7 emojis que mais causaram polêmicas na história

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      09/04/18 às 19h47

Muitas pessoas preferem enviar um famoso "emoji" ao invés de escrever uma mensagem. Essas figuras conseguem passar claramente algumas de nossas mensagens. Eles foram criados na década de 1990 por Shigetaka Kurita, no Japão. O termo "emoji" se dá pela junção de duas palavras, que são: "foto" e "personagem" em japonês, quer dizer "caráter de imagem".

Utilizamos essas imagens diariamente, seja no final de uma frase ou para representá-la, sem precisar de palavras. Fora do Japão, o emoji era pouco conhecido até o ano de 2007, quando a Apple colocou os símbolos no primeiro modelo do iPhone. A empresa usou a tática para atrair ainda mais os japoneses e acabou tornando-se um fenômeno entre os consumidores gerais.

Porém, nem todos têm a aceitação de forma positiva e alguns já causaram bastante polêmica em certos grupos. Pensando sobre isso, nós da Fatos Desconhecidos resolvemos trazer alguns exemplos para vocês. Listamos 7 emojis que mais causaram polêmicas.

1 - Emojis de rosto amarelo

Há algum tempo, os emojis passaram a ter mais características sociais, como as cores deles. Os usuários podem selecionar diferentes tonalidades de pele para os que representam um ser humano. No entanto, o de cor amarela causou polêmica porque muitas pessoas supõem que seja uma representação dos asiáticos. A Apple já deixou claro que o amarelo permaneceu porque é a cor popular do emoji sorridente, que desde sempre foi dessa cor.

2 - Berinjela

O emoji de berinjela foi criado para representar, de forma inocente, o vegetal. Porém, ele é muito utilizado como representação do pênis. Algumas empresas, como a Durex, utilizam o emoji para anunciar uma nova linha e preservativos e até já foi criado um vibrador parecido com o legume. O emoji tornou-se o centro de uma controvérsia no ano de 2015. Isso porque foi banido do Instagram. Começou em 2014, quando alguns usuários começaram a adicionar fotos questionáveis de suas "berinjelas", acompanhada do emoji.

3 - O "cocô" mau humorado

Nós temos o emoji do cocô sorridente, que muitos utilizam. Esse quase conseguiu um parceiro: o cocô mau humorado. Aparentemente, ninguém queria uma série desses emojis com sobrancelhas diferentes. Essa versão carrancuda foi proposta em 2017 e algumas pessoas acharam legal, mas outras recusaram instantaneamente. Eles acreditam que a criação de um outro desencadeará uma série para criar vários outros e não é isso que querem.

4 - O emoji de hambúrguer do Google

O Google aprendeu a seriedade das suas imagens a partir desse emoji do hambúrguer. Os responsáveis pela criação colocaram o queijo em um posicionamento "incorreto", ou seja, encostado no pão inferior. O "erro" foi notado e compartilhado pelo analista de mídia social Thomas Baekdal. Ele comparou o do Google com o da Apple, onde o queijo ficava em cima do hambúrguer de carne. A publicação foi retweetada 17.000 vezes. A maioria das pessoas alegava que o queijo deveria estar por cima da carne. Como resposta, Sundar Pichai, CEO do Google afirmou que eles consertariam em breve esse "erro".

5 - Lagosta

Em 2018, o Unicode Consortium lançou 157 amostras de emojis que chegariam aos dispositivos em breve. No entanto, o da lagosta chamou a atenção de muitas pessoas. Primeiro, sua cauda parecia estar deformada. Em segundo lugar, as pessoas notaram que a lagosta possuía 8 pernas ao invés de 10. A empresa responsável pela criação de emojis explicou que era apenas uma amostra e que as duas pernas seriam adicionadas.

6 - Emoji da cadeira de rodas

O símbolo da cadeira de rodas é utilizado desde 1968, quando foi projetado por Susanne Koefoed. O desenho tinha uma pessoa sentada em uma cadeira. Outro símbolo surgiu apresentando uma pessoa sentada em uma cadeira e se portando como se estivesse em movimento. Foi introduzido no iOS. O símbolo foi banido pelo governo federal dos Estados Unidos, rejeitado pela Organização Internacional para Padronização e rotulado como discriminatório. Algumas pessoas gostaram por mostrar uma atividade, mas a maioria recusou o símbolo.

7 - LGBTs

Os emojis LGBT causaram muita polêmica nos países onde o casamento entre pessoas do mesmo sexo é ilegal. A Apple já se viu sob investigações na Rússia por suspeitas de promover propagandas gays. As figuras homossexuais pareciam entrar em conflito com o país e suas leis, que proíbem as imagens LGBT. Com o processo russo, se a Apple for considerada culpada, deverá pagar uma multa de 1 milhão de rublos (US$ 15.000). Outro país que lidou de forma negativa foi a Indonésia. O governo ordenou que todos os aplicativos de mensagens operando no país removessem esse tipo de emoji.

E aí, o que você achou dessa lista? Sabia de todas essas polêmicas? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos essa matéria. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+