• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 comportamentos rudes que podem indicar doenças

POR Leticia Rocha    EM Curiosidades      26/02/19 às 15h58

Ninguém gosta de grosseria, muito menos quando ela é direcionada para nós e de forma injusta. Quando isso acontece ficamos magoados e revoltados. A vontade é de revidar, mas na maioria das vezes prezamos pela política da boa vizinhança. O que não é de todo ruim, sabe por quê? Porque há situações em que esse tipo de comportamento, agressivo e até rude, pode indicar alguma doença.

Então, caso você seja vítima de algum comportamento desmedido vindo de alguém, aparentemente sem motivos, tente se manter calmo e não atacar de volta. Essa pessoa pode estar enfrentando problemas muito maiores. Conheça alguns do sintomas e problemas, quem sabe você não consegue ajudar alguém ou a si próprio caso o rude seja você.

1 - Desmarcando compromissos

Se você conhece alguém que sempre marca compromissos e reuniões, mas sempre cancela, talvez ela não seja o que nós chamamos de "furona", mas sim uma pessoa com problemas emocionais. A pessoa entra em contradição consigo mesma, ela quer sair daquela situação, mas não tem forças para fazer isso. É por isso que cancela sempre em cima da hora ou simplesmente não aparece, por mais empolgada que parecesse estar. Se isso acontece há muito tempo, pode ser que essa pessoa esteja enfrentando problemas de ansiedade ou de depressão profunda.

2 - Estouros de raiva

Todos nós temos um assunto do qual não gostamos muito e isso é normal. Mas algumas pessoas explodem repentinamente, e isso assusta. Não parece ser por conta de um assunto específico, nem nada do tipo, elas apenas explodem. E pasmem, esse pode ser também um sintoma da depressão, as pessoas que sofrem dessa doença nem sempre são constantemente apáticas. Isso acontece porque as pessoas depressivas costumam direcionar toda sua raiva e ódio para si mesmas, o que faz com que elas fiquem no limite, a todo o momento.  E é claro que é muito mais fácil explodir estando sempre no limite.

3 - Interrupções

Algumas pessoas têm o péssimo hábito de interromper. Elas até fazem as perguntas, mas mal esperam que sejam respondidas, para então lançar uma nova pergunta. Sim, esse pode ser um sinal de egoísmo, mas também pode ser um dos sintomas da ansiedade. Acontece que quando as pessoas estão estressadas, a memória não funciona bem. Esse amontoado de perguntas, sem intervalo e sem necessariamente se atentar a resposta, na verdade, podem ser uma forma de falar tudo, antes que aconteça de esquecer.

4 - Sem contato visual

O contato visual é uma das coisas que mais estabelece confiança enquanto conversamos com outras pessoas. Mas algumas pessoas simplesmente não conseguem olhar olho no olho. Mas isso pode ser um sintoma de vários problemas. Ansiedade, depressão, sensação de vulnerabilidade e até irritabilidade e compulsividade.

5 - Sarcasmo e grosseria

Parece que algumas pessoas estão constantemente armadas e prontas para atacar! E isso não apenas é um sintoma, como pode causar doenças hepáticas. O fígado começa a falhar e isso atrapalha a remoção de toxinas do corpo e isso pode causar perda de controle e problemas na personalidade. Em casos menos graves, pode significar que a pessoa quer ficar sozinha, nesse caso, essa é a melhor coisa a ser feita.

6 - Acusações infundadas

Alguém te acusou aparentemente sem nenhuma razão? Pior, fez isso de forma agressiva? Isso pode ser um dos sintomas da insegurança ou pior, um pico de açúcar no sangue. Então isso também pode ser um sinal de diabetes. Então se você puder não entrar na pilha e ajudar essa pessoa, sugira que ela realize um exame para checar o nível de glicose no sangue, isso também pode ajudar.

7 - Agressividade

Se você está em um lugar e aquela pessoa arrogante e agressiva começa a maltratar alguém, um funcionário, mantenha a calma. Primeiro, tente não entrar em conflito direto com essa pessoa. A agressividade é um dos sintomas de doenças cardiovasculares. É também comum em pessoas que sofreram com algum transtorno deste tipo ou algum acidente vascular cerebral, além de alguma situação de micro estresse.

Próxima Matéria
Leticia Rocha
Jornalista e aprendiz de Dani Noce. No insta é ticia_rochaa
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+