10 construções misteriosas que ainda não tem explicação

POR Lucas Franco    EM Mundo Afora      22/09/15 às 16h45

A passagem do ser humano pela Terra já é bastante antiga. Em toda sua história, centenas de civilizações vieram e se foram, deixando para traz mistérios que, talvez, nunca serão respondidos pela humanidade. Muitos destes segredos misteriosos se apresentam na forma de construções milenares - ruínas de um tempo que já ficou para trás.

As construções despertam todo um imaginário. Ainda que os antigos costumes sejam estudados a fundo, algumas civilizações são muito velhas para que se possa chegar a uma conclusão mais exata. As teorias são muitas, e vão da relação com alienígenas até o uso de poderes mágicos. No meio de tudo isto, no entanto, existem algumas explicações mais fáceis de se acreditar. De qualquer maneira, fica sempre a dúvida, para que foram construídas? Ou ainda, como foram erguidas em um tempo tão remoto, sem o uso de tecnologia?

Fortaleza Inca em Sacsayhuaman

Fortaleza

Esta fortaleza Inca, construída em Sacsayhuaman, onde hoje fica o Peru, foi erguida com propósitos militares, de forma a defender o império inca de ataques inimigos (uma espécie de forte europeu). O mistério fica por conta de sua construção. As pedras utilizadas eram enormes, chegando a pesar toneladas, e foram dispostas de uma forma perfeita, quase como se estivessem encaixadas em um quebra-cabeça. Ainda hoje não existe um consenso no que diz respeito a sua construção.

Porta do Sol

Sol

Mais um exemplo do incrível trabalho inca quando se trata de sua arquitetura. Localizada em Tiwanaku, no atual território da Bolívia, a Porta do Sol é considerada um dos mais impressionantes monumentos construídos pela cultura pré-colombiana na América do Sul, seja por seu aspecto artístico, ou pela simbologia contida em seus baixos-relevos. Toda a construção pesa algo em torno de 10 e 13 toneladas e, muito provavelmente, não foi erguida como uma peça isolada, mas sim como parte de uma edificação maior, que realmente se perdeu no tempo.

Grutas de Longyou

Grutas

As grutas de Longyou são um verdadeiro mistério. Ainda que seja considerada uma das maiores construções escavadas pelo homem, não é possível, ainda, chegar a uma conclusão definitiva sobre quem as construiu (ou porquê). Elas foram descobertas no final do século XX. São 24 cavernas artificiais detalhadamente esculpidas a mão. Acredita-se que sua construção tenha se inciado com a dinastia Wei, e teve a contribuição de cada um dos imperadores posteriores. Os chineses consideram as Grutas como a nona maravilha do mundo antigo.

Obelisco de Aswan

Obelisco

Não são apenas as construções finalizadas que são um mistério. Um local bastante procurado pelos turistas, no Egito, é um monumento inacabado e abandonado, com 42 metros de altura que, caso fosse concluído, teria sido o maior bloco único de pedra já trabalhado pelos egípcios. Neste caso, o mistério não se limita apenas ao porque de ele ter sido construído; também se pergunta porque pararam com a construção. Acredita-se que tenha sido devido a uma fenda que apareceu em sua superfície.

Cidade Submersa

Submersa

Já ouviu falar na Cidade Perdida do Japão? Bom, ela não chega a ser Atlântida, mas é quase isso. Yonaguni é um conjunto de ruínas submersas que intriga os especialistas com relação ao seu surgimento. A formação rochosa foi descoberta recentemente, em 1980, por mergulhadores locais. Ainda hoje restam os mistérios sobre sua construção e, também, sobre o porquê de ela ter ido parar no fundo do oceano.

Mohenjo Daro no Paquistão

MohenjoDaro

A cidade misteriosa de Mohenjo é um sítio arqueológico com mais de 4 mil anos que ainda apresenta muitos mistérios. Na época de sua construção, serviu como um dos maiores centros populacionais da antiga Civilização do Vale do Indo, e foi um dos primeiros grandes povoados urbanos do mundo, contemporâneo às civilizações do Antigo Egito, Mesopotâmia e Creta. O mistério fica por conta do fato de a civilização ter, simplesmente, desaparecido repentinamente. Como eles adotavam uma forma de escrita do tipo pictográfico, não é possível decifrar muita coisa.

Antiga cidade de L"Anse aux Meadows

Viking

Este sítio arqueológico foi encontrado no extremo norte da ilha de Terra Nova, no Canadá. Nele, foram encontrados vestígios de uma vila Viking. L"Anse aux Meadows provou-se ser da cultura escandinava devido às semelhanças entre características das estruturas e artefatos encontrados no local e aquelas dos sítios arqueológicos da Groenlândia e da Islândia. O nome se deve a pescadores franceses que viveram na região entre os séculos XVIII e XIX, e significa Baía das Águas-Vivas. L"Anse aux Meadows é o único sítio nórdico fora da Europa, e representa a mais distante colônia européia antes das viagens de Colombo. Como (e quando) os viajantes escandinavos chegaram até lá ainda é um mistério.

Túneis da Idade de Pedra

Tuneis

Acredite se quiser, estes túneis descobertos por arqueólogos se estendem por toda a Europa, da Escócia à Turquia. Eles medem poucos centímetros de largura, e são motivos de especulação dada à sua origem. Acredita-se que a rede de túneis tenha sido cavada há doze mil anos, por uma razão ainda não conhecida. Enquanto alguns especialistas acreditam que eles foram construídos como uma forma de proteger o homem contra predadores, uma outra linha de pesquisa defende que eles eram utilizados como as rodovias de hoje.

Esferas de pedra gigantes

Esferas

Estas esferas foram descobertas durante os anos 30, enquanto uma empresa estava limpando uma selva da Costa Rica para começar uma plantação de bananas. As maiores esferas pesam cerca de 16 toneladas e os pesquisadores acreditam que elas foram esculpidas no século VII depois de cristo. Ainda que alguns livros indiquem que as esferam tenham alguma relação com o continente perdido de Atlântida (ou mesmo com alienígenas), as técnicas utilizadas para a sua fabricação são bastante similares às da produção de cerâmica pelas culturas pré-colombianas.

Stonehenge

Stonehenge

Claro, o mais icônico dos monumentos misteriosos não poderia ficar de fora. Localizado na planície de Salisbury, muitos historiadores já tentaram encontrar explicações para a instalação das pedras, uma vez que cada uma pesa cerca de 20 toneladas. A cada nova teoria criada, vários pontos falhos fazem com que sejam abandonadas, de forma que o mistério permanece. Os estudos apontam para a utilização religiosa do monumento. Muito possivelmente, uma série de cultos religiosos foi realizado ali. Acredita-se que os habitantes da região acreditavam que a formação rochosa tinha poderes sobrenaturais. Mas como as pedras chegaram lá, ninguém sabe.

Lucas Franco
O cara que gosta do Batman! @heymac14

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+