5 tecnologias pensadas originalmente para a guerra que usamos todos os dias

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM História      08/10/15 às 17h20

Você consegue imaginar como seria a sua vida sem o uso de aparatos eletrônicos? Atualmente existem muito mais recursos para fazer qualquer coisa do que há algum tempo. Conversar com alguém, se alimentar, descobrir como chegar a algum lugar em que precisa ir... Tudo isso ficou mais fácil por causa do desenvolvimento da tecnologia.

O que pouca gente sabe é que boa parte desses avanços foram baseados em tecnologias que em princípio foram desenvolvidas para serem usadas na guerra, mas acabaram sendo adaptadas para o dia-a-dia das pessoas. A seguir você vai pode conferir algumas delas.

1 - Comida enlatada

comida

Antes da industrialização dos alimentos era difícil encontrá-los em quantidade suficiente para todos e também fazer com que eles durassem por longos períodos de tempo, mas a situação mudou após a as guerras mundiais. Como era preciso estocar alimentos para alimentar as tropas, foi preciso fazer com que os alimentos pudessem durar mais. Foi então que nasceu a comida enlatada. Depois de processadas e colocadas dentro dos recipientes, além da ajudinha dos conservantes, as comidas tinham uma vida mais longa. Pouca gente sabe, mas até o próprio Cheetos foi criado graças à uma ajudinha do exército norte-americano.

2 - GPS

gps

Assim como o Cheetos, o GPS também foi criado graças ao exército norte-americano. O Sistema de Posicionamento Global foi desenvolvido pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos no começo dos anos 1990. No entanto, a tecnologia só ganhou o mercado em 1996, depois de uma aprovação do presidente Bill Clinton. Já pensou como seria a vida sem o GPS? Não é um exagero dizer que ele revolucionou a vida daquelas pessoas que não tem muito senso de localização e estão sempre perdidas.

3 - Lâmpada Ultravioleta

luz

Durante a Primeira Guerra Mundial, os alemães ficaram muito tempo reclusos. Com isso, em 1918 as crianças de Berlim começaram a desenvolver problemas de má formação óssea, o raquitismo. Um médico conhecido como Dr. Kurt Huldschinsky notou que os seus pacientes tinham algo em comum, todos eles estavam muito pálidos. Foi então que ele decidiu submetê-los a tratamentos com lâmpadas que emitiam luz ultravioleta e os garotos rapidamente apresentaram melhora. Na ocasião, se descobriu que a luz ultravioleta era necessária para absorção da vitamina D pelo organismo. Mais tarde as lâmpadas acabaram sendo usadas também para fins estéticos, no bronzeamento artificial.

4 - Drone

drone

O veículo aéreo não tripulado, também conhecido como drone, se popularizou nos últimos três anos. No entanto, ele vem sendo utilizado pelo exército norte-americano desde o século passado. Fora dos campos de batalha os aparatos acabaram ganhando várias utilidades, como ajudar a monitorar desmatamento em florestas ou o trânsito, por exemplo.

5 - Aço inoxidável

aço

O criador do aço inoxidável, amplamente utilizado para a feitura dos mais diversos utensílios pela indústria metalúrgica, foi criado por Harry Brearley depois de um intensa busca de um material mais apropriado para a fabricação de armas. Na época, o calor do disparo provocava o mal funcionamento do armamento. O mais curioso da história é que ao produzir o aço inoxidável, Brearley acreditou que havia fracassado. Mal sabia ele que havia acabado de entrar para a história.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+