• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

6 heranças que a Primeira Guerra Mundial deixou

POR A redação    EM Ciência e Tecnologia      10/12/15 às 19h23

A Primeira Guerra Mundial, que teve inicio em 1914 e seu fim em 1918, foi  a primeira vez que o mundo presenciou um evento tão catastrófico causado apenas pelo homem. A guerra deixou mais de 10 milhões mortos nas zonas de conflito e outros milhares de feridos e incapacitados.

Apesar de ser uma parte da história que queremos esquecer, várias áreas se desenvolveram nessa guerra. Quando se necessita de algo urgente, você sempre procura as melhores solução já que o que está em jogo são a vida de seu povo. Tivemos desenvolvimentos na parte médica, na parte de comunicação e também na parte armamentista.

O Ultra Curioso separou 6 heranças que a a Primeira Grande Guerra deixou para os dias de hoje:

1-Banco de sangue

bolsa de sangeu

Durante a Primeira Guerra a necessita de sangue para soldados feridos era imensa. Os doadores eram muitos mas não sabia como armazenar grandes quantidades, até que foi descoberto que com o sangue misturado com nitrato de sódio o sangue não coagulava. As técnicas foram melhoradas com o passar do ano mas foi nessa época que deram inicio aos estudos.

2-Máscaras de Gás

mascara

As máscaras de gás que são utilizadas em conflitos pela polícia ou em laboratórios foram inventadas durante a Primeira Guerra. As armas químicas eram utilizadas sem nenhuma restrição e por isso os britânicos tiveram que se defender de alguma forte.

3-Arame farpado nas trincheiras

farpado

O arame farpado nas trincheiras pode parecer normal, porém naquela época foi uma inovação. Caso os inimigos conseguissem chegar as trincheiras, ele era surpreendido pelo arame que se não fosse fatal, deixaria soldados presos para a execução ou para ser feito como refém.

4-Tanques

tanque

Com a defesa que as trincheiras podiam oferecer, era necessário algo que poderia abrir caminho para os soldados. Nessa mesma época da guerra foram introduzidos os tanques de guerra que eram bastante resistentes e com uma força de ataque muito boa, além de servir para abrir caminhos no meio das trincheiras.

5-Zíper

ziper

Em uma guerra buscamos sempre melhorar a vida dos soldados, até mesmo em sua vestimenta. As roupas antigas eram cheio de ganchos que podiam se enroscar em várias coisas na floresta ou campo de batalha. O zíper veio como ajuda para não atrasar de nenhuma forma os soldados.

6-Absorvente interno

ob

Não, eles não desenvolveram de primeira o absorvente interno mas sim o material. O absorvente é feito de celu-algodão, e esse material foi inventado na Primeira Guerra para conter sangue de feridas e não ocupar muito espaço sendo mais eficazes. Depois de um tempo foi desenvolvido um novo uso para o o material.

E ai, o que achou dessas heranças que a Primeira Grande Guerra trouxa para os dias de hoje? Responde ai nos comentários.

Próxima Matéria
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+