violência. Rocco foi enterrado com todas as honras, e uma lei chamada ” Lei de Rocco ” está no caminho de ser oficializada. Isso fará com que ferir um cão de polícia seja crime no estado norte-americano, com uma multa de 25.000 mil dólares e até 10 anos de prisão.

5. Nero, o cão que salvou a família de um incêndio

nero

Em 24 de novembro de 2013. Um cão chamado Nero acordou Maria Eliseo e sua filha Marie depois de uma explosão. Marie encontrou o caminho para fora de casa entre a fumaça, mas Maria, que tinha feito uma cirurgia de substituição do quadril apenas três semanas antes, permaneceu num quarto no segundo andar. Ela foi resgatada com uma escada por seus vizinhos Brian Avery e Robert Cole. O cão foi encontrado morto entre as cinzas, provavelmente tentando resgatar a dona.

6. Troy, o cão que defendeu a sua família

troy

Em novembro de 2005, a família Doherty estava passeando com seus quatro labradores em um parque na Irlanda do Norte quando foram atacados por um pit bull. O cão correu na direção filho mais novo do Doherty, Ben, de 10 anos. Foi quando Troy um dos animais da família entrou na briga. Troy lutou com o pit bull até que a polícia chegasse ao local e atirasse no animal. Troy  ficou gravemente ferido, e morreu pouco tempo depois.

7. Ape, o cão do FBI

fbi

Em 13 de março de 2013, Kurt Myers de 64 anos provocou um tiroteio que matou quatro pessoas nas cidades de Mohawk e Herkimer em Nova York. O atirador até então escondido em um bar abandonado, trocou tiros com oficiais do FBI por horas. O primeiro agente que chegou ao bar foi Ape, um pastor alemão. Ele tinha sido equipado com uma câmera para dar aos outros oficiais um visão do que estava acontecendo lá dentro. Myers abriu fogo contra o cão, e Ape foi atingido no peito. Em seguida, outros oficiais invadiram o bar, matando Myers. Nenhum oficial humano ficou ferido, provavelmente devido ao sacrifício de Ape.

8. Toby x Urso

toby

Os ursos pretos muitas vezes parecem dóceis, cavando através de montes de lixo e escalando árvores. Mas eles podem ser combatentes formidáveis, especialmente quando o assunto é defender seus filhotes. Em 21 de maio de 2014, Chris Wacker aprendeu isso da maneira mais difícil, quando ele levou o cachorro de seu pai, Toby, para colher cogumelos no norte de Minnesota. Chris e Toby, encontraram uma família de ursos e o homem foi atacado por dois filhotes grandes.

Toby entrou em ação e enfrentou a fêmea, quando o cão estava sendo atacado, Chris teve a chance de escapar, correndo de volta para a casa de seu pai. O cão gravemente ferido veio mancando para casa. Ele exibia marcas de mordidas e arranhões de 15 centímetros de profundidade. John correu com Toby ao veterinário, mas o cão morreu em alguns dias.

9. O pastor alemão

Em julho de 2013, Lavoie partiu em uma aventura de dois meses para o deserto angustiante ao norte de Quebec com seu pastor alemão. O homem tinha ido em outros viagens parecidas antes, sem incidentes, mas desta vez, um urso o atacou, devorando sua comida e destruindo seu barco e equipamentos. Lavoie e cão conseguiram espantar o animal, mas o estrago já tinha sido feito. Encalhado em uma área quase sem vegetação, ele foi forçado a tomar uma decisão radical. Para sobreviver, ele teve que matar o cão com uma pedra e comê-lo.

Depois ele não retornou de sua viagem no dia esperado, sua família procurou as autoridasdes, que começaram a procurá-lo. Quando finalmente o acharam, ele havia perdido 40 kg, e sofria de hipotermia e desidratação. Quando a notícia chegou ao público que ele tinha comido o cão, houve uma reação compreensível.

10. Chief x cobra

cobra

Nenhuma raça de cão no planeta tem uma reputação pior do que o pit bull terrier americano. Só nesta lista foram mencionados dois casos em que outros cães perderem a vida para salvar seus entes queridos destes caninos poderosos. Mas quando devidamente cuidado, o pit bull é tão leal, amoroso e corajoso como qualquer cão de outra raça. Prova disso é o Chief, um pit bull das Filipinas.

Em 2007, uma cobra entrou na cozinha da casa de Maria Frontreras, ameaçando a mulher e sua avó idosa. A cobra facilmente poderia ter matado as duas mulheres, mas antes que pudesse picá-laas, Chief abocanhou o animal peçonhento e a deteve até a morte. A cobra mordeu o pit bull na mandíbula, numa região muito próxima ao cérebro. O cão acabou morrendo rapidamente.

 

Conheça 8 personagens da história que morreram fazendo sexo

Matéria anterior

Médicos extraem objetos estranhos do corpo de pessoas que afirmam ter sido abduzidas

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em Curiosidades

Comentários

Comentários não são permitidos