26 propagandas antigas que NUNCA seriam publicadas nos dias de hoje

POR Rafael Miranda    EM Curiosidades      12/05/15 às 19h40

Nós sabemos que publicidade é essencial para que um produto ou um serviço alcance o público desejado. rofissionais liberais, como médicos, engenheiros, divulgam por meio dela, os seus serviços; os artistas anunciam suas exposições, seus discos, seus livros, cd's e etc…, a própria ciência vem utilizando os recursos da publicidade, promovendo suas descobertas e seus congressos por meio de cartazes, revistas, jornais, filmes, Internet e outros.

Só que muitas coisas que eram sugeridas há décadas em anúncios publicitários podem passar uma imagem realmente negativa atualmente. Por isso a publicidade apresenta limitações. Os consumidores, frequentemente, vêem a publicidade como algo intrusivo. Assim, eles podem evitar a publicidade virando a página, mudando de canal, tirando o som. A seguir, você vai conhecer alguns anúncios já feitos no nosso país que seriam impensáveis nos dias de hoje.

Degradando as mulheres que dirigem

1

Sugerindo relacionamento por interesse

2

Defesa da infidelidade

3

Chamando crianças de vadias

4

Incentivo ao tabagismo precoce

5

Tabagismo

6

Cigarros e medicina

7

Pessoas gordas como inferiores

8

Morto por não comer chocolate???

9

Erotização infantil

10

Trabalho infantil

11

Cerveja para crianças que estão anêmicas

12

"Namorar também é direito da criança"

13

"Dê para seu namorado"

14

Crianças no banco da frente de veículos

15

Leite moça na falta de leite materno???

16

"Não deixe que roubem seu sono."

17

Anúncio considerado sexista atualmente

18

Anúncio racista

19

Perfume da crise

20

Mulher como objeto

21

Incentivo ao alcoolismo

22

Enceradeira como um "direito adquirido das mulheres"

23

Fumar em aviões???

24

Acidente aéreo para vender chocolates

25

Anúncio no mínimo, mórbido

26

 

Rafael Miranda
Criando forças para segurar o forninho de cada dia. Instagram: @rafaelmiranda17

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+