• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 crimes extremamente únicos de alguns países

POR Bruno Destéfano    EM Curiosidades      02/05/19 às 15h22

Existem muitas razões pelas quais as pessoas viajam. Alguns exploradores querem experimentar a cultura e a comida, enquanto outros estão embarcando em aviões, na esperança de descobrir a história e a natureza em destinos distantes. Contudo, não importa qual o motivo de sua viagem, é bom lembrar que alguns lugares têm regras, regulamentos, leis e... crimes específicos. Isso mesmo, existem delitos estranhos e peculiares acontecendo em todo o lugar. A única coisa que muda é o tipo de crime cometido de acordo com o contexto espacial. Há até certos crimes bizarros que, inclusive, só acontecem em determinados lugares. Conheça, por meio desta lista, 7 crimes extremamente únicos de alguns países.

As primeiras ideias sobre transgressões estavam ligadas à religião ou à propriedade. O crime, como o conhecemos hoje, não fazia parte do vocabulário dos tempos pré-modernos e os dados sobre o crime mal eram coletados até o século XIX. Os tempos mudaram e agora os registros são feitos constantemente. Dessa maneira, podemos identificar as múltiplas transgressões feitas em diferentes partes do globo terrestre.

1. Roubo de areia

Muitas pessoas, quando visitam determinada praia, levam um pouco de areia para servir como recordação. É uma prática comum, mas que se tornou insustentável na ilha de Sardenha, região autônoma da Itália insular. As coisas ficaram tão complicadas que as autoridades locais tiveram que impor multa de 1.000 euros (R$ 4.400,00) pelo crime nomeado como roubo de areia. No verão de 2017, mais de 2.000 kg de areia foram encontradas em bagagens de visitantes.

2. Casamento precoce

No estado indiano de Biar, jovens garotos são frequentemente forçados a se casarem. Caso rejeitem, os seus pais (e os pais da noiva em potencial) começam a ameaçá-los de morte. Aos menos 3.400 casos do gênero foram registrados no ano de 2017.

3. Dragão-de-komodo

Turistas foram banidos da ilha de Komodo devido aos recentes relatos sobre roubo de dragões-de-komodo. De acordo com investigações, os animais estão sendo individualmente vendidos no mercado negro por R$137.900,00. Algumas autoridades também temem que o sangue deles esteja sendo comercializado como ingrediente para remédios.

4. Placas da cidade

Bat Cave é uma comunidade não registada no condado de Henderson, na Carolina do Norte. Faz parte da área estatística metropolitana de Asheville e possui placas constantemente roubadas. A razão é essa mesmo que você está pensando: por causa do nome em alusão à batcaverna. De acordo com os policiais da região, os meliantes confiscam toda e qualquer placa com os dizeres "Bat Cave". Esse é, definitivamente, um dos crimes extremamente únicos de alguns países.

5. Tarde demais

Em algumas partes da China, casamentos "fantasmas" com cadáveres ainda acontecem e as autoridades já não sabem mais o que fazer. Tudo isso porque as pessoas não querem morrer sem encontrar o seu grande parceiro, mesmo que ele não esteja mais entre nós. Por essa razão, corpos são desenterrados e vendidos individualmente no mercado negro por R$11.800,00.

6. Cinzas no jardim

Você teria suas cinzas espalhadas pelo jardim da célebre autora Jane Austen? Bem, mesmo se você quisesse (?), esqueça. A prática foi proibida pela "Casa Museu de Jane Austen" pelo simples fato de que muitas pessoas estavam e ainda estão fazendo isso. Na maioria das vezes, os criminosos são mulheres que depositam as cinzas dos maridos falecidos, em um ato metafórico de "amor eterno". Olha, eu não sei se isso é uma referência aos livros dela (até porque não li nada do tipo), mas estou bastante confuso.

7. Incriminados por serem literais ao extremo

Parece que existem algumas pessoas que demoram a amadurecer, especialmente os turistas que visitam a cidade de "Fucking", na Áustria. Muitos advêm de várias partes do mundo para contemplar placas da região e - não só isso - ter relações sexuais bem em frente. As autoridades locais tiveram que instalar câmeras de monitoramento para deter os criminosos. Esse é um dos crimes extremamente únicos de alguns países - a menos que exista outra cidade de nome igual.

No mínimo curioso, não é? Sabia de algumas destas transgressões? Não se esqueça de deixar o seu comentário.

Próxima Matéria
Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+