• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 fatos chocantes sobre os cavaleiros medievais

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      05/09/18 às 16h39

O mundo já passou por diversos momentos marcantes que ficaram marcados na História. A humanidade viveu duas grandes Guerras Mundiais, outras batalhas mortais, a morte de grandes líderes, desastres naturais e, é claro, a existência dos cavaleiros medievais. Esses lutadores da Idade Média serão sempre lembrados de alguma forma, sejam como heróis ou pessoas comuns em busca de uma boa vida. Temos hoje diversos retratos sobre eles que acabaram sendo inclusos na cultura pop. No entanto, a história desses cavaleiros esconde muitos segredos que você provavelmente não sabe. Será que eles eram tão bonitos quanto Heath Ledger em "Coração de Cavaleiro"?

Pensando um pouco sobre isso, resolvemos trazer essa matéria para você, caro leitor. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e  listou alguns fatos chocantes sobre os cavaleiros medievais que você provavelmente não sabia. Se souber de algum outro que não listamos aqui, manda pra gente nos comentários aí embaixo. Aproveite para compartilhar essa lista com seus amigos e, sem mais delongas, confira conosco a seguir e surpreenda-se.

1 - Recompensa

Os melhores cavaleiros foram recompensados com terras. No entanto, mesmo após ganharem o "presente", deveriam jurar estar prontos sempre que o rei precisasse de alguém para lutar. Eles deveriam atender ao chamado imediatamente. Esse tipo de "dar" e "receber" entre reis e cavaleiros durou 700 anos e diversos governantes adotaram o costume.

2 - Os cavalos

Os cavalos usados pelos cavaleiros eram especiais. Eles eram de uma raça criada especialmente para batalhas. Eram maiores do que os demais e geralmente machos. Era quase impossível ver um desses animais de guerra andando por aí naquela época.

3 - Passagem de geração

Se um garoto nascesse filho de um cavaleiro, ele já seria considerado um deles. No entanto, não era somente assim que uma pessoa podia se tornar cavaleiro. Eles podiam ganhar o título após vencerem uma batalha nos campos de luta.

4 - Envolvimento da igreja

Como a igreja influenciava fortemente o reino e cavaleiros, eles podiam optar até mesmo sobre como as espadas deveriam ser moldadas. Alguns modelos contavam com uma cruz no cabo. Os lutadores usavam ainda outras armas, como lanças e maças.

5 - Cavaleiros Hospitalários

Esses cavaleiros tinham como missão defender peregrinos doentes e pobres durante as Cruzadas. Eles usavam uma cruz branca em suas vestes. Eles se mudaram para Malta e para a ilha de Rodes depois da batalha por Jerusalém.

6 - Cavaleiros russos

Pouco se cita, mas houve cavaleiros russos também. Alexander Nevsky, que viveu entre 1220 e 1263 era um deles. Nevsky era conhecido como Príncipe de Novgorod ou Grande Príncipe de Vladimir.

7 - Cavaleiras

Nem todas as mulheres da época precisavam de proteção. A história conta que algumas cavaleiras permaneceram no chão e lutaram ao lado dos homens. Condessa Petronella de Leicester e Nicolaa de la Haye foram duas delas. Petronella lutou ao lado do marido contra Henrique II, enquanto la Haye lutou ao lado de William Marshal contra os franceses.

E aí, o que você achou dessa lista? Sabia de todas essas coisas? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+