• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas que surpreendentemente prejudicam sua inteligência

POR Mateus Graff    EM Ciência e Tecnologia      20/02/18 às 11h10

Antes de mais nada precisamos deixar claro que não existe essa coisa de "pessoas burras". Na verdade, todo mundo é capaz de aprender algo, tudo depende de uma base que a pessoa têm. Porém, alguns hábitos que nós temos podem fazer com que a nossa inteligência diminua, ao menos por alguns instantes. Mas e você, tem ideia do que pode fazer com que nossa inteligência seja afetada?

Bom, tendo em mente que muita gente não faz ideia do que pode afetar o cérebro humano, trouxemos uma lista com vários estudos feitos envolvendo a inteligência humana. Então, caros leitores, confiram agora a nossa matéria com as 7 coisas que surpreendentemente prejudicam sua inteligência:

1 - Iluminação fraca

Pesquisadores da Michigan State University descobriram um vínculo entre a iluminação fraca e a capacidade diminuída de lembrar e aprender. Os especialistas estudaram os cérebros de um grupo de ratos da região do rio Nilo. A espécie costuma ser ativa no dia e dormir à noite. Quando o estudo começou, os ratos foram treinados para achar um caminho através de um labirinto. Depois, os ratos foram divididos em dois grupos. Um grupo era exposto a luz durante o dia e o outro a iluminação fraca.

Depois de quatro semanas,os ratos expostos a iluminação fraca perderam 30 por cento da capacidade no hipocampo, o que é crucial para a aprendizagem e memória. Os ratos que não foram expostos a luz tiveram um desempenho pior do que o original, já os outros apresentaram uma melhora significativa.

2 - Smartphones

Os celulares nos matém em contato constante com outras pessoas, disso não podemos discordar. Mas será que esse contato não afeta a nossas habilidades cognitivas? Pesquisadores da Universidade do Texas estudaram um grupo de aproximadamente 800 usuários de celular. Os participantes foram convidados a realizar uma série de testes de informática que exigiam muita atenção.

Alguns foram convidados a deixar seus telefones em outro local, enquanto outros simplesmente pediram para silenciar seus dispositivos e colocá-los com a face voltada para baixo em cima da mesa. Aqueles que deixaram seus telefones em outro local apresentaram um desempenho significativamente melhor nos testes do que aqueles que tiveram seus telefones ao lado.

Os pesquisadores concluíram que ter um telefone na sua visão reduz a capacidade de uma pessoa se concentrar. Todo mundo tem aquele velho hábito de chegar o celular o tempo inteiro e isso faz com que seu subconsciente tenha que trabalhar contra isso quando a pessoa tenta se concentrar em algo.

3 - Alimentos processados

Ter uma dieta ruim quando criança mostrou ter um impacto negativo no desempenho cognitivo. Pesquisadores examinaram os hábitos alimentares e os níveis de inteligência de 14 mil crianças pequenas. As crianças foram alimentadas principalmente com alimentos processados. As crianças com três anos tinham um QI médio mais baixo do que crianças que comiam dietas ricas em vitaminas e nutrientes.

Uma dieta rica em vitaminas e nutrientes são essenciais para estimular o desenvolvimento ideal do cérebro. Já os alimentos processados não. Uma vez que o cérebro cresce as uma taxa mais rápida durante os três primeiros anos, a nutrição nesse período tem um impacto muito grande na função cerebral geral. As crianças que foram alimentadas com alimentos processados e tiveram melhorias na dieta tiveram resultados de inteligência baixos.

4 - Multitarefas

Uma equipe da Universidade de Stanford entrevistou algumas pessoas sobre sua percepção de quão bem eles realizaram várias tarefas e então testaram sua capacidade de fazê-lo. Os resultados mostraram que exatamente o contrário. As pessoas que afirmavam ter facilidade em multitarefas tiveram resultados baixos. Já os que afirmaram preferir se concentrar em apenas uma tarefa tiveram resultados altos.

Não só o desempenho, mas o nosso QI também cai quando tentamos nos concentrar em muitas coisas ao mesmo tempo. Outro estudo feito pelo Instituto de Psiquiatria em Londres descobriu que a multitarefa causa uma diminuição temporária de 10 pontos no QI. Para vocês terem uma ideia, esse resultado foi maior do que a diminuição observada depois de fumar maconha ou dormir mal.

5 - Açúcar

Especialistas da Universidade da Califórnia estudaram o efeito de uma dieta de alta frutose em ratos. Os roedores foram ensinados a encontrar o caminho através de um labirinto antes de serem divididos em dois grupos. Os dois grupos receberam ágia com frutose. Mas um grupo também foi alimentado com ómega 3.

Após seis semanas, os ratos que receberam ômega 3 apresentaram melhor desempenho no labirinto. Os ratos que não receberam ômega 3 mostraram diminuição da atividade sináptica e uma incapacidade de recordar a rota que tinham aprendido anteriormente.

Concluiu-se que a ingestão de altos níveis de frutose afetou os níveis de insulina dos ratos. As células do cérebro usam o açúcar como combustível. Um influxo constante de frutose afeta o modo como as células cerebrais armazenam e usam a substância. Isso afeta o funcionamento das células ao processar pensamentos e emoções.

6 - Trânsito

Conduzir mais de duas horas por dia diminui de forma constante o nosso QI. Um estudo feito na Universidade de Leiceste fizeram a análise sobre os estilos de vida de mais de 500 mil pessoas, durante cinco anos. Eles testaram a memória e a inteligência das pessoas ao longo do estudo.

Dos participantes, 93 mil dirigiam mais de duas horas por dia. Eles tiveram resultados mais baixos no inícuo do estudo em comparação com os que dirigiam pouco. Além disso, os motoristas de longa distância mostraram uma diminuição constante na capacidade cognitiva durante o estudo.

A mente humana é menos ativa quando está na estrada e a falta de estimulação pode contribuir para o declínio do QI. Resultados semelhantes a esse' foram observados em pessoas que assistem mais de 3 horas de televisão por dia.

7 - Programas de TV

Pesquisadores descobriram que, quando se trata de inteligência, você é o que você assiste. Embora seja certo dizer que alguns programas de TV são informativos, há muitos outros que não oferecem valor educacional algum. Já foi provado que esses mesmos programas deixam as pessoas, digamos assim, menos inteligentes.

Markus Appel, psicólogo e professor austríaco, testou um grupo de estudantes universitários em vários assuntos. Antes de administrar o teste, metade dos alunos recebeu uma história sobre um homem tolo que tomava todas as decisões ruins. Depois de ler sobre as decisões não tão inteligentes do personagem, esses alunos apresentaram um desempenho pior nos testes do que os alunos que não leram a história.

Appel diz que os resultados são culpa da mídia. Os programas que assistimos podem resultar em mudanças do comportamento, inteligência e opinião. Isso significa que um reality show, por exemplo, para uma pessoa "burra" pode parecer engraçado, mas sua "burrice" pode ser contagiosa.

E aí, já sabiam que todas essas coisa podem afetar a nossa inteligência? Comentem!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+