Fatos Nerd

5 histórias criadas por Stan Lee que ele não quer que você leia

0

Que Stan Lee é um gênio isso ninguém duvida. Aquele bom velhinho é o maior responsável pelas histórias de sucesso da Marvel ao longo de todos esses anos. Além de ser coautor em diversos outros trabalhos. Lee com certeza é alguém para ser reverenciado pelos fãs dos quadrinhos. Não bastasse a sua importância para o universo dos quadrinhos, Stan Lee ganhou recentemente uma provável importância maior dentro do MCU com a teoria de que ele possa ser um dos vigias, seres alienígenas responsáveis por ficar de olho em todo universo. Mas isso é assunto pra outra matéria. Veja aqui.

Mas o que tem atrás de tanta genialidade? Será que Lee não erra? Erra, e erra feio, erra rude. Stan Lee ao longo de sua história criou histórias e personagens realmente incríveis, mas também corroborou para a criação de alguns outros personagens bem ruins também. Pensando nisso escolhemos aqui cinco histórias das quais Stan Lee gostaria de esquecer.

1 – Batman

É, meu caro leitor. você não está lendo errado, Stan Lee já escreveu uma história para a DC. Teria trocado de lado o criativo Lee dos anos 60? Bom, foi isso que a DC pensou quando contratou Stan Lee para escrever uma história para o Batman (e toda a Liga da Justiça), contudo o tiro saiu pela culatra e Lee se tornou responsável por uma das piores histórias de origem atribuídas ao Homem-morcego. Sem deixar de lado o seu passado na Marvel, Lee deu ao vigilante de Gotham uma origem para lá de semelhante com a de outro personagem seu, o Homem-aranha.

2 – Strange Tales #104

Se você acha que os vilões do Homem-aranha criados por Stan Lee são fodões e que o cara sabe o que está fazendo quando cria os seus personagens, duvide disso. Lee já criou vilões fantásticos como: Kraven, o Caçador, O abominável, Rino entre outros. Em compensação, Lee criou Paste-Pot Pete, vilão do Quarteto Fantástico que usa os poderes da supercola para enfrentar seus adversários. Sim, é isso mesmo. Ele usa a cola como super poder, mas a única coisa que ele consegue ser é super ridículo.

3 – Stripperella

No mundo dos quadrinhos uma coisa que nunca deve faltar ao um roteirista é criatividade, mas as vezes tem gente que extrapola e força a barra com alguns personagens bem non senseStripperela é com certeza um personagem desse tipo. A super-heroína que antes de ganhar os seus poderes era uma dançarina em bar, no intervalo do trabalho combate ao crime. Felizmente, ou infelizmente, a série em quadrinhos foi cancelada antes mesmo de seu lançamento.

4 – Origem da Mulher-aranha

“Se eu já fiz o Homem-Aranha porque não fazer a Mulher-Aranha?”. Acho que deve ter sido isso que se passou na cabeça de Stan Lee quando ele deu a pior das piores origens a um personagem que ele criou. Com o medo de perder a ideia do nome do personagem, Lee reuniu algumas ideias malucas em sua cabeça e concebeu Jessica Drew. Na história criada por Stan Lee, a contra partida feminina do cabeça de teia simplesmente evolui de uma aranha radioativa. Isso mesmo, antes de ser humana a Mulher-aranha era só uma aranha mesmo.

5 – HERBIE, Quarteto Fantástico

Situações desesperadas pedem medidas desesperadas. Quando os heróis do Quarteto Fantástico passaram a ser exibidos no canal televisivo da CBS, Stan Lee teve que criar um personagem para assumir o lugar do Tocha Humana que tinha desaparecido, pois não dava para apresentar um quarteto com apenas três integrantes, pensou Lee. O resultado disso foi o robô HERBIE que logo de cara teve baixa popularidade entre os telespectadores e chegou a gerar a expulsão do artista Dave Cockrum da equipe, já que o ilustrador detestava o personagem criado por Lee.

7 fantasmas que assombraram os sets de séries e filmes

Matéria anterior

5 erros que a Sony deve evitar no filme de Venom

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos