Curiosidades

6 substâncias míticas que as pessoa acreditavam que davam reais poderes

0

Quem de nós nunca quis ter poderes não é mesmo? Parece algo fantástico fazer algo que seja além da humanidade, que você seria o único a conseguir fazer tal proeza.

Por muitas gerações estudiosos dedicaram suas vidas para achar algo para que simplesmente nos concedesse algum poder inédito. Tentando encontrar riquezas, para uma cura mágica para as dores, doenças de todo o mundo e até mesmo alguma maneira de esquecer algo que não queremos mais recordar. Desde os tempos antigos as pessoas criavam lendas e histórias sobre substâncias mágicas que podem acabar no dando algum desses poderes.

Pensando nisso listamos para vocês algumas substâncias que as pessoas simplesmente acreditavam que poderiam nos das poderes reais.

1 – Azoth

A substância era considerada um remédio universal. O que acreditamos hoje em dia como mercúrio. Quando vários estudiosos tentaram entender mais sobre o Azoth, eles definiram que ele era uma substância que teria três conceitos básicos de sal, mercúrio e enxofre. Acreditava-se que o Azoth era o agente essencial da transformação na alquimia.

2 – Ambrosia

A ambrosia é conhecida popularmente de “alimento dos deuses gregos”, é considerada a substância que lhes oferece a imortalidade. Existiam lendas que afirmavam que se uma criança fosse alimentada com ambrosia ela iria crescer instantaneamente até a idade adulta.

3 – Orichalcum

O Orichalcum foi muita das vezes citado por Platão para descrever o metal que supostamente os atlantes usavam, ele até afirmava que o única coisa mais valiosa que orichalcum era o ouro. O nome “orichalcum” significa “bronze da montanha e era descrito como um metal dourado associados a grandes nomes como a de Aphrodite.

4 – Água escocesas

Algumas tradições da Escócia dizem que a água silenciosa pode ser um remédio para qualquer doença. Deve ser coletada assim que amanhecer ou até mesmo no entardecer, todo procedimento deve ser feito em silêncio, em uma ponte que é usada tanto por pessoas vivas quanto para fazer travessia de mortos.

5 – Pedra sapo

Essa pedra foi literalmente pensada em uma cabeça de um sapo. Essa história começou quando algumas pessoas começaram a dizer que sapos colocavam substâncias que estavam em suas cabeças em pequenas pedras. Boa parte falava que que era só passar na pele ou até mesmo ingeri-la para curar alguma doença do estômago e doenças digestivas.

6 – Lyngurium

A primeira amostra de uma pedra preciosa chamada Lyngurium veio de Theophrastus de Eresus. De acordo com ele o lyngurium não era mais do que urina de lince solidificada. Haviam rumores que a pedra teria propriedades curativas. Se ela fosse dissolvida com algum líquido e consumida ela tinha o poder de acabar com as pedras na bexiga e curar a icterícia.

E ai, o que acharam da matéria? Comenta ai e não se esqueça de compartilhar com os amigos.

7 previsões malucas de um futuro que você fará parte

Matéria anterior

10 verdades sobre namorar uma pessoa mais nova

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos