• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 erros que você não percebeu em Grey's Anatomy

POR Gabi Noronha    EM Séries e Sagas      29/08/18 às 18h02

Grey´s Anatomy é um drama médico que procura levar o tema escolhido à sério. Mas isso não impede que, vez ou outra, aconteçam situações dignas de ficção. Algo que, sinceramente, pode ser perdoado. Manter uma série no ar por 14 anos, com mais de vinte episódios por temporada, muitas vezes requer medidas extremas. Sendo assim, o programa apresentou os mais diferentes tipos de situação ao público. Boa parte delas envolveram quantidades desnecessárias de lágrimas, mas que, por fim, todo fã se acostumou.

Grey´s Anatomy ganhou o status de um dos melhores dramas médicos da história da televisão americana. Não apenas por mostrar o dia a dia dos profissionais no hospital Seattle Grace, como também por explorar os personagens. A médica Meredith Grey (Ellen Pompeo) é a protagonista desde o início, mas sua história não foi a única contada. Em meio aos altos e baixos da série, separamos algumas inconsistências que, apesar de não ferirem o conjunto da obra, podem incomodar de vez em quando.

1 - A morte de Denny

O tempo de Denny Duquette em Seattle Grace foi bastante sofrido. Todo mundo torcia para que ele conseguisse sobreviver ao fraco coração, literalmente, e pudesse aproveitar sua vida. Contudo, apesar de todos os esforços da equipe médica, Denny faleceu ao som de Chasing Cars, da banda Snow Patrol. O que levou boa parte dos espectadores às lágrimas. O médico Richard Webber anuncia o momento da morte sendo às 7h42 da noite. Porém, seu relógio marca outro tempo, 6h30 da noite. É um erro simples e totalmente perdoável, mas que ainda atraiu olhos curiosos de muitos fãs.

2 - A bolsa estourada da Dra. Bailey

Em programas de televisão e filmes, quando a bolsa de qualquer mulher grávida estoura, a cena costuma vir acompanhada do som da água batendo no chão seguida de uma grande poça. Normalmente, a situação fica mais cômica do que deveria. Contudo, Grey"s Anatomy é um programa mais maduro do que muitos outros. Portanto, quando Dra. Bailey entrou em trabalho de parto, ela permaneceu calma enquanto era encaminhada para dar à luz. O problema, porém, é que a personagem aparece de calça jeans durante a situação. A roupa, facilmente marcada, aparece seca após o rompimento de sua bolsa. Ou seu tecido vem de alguns anos do futuro, ou temos um erro de continuidade ali!

3 - O erro no procedimento CPR de Derek

CPR é a sigla inglesa para Cardiopulmonary Resuscitation, em português, Reanimação Cardiorrespiratória, ou RCR. A grosso modo, é um conjunto de procedimentos usados para devolver a oxigenação aos órgãos do corpo quando a circulação do sangue é interrompida. De forma mais simples ainda, é a famosa técnica usada quando a pessoa para de respirar e alguém precisa fazer massagem cardíaca e soprar dentro da boca dela para tentar reanimá-la.

Na segunda temporada, depois de fazer um resgate, Meredith cai na água e passa um bom tempo ali. Derek consegue resgatá-la já com um pé na cova. Dentro da ambulância, ele começa os procedimentos de CPR, porém, ele esqueceu como estes funcionam. De acordo com o conjunto de normas médicas, Derek deveria aplicar trinta compressões torácicas para cada duas sopradas. Ao invés disso, ele administra apenas cinco compressões no intervalo de somente uma respiração. Talvez por estar lidando com a pessoa que ama ele tenha entrado em pânico. Uma atitude que, na vida real, poderia ter custado a vida de Meredith.

4 - Sol da meia-noite na Islândia?!

O equívoco aqui é mais geográfico que médico, mesmo assim, não deixa de ser um deslize. Normalmente, os médicos tendem a conversar com seus pacientes a fim de deixá-los mais confortáveis durante sua indesejável estadia no hospital. Em determinado caso de Grey´s Anatomy, certa paciente revela seu desejo de ver o sol da meia-noite na Islândia. Neste fenômeno natural, o sol fica visível durante toda à noite. Ele é muito comum em áreas ao norte do Círculo Polar. E adivinha qual país não está localizado nessa região?! Ela mesma, a Islândia, pois encontra-se ao sul. Caso realmente deseje presenciar o fenômeno, o mais recomendável seria ter citado o Alasca ou a Noruega.

5 - Médicos e joias durante as cirurgias

Nenhum cuidado é demais ao lidar com outro ser vivo. Por isso, é extremamente proibido médicos usarem qualquer tipo de acessório durante cirurgias. Não apenas pelo perigo de cair dentro da pessoa, mas também pelo risco de infecções e bactérias. Tal protocolo de segurança parece ter ficado de fora das normas do Seattle Grace. Em vários momentos ao longo da série, podemos perceber médicos usando brincos enquanto realizam cirurgias.

6 - O fígado de Meredith

Então, recado importante para quem curte tomar aquela cervejinha e afins: cuide muito bem do fígado! E claro, beba bastante água. Entre as diversas funções do órgão, está a filtragem de substâncias químicas do sangue antes de ser transportado para o resto do corpo. Ou seja, antes do álcool entrar por definitivo no organismo, ele filtrado pelo fígado. Ele também é o único órgão do corpo humano capaz de regenerar até 75% de seus tecidos.

Graças a isso, Meredith Grey foi capaz de doar parte dele ao seu pai na sexta temporada. Ato nobre, bonito e corajoso. Assim, mais do que ninguém, ela deveria saber que seu tempo de Tequila havia chegado ao fim. A suspensão do álcool, contudo, dura apenas alguns episódios. Meridith segue sua vida de "drinkeira" como se nada tivesse acontecido.

7 - Ninguém perde a licença médica

Médicos passam anos e anos estudando antes de se oficializarem como profissionais efetivos. São anos na faculdade e depois mais alguns na residência. Eles são orientados por médicos mais experientes, os quais ensinam seus alunos a lidar com inúmeras situações. Por isso, no começo, eles assumem casos bem menores. Uma gripe aqui, uma infecção ali e acompanham seus mentores em cenários mais graves até estarem aptos a assumirem o risco pela vida em suas mãos.

Todo esse ciclo é realizado com a intenção de ter taxas mínimas de acidentes e erros dentro da área. O problema é que esses números são bem altos no Seattle Grace. Ao longo de mais de uma década de história, não faltaram falhas médicas, alguns casos, cometidos pela mesma pessoa. E o mais impressionante nisso é que nenhum deles teve a licença médica cassada.

Próxima Matéria
Via   SR  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+