Curiosidades

7 animações mais caras da Disney

0

A Disney é, sem sombra de dúvidas, o lugar mais mágico do mundo. Não importa se você está visitando um dos vários parques temáticos da Disney pelo mundo ou assistindo a um filme. Tudo relacionado a Disney tem o poder de transformar a imaginação de qualquer um, independentemente da idade. De crianças a adultos, todos nós temos, pelo menos, um filme da Disney que marcou a nossa vida.

E como qualquer outro aglomerado de negócios, a Disney em si é uma empresa muito rica. Graças aos parques temáticos, canal original, merchandising, filmes, serviço de streaming, a Disney hoje vale algo em torno de US$ 130 bilhões. E grande parte desse dinheiro volta para a própria Disney, em investimentos para novas produção de entretenimento. Afinal, o império Disney não pode parar. As crianças e os adultos precisam de um pouco de magia, que só os filmes conseguem oferecer. Confira a seguir, 7 animações mais caras da Disney.

7 – Valente (US$ 185 milhões)

Em 2012, o mundo se apaixonou pela animação Valente. A personagem principal, Mérida, foi uma das primeiras princesas da Disney a não ter um interesse amoroso e não querer ter um. Mérida é uma princesa escocesa que, ao invés de ser criada como qualquer outra garota, ela sonha em ser uma arqueira e explorar a floresta. Ela definitivamente não é do tipo que esperar para se casar com alguém escolhido por seus pais. O filme foi uma inspiração para crianças a serem valentes e corajosas. E animação custou no total US$ 185 milhões para ser feita, e se revelou um ótimo investimento. Isso porque rendeu em lucro de mais de US$ 540 milhões, além de vários prêmios importantes, como Globo de Ouro, Oscar e BAFTA.

6 – Procurando Dory (US$ 200 milhões)

A adorável sequência de Procurando Nemo não poderia ter, ninguém mais ninguém menos, do que a peixinha Dory como protagonista. A personagem roubou a cena no primeiro filme, com a sua personalidade adorável, otimismo e a natureza esquecida. Enquanto Procurando Nemo custou apenas US$ 95 milhões, Procurando Dory aumentou um pouco o investimento, subindo para US$ 200 milhões. Mas a animação, uma das favoritas entre os pequenos, faturou US$ 1 bilhão em bilheteria no mundo inteiro.

5 – Toy Story 3 (US$ 200 milhões)

Pelo visto, a gente nunca se cansa de Toy Story. Embora os filmes levem anos para serem produzidos, sempre são aguardados com muita animação pelos fãs da franquia. Toy Story 3 seguiu o sucesso dos dois primeiros filmes. Nesse terceiro filme, a história gira em torno de Woody e sua turma, em uma aventura para voltar para casa, depois de serem acidentalmente doados. Para criar essa trama adorável, a Disney investiu US$ 200 milhões, mas que, como já era de se esperar, foi muito bem recompensado. A animação rendeu lucros de mais de US$ 1 bilhão em bilheteria.

4 – Toy Story 4 (US$ 200 milhões)

Toy Story 4 foi lançado nove anos depois do seu antecessor. Mas a espera valeu a pena. Desta vez, a história dos brinquedos se passa quando eles encontram um novo lar, com uma menina chamada Bonnie. Afinal, o Andy foi para a faculdade. Lá a turminha conhece novos brinquedos e vivem uma aventura quando Woody e o garfinho se perdem e precisam voltar para casa. Repetindo o investimento do antecessor, Toy Story 4 também gastou US$ 200 milhões na produção e faturou mais de US$ 1 bilhão no mundo inteiro.

3 – Os Incríveis 2 (US$ 200)

O primeiro filme dos Incríveis foi lançado em 2004, com um investimento de US$ 92 milhões. E os fãs estavam animados com uma continuação da história da família de super-heróis mais incrível do mundo. Nessa sequência, a Disney aumentou o investimento para US$ 200 milhões. Com Os Incríveis 2, a empresa lucrou mais de US$ 1,2 bilhão.

2 – Universidade Monstros (US$ 200 milhões)

Monstros S.A foi um verdadeiro sucesso. Todo mundo ficou encantado com um monte de monstros, tentando ser assustadores quando, na verdade, eram adoráveis. O filme foi uma forma de ajudar as crianças a lidar com pensamentos assustadores de amigos imaginários. O primeiro filme, lançado em 2001, custou US$ 115 milhões para ser produzido. Já a sequência, Universidade Monstros, custou US$ 200 milhões. No fim das contas, faturou mais de US$ 744 milhões, nas bilheterias do mundo todo.

1 – Enrolados (US$ 260 milhões)

E o posto de animação mais cara da história da Disney vai para Enrolados. O filme conta a história encantadora de Rapunzel, depois de ser sequestrada por uma mulher louca. Ela passou 16 anos de sua vida, sem saber como era o mundo exterior, e nem como era uma princesa. O filme custou US$ 260 milhões para ser produzido e faturou US$ 591 milhões em bilheteria. Um filme foi um sucesso, mas não tanto quanto os outros, que custaram bem menos.

7 cobranças de pênalti mais ridículas de todos os tempos

Artigo anterior

Universo DC é destruído em nova HQ da Marvel

Próximo artigo