7 batalhas mortais ocorridas durante a 1° Guerra Mundial

POR Jesus Galvão    EM História      30/05/18 às 19h15

A Primeira Guerra Mundial é conhecida por ter sido uma das mais sangrentas de toda a história. Milhões de soldados perderam suas vidas em campos de batalhas e muitos sofreram com as consequências e perdas durante esse tenebroso período da humanidade. A guerra também produziu novas armas, como as metralhadoras, que possibilitou um derramamento de sangue ainda maior.

Aqui na Fatos Desconhecidos, já escrevemos sobre os 7 fatos que você provavelmente não sabia sobre a 1ª Guerra Mundial e sobre as 7 coisas insanas que aconteciam nos combates aéreos durante esse período. Hoje listamos algumas das batalhais mais mortais que dizimaram gerações de jovens nos campos de batalhas. Confira!

1 - Batalha de Tannenberg

Após o fracasso da invasão russa, os russos conseguiram derrotar os alemães em Gumbinnen e seguir em direção ao Ocidente. No entanto, os alemães rapidamente formaram um exército para deter o avanço dos russos. Apesar de estarem em desvantagem, em relação ao número de homens que o exército da Rússia possuía, o exército alemão derrotaram os russos e cerca de 170 mil soldados russos morreram no conflito. Enquanto, 12 mil foram o número de soldados mortos do lado alemão.

2 - Batalha de Arras

A Batalha de Arras teve início em 9 de abril de 1917 e terminou em 16 de maio de 1917, próximo a região da cidade francesa de Arras. As tropas britânicas, canadenses, neozelandesas e australianas atacaram as defesas alemãs, que era, em números de soldados, menor. Apesar de todos os esforços, quando a batalha terminou, as tropas britânicas haviam conseguido avançar bastante o território, mas não conseguiram penetrar as forças da defesa alemã. As forças britânicas perderam cerca de 158 mil soldados, enquanto os alemães 120 mil.

3 - Batalha de Galípoli

As tropas britânicas, francesas, australianas e neozelandesas desembarcaram na península de Galípoli na tentativa de invadir a Turquia e conquistar o estreito de Dardanelos. Ambos os lados registraram muitas perdas. A divisão ANZAC, formada pelas tropas australianas e neozelandesas começaram a se sentirem especialmente ameaçadas, e começaram a dissolver suas alianças. Os exércitos aliados perderam cerca de 220 mil homens para os turcos, enquanto os turcos perderam 253 mil de seus soldados.

4 - Primeira Batalha do Marne

Em setembro de 1914, as tropas alemãs invadiram a Bélgica, e seguiam em direção a França, numa tentativa de tomar Paris. Os britânicos e franceses já tinham perdido muitos homens na tentativa de conter as forças alemãs. No entanto, as tropas se uniram em torno do Rio Marne, nos arredores de Paris, para mais uma vez tentar deter as tropas alemãs. Eles conseguiram em um contra-ataque causar diversas baixas as tropas inimigas, e por consequência, forçaram o exército da Alemanha a recuarem. As forças britânicas e francesas perderam 263 mil soldados. Já os Alemães perderam cerca de 220 mil de seus homens.

5 - Batalha da Sérvia

As batalhas na Sérvia tiveram início com o bombardeio austríaco de Belgrado em Julho de 1914, seguido da invasão militar da Sérvia em 12 de agosto daquele ano. Apesar de estarem em menor número, os sérvios conseguiram conter a invasão austríaca, porém, em meados de 2015 os alemães e búlgaros se juntaram as tropas austríacas para conquistar a Sérvia, o que acabou culminando na Batalha de Kosovo, onde as tropas sérvias foram esmagadas. Cerca de 634 mil homens morreram nos combates.

6 - Batalha de Passchendaele

Essa sangrenta batalha ocorreu de julho a novembro de 1917. As forças britânicas e seus aliados queriam controlar as zonas da região de Flandres Ocidental. Muitos soldados de ambos os lados morreram nos conflitos e as condições vividas pelos soldados, mesmo nos momentos que não estavam guerreando não eram das melhores. Estima-se que quase 850 mil soldados tenham morrido.

7 - Batalha de Verdun

As tropas alemãs forjaram um ataque contra uma fortaleza francesa próxima à cidade de Verdun-sur-Meuse para deixar as tropas francesas distraídas. Eles tinham como objetivo dominar a cidade. Os franceses tentaram resistir aos ataques dos alemães, no entanto enfrentaram muitas baixas em seu exército. Os franceses perderam cerca de 542 mil de seus soldados no conflitos, enquanto os alemães cerca de 435 mil pessoas.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Via   Toptenz     Wikipedia  
Imagens Info Escola
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+