Curiosidades

7 experiências clássicas que a geração Z não vai ter

0

Com certeza, você vê a diferença de pensamentos, posicionamento, entendimento de mundo e vários outros aspectos de geração para geração e elas são muitas. Geração X, Z, millennials e outras tantas denominações para pessoas que nasceram em determinadas épocas da nossa história.

A divisão de gerações pode parecer uma coisa boba, mas entender como as pessoas de cada época ou de uma faixa etária se comportam é bastante importante para várias áreas. E também mostra a mudança de pensamento com o tempo.

Os jovens de hoje em dia tem, literalmente, o mudo todo no alcance das mãos. Por conta disso, eles nunca vão ter ideia de como era viver em uma época que não era digital. A tecnologia mudou totalmente a forma como nós vivemos. E isso quer dizer que a geração Z, pessoas nascidas entre 1997 e 2012, não vão ter alguns costumes que outras gerações anteriores tiveram. Mostramos aqui algumas dessas experiências que as pessoas da geração Z provavelmente não terão.

1 – Pogobol

Esse brinquedo foi uma verdadeira sensação nos anos 1990. Ele era o sonho de consumo de praticamente todas as crianças da época. A ideia era quicar no chão colocando o peso do seu corpo em cima dessa bola. Claro que os vários tombos eram inevitáveis. Era muito divertido, mas a moda já passou.

2 – Walkman

O walkman foi o ícone de uma geração. A geração Z nunca vai entender como era a sensação de a única forma de escutar música do seu artista preferido era colocando uma fita K-7 nesse aparelho enquanto andava por aí.

3 – Desenhos sábado de manhã

A televisão já está ficando meio de lado, ainda mais a TV aberta. E uma sensação que a geração Z nunca vai ter é a de acordar cedo no sábado de manhã para ver desenhos nos canais da TV aberta. Hoje em dia, quase ninguém faz isso, Primeiro porque os desenhos quase não são mais exibidos e segundo porque com as plataformas de streaming as crianças podem ver seus desenhos a qualquer hora e sem propagandas no meio.

4 – Alugar filmes

Muita gente da geração Z nem ao menos sabe o que é uma locadora. Mas não muito tempo atrás, as locadoras de filmes era onde as pessoas iam para alugar os filmes que queriam ver. Mas esses estabelecimentos saíram de circulação com a chegada dos streamings.

5 – Lan house

A lan house era um ponto de encontro entre os jovens da geração passada. Mesmo que você tivesse um computador em casa, era mais legal ir mexer em um em uma lan house junto com seus amigos. Era bem comum que as pessoas gastassem toda sua mesada jogando com os amigos. E por mais que esses estabelecimentos ainda existam, a popularidade dele entre a geração Z não é tão grande quanto era.

6 – Memorizar números de telefone

Você pode nunca ter reparado, mas dê uma olhada que você vai perceber que a maioria dos adultos se lembra de decorar os números dos telefones fixos, ou celulares de amigos e familiares. Mas graças a vinda dos smartphones, ter que decorar o número de alguém é coisa do passado. Dificilmente alguém da geração Z sabe de cor o número de alguém.

7 – Fazer um cheque

As formas de pagar as coisas mudaram com o tempo também. Os aplicativos de banco facilitaram muito a vida e a transferência de dinheiro. O cheque já tinha caído em desuso na geração passada. Então, muito dificilmente alguém da geração Z saberá como preencher ou então pagará alguma coisa com cheque.

7 piores novelas brasileiras

Matéria anterior

7 casais reais que não viveram felizes para sempre

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Mais em Curiosidades

Você também pode gostar