10 teorias alucinantes sobre o universo e a realidade

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Sem categoria      16/04/15 às 20h53

A realidade não é tão clara e simples como pensamos. Várias coisas que nós achamos que são verdadeiras são, na realidade, falsas. Ao menos é o que afirmam alguns cientistas e filósofos que estudamo o universo.

Para você ter uma ideia, a realidade em que vivemos pode ser apenas um de várias realidades paralelas. Entenda como isso é possível:

1. O grande gelo

1

O Big Freeze, ou grande gelo, é uma teoria científica sobre o fim do universo. Segundo a teoria, o universo tem uma quantidade fixa de energia nele, e como essa energia se esgota o universo desacelera.

Em outras palavras, existe pouca perda de calor, porque o calor é produzido pelo movimento de partículas energéticas. Há também uma suavização desse movimento.

Dessa maneira, o universo supostamente chegaria a um impasse, que levaria a um congelamento generalizado.

2. O solipsismo

2

O solipsismo é uma teoria filosófica que afirma que nada pode ser verificado exceto a existência de nossa própria mente. Ou seja,  é impossível verificar a existência de qualquer coisa, exceto a sua própria consciência.

Por exemplo, como você sabe se o que está vivendo agora não passa de um sonho? Às vezes quando sonhamos acreditamos que o que acontece ali é real, certo? Além disso, podemos achar que despertamos de um sonho e descobrimos que continuamos dormindo.

Mas nós temos amigos e família, e até objetos, cuja existência podemos verificar, com um simples toque, certo? Errado. Pessoas que tomam LSD, por exemplo, às vezes dizem ter visto e tocado alguém que não passa de uma alucinações.

De acordo com a teoria, não podemos provar a existência de nada, exceto dos nossos próprios pensamentos.

3. Idealismo

3

Idealismo é uma teoria que afirma que todas as coisas existem como uma ideia na mente, ou mais especificamente, como uma ideia na mente de alguém.

George Berkeley, um famoso filósofo idealista, teve as suas ideias refutadas por um oponente. Algumas pessoas afirmam que um de seus oponentes fechou os olhos, chutou uma pedra.

Se a pedra realmente existisse apenas na mente do homem, como afirmava a corrente filosófica que Berkeley defendia, ele não deveria ter sido capaz de chutá-la com os olhos fechados.

4. Platão e os Logos

4

Todo mundo já ouviu falar de Platão . Ele é considerado o mais famoso filósofo já conhecido. Ele afirmava que, além do mundo que conhecemos, existe um outro mundo de "formas".

Segundo ele, todas as coisas que vemos ao nosso redor são apenas sombras, imitações da coisa real. Além disso, Platão dizia também que tudo é feito de uma única substância.

Isso significa que diamantes, ouro, e madeira, por exemplo, são compostos da mesma substância básica disposta em diferentes formas.

5. Presentismo

5

O tempo é algo criado pelo homem. Ele foi dividido simplesmente em passado, o presente e futuro. Mas filósofos presentistas argumentam que não há nem um passado nem futuro, que só o presente existe.

Em outras palavras, o seu último aniversário não existe e cada palavra neste texto deixa de existir depois que você a lê. O futuro não existe porque o tempo não pode estar ao mesmo tempo atrás e à frente, de acordo com Santo Agostinho.

6. Eternalismo

6

O eternalismo apresenta um forte contraste ao presentismo. Essa teoria filosófica postula que o tempo realmente tem muitas "camadas", e talvez possa ser comparado com um pão de ló.

Todas as camadas existem simultaneamente, mas a camada vista por um observador particular depende de onde está o observador.

Então dinossauros, Segunda Guerra Mundial e Lady Gaga existem ao mesmo tempo, mas só podem ser vistos a partir de um determinado ponto.

De acordo com essa corrente, o futuro está irremediavelmente determinado e livre-arbítrio parece ser uma ilusão.

7. Cérebro numa cuba

7

O "cérebro numa cuba" é um experimento mental realizado por filósofos que propõe que o mundo externo é formado por fontes independentes.

Vamos imaginar por um momento que somos apenas cérebros em cubas, com as nossas percepções sendo manipulados por estrangeiros ou cientistas do mal.

Como poderíamos saber? E como poderíamos refutar a possibilidade de esta situação estar acontecendo realmente neste momento?

O cérebro numa cuba é uma releitura moderna da problema do demônio de Descartes. E se isso soa como o Matrix, é porque o filme foi baseado nestes conceitos. Infelizmente, nesse caso, não temos comprimidos vermelhos.

8. Teoria do multiverso

8

A teoria do multiverso , ou do universo paralelo, afirma que existem mundos paralelos. De acordo com a teoria, em cada mundo paralelo, ou realidade paralela acontece algo diferente para a mesma situação.

Por exemplo, se você coloca um gato em uma caixa com substância nocivas, em uma realidade ele morre, em outra permanece vivo.

9. Realismo ficcional

9

De acordo com essa teoria, se há um número infinito de universos, então deve haver algum que contêm versões da vida real de nossos personagens de ficção favoritos.

Por exemplo, segundo a teoria, existe um mundo em que o Superman é real. Consegue imaginar?

10. Fenomenalismo

10

Já imaginou o que acontece com as coisas pelas suas costas? Os filósofos têm estudado atentamente este problema, e alguns chegaram a uma conclusão simples: elas desaparecem.

Bem, não exatamente. Alguns pensadores, conhecidos como " fenomenalistas ", acreditam que as coisas só existem na medida em que eles são percebidas.

Em outras palavras, o seu sanduíche de queijo só existe desde que você esteja ciente da sua existência. Assim como as árvores que caem em florestas sem ninguém por perto para ouvi-las, logo elas não caíram. Sem percepção, não haveria existência.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+