• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 histórias reais que provam que nunca devemos desistir

POR Cristyele Oliveira    EM Entretenimento      13/03/19 às 18h35

É normal a gente se sentir desmotivado depois de uma derrota, seja pessoal ou profissional. No entanto, não podemos ceder e aceitar o fracasso como rotina. A vida é bela, mas não é fácil, e sempre vão existir obstáculos pelo caminho, mas eles não podem ser motivo para nos fazer desistir de nossos sonhos e objetivos.

Às vezes, a vida pode nos tirar algo que consideramos insubstituível, e nesse caso, muitas pessoas podem desistir de continuar, enquanto outras se adaptam e conseguem tirar o melhor de situações difíceis, nos mostrando que sim, é possível. Hoje vamos compartilhar algumas histórias de pessoas reais que conseguiram superar as adversidades da vida e servirem como lições de vida para qualquer um, principalmente àqueles que se sentem desanimados.

1 - Nick Vujicic

Nicholas James Vujicic nasceu sem as pernas e os braços devido a uma síndrome rara. Ele enfrentou muitas dificuldades e privações ao longo da sua infância, mas isso não foi motivo para ele ficar deprimido. Hoje, Nick é evangelista, palestrante motivacional e diretor de uma grande empresa. Sua história é uma prova de que mesmo em situações difíceis, você pode encontrar uma solução e ser uma pessoa feliz. Mesmo com as suas limitações, Nick joga golfe, surfa, viaja pelo mundo e leva uma vida normal. Ele é casado e tem dois filhos. Quando ele é questionado na rua sobre o que aconteceu com ele, prontamente ele responde: "É por causa dos cigarros!".

2 - Bill Porter

Se você tem um objetivo na vida, você deve fazer o que for necessário para alcançá-lo, e nem mesmo uma doença pode ser um obstáculo. Pelo menos Bill Porter não deixou que uma paralisia cerebral o impedisse de trabalhar com vendas, como ele sempre sonhou. Ele não só alcançou o seu objetivo, como ainda se tornou um dos melhores vendedoras na América. Sua história e força de vontade serviram como inspiração para o filme "Door to Door".

3 - Evgeny Smirnov

O que poderia ser pior para um dançarino do que perder a habilidade de dançar? Depois de sofrer um acidente de trânsito e perder uma das pernas Evgeny Smirnov, um campeão russo de break dance, não se abateu, e não desistiu da sua profissão. Não foi fácil, até mesmo porque ele teve que aprender a dançar novamente, mas ainda assim ele conseguiu se adaptar à nova condição e continuou a dançar usando uma perna mecânica. A sua performance em um show de dança se tornou um grande exemplo, não apenas de superação, mas também de que sim, é possível dançar muito bem mesmo sem uma perna.

4 - Olesya Vladykina

Quem olha para a jovem Olesya Vladykina, não imagina tudo que ela já sofreu. Em um acidente na Tailândia, ela perdeu a mão esquerda, e também o seu melhor amigo. O acontecimento mudou a sua vida para sempre, mas ela não desistiu. Olesya tem apenas 20 anos e é nadadora. Após o acidente, ela continuou no esporte, e participou duas vezes dos Jogos Paralímpicos, conquistando o primeiro lugar e tendo estabelecido um recorde mundial. Ela se recusou a usar uma prótese, porque segundo ela, é muito desconfortável, e ela faz tudo perfeitamente apenas com a mão direita.

5 - Madeline Stuart

Madeline Stuart nasceu com Síndrome de Down, e o seu sonho era ser modelo de passarela. Em mundo onde o padrão de beleza exclui muitas pessoas, Madeline teve que lutar mais para alcançar o seu sonho e ela conseguiu. Não foi fácil, a menina começou a praticar esportes e perdeu 44 quilos, e tentou por muito tempo conseguir um trabalho em agências de modelos, que não compravam a imagem de uma garota com Síndrome de Down. Até que ela conseguiu o seu primeiro contrato com uma marca de roupas esportivas para mulheres de todas as formas e tamanho. Ela só precisava de uma primeira oportunidade, depois disso, a sua carreira como modelo deslanchou, e ela já apareceu nas principais semanas de moda do mundo, como Paris, Londres e Nova York.

6 - Ksenia Bezuglova

Há 11 anos atrás, Ksenia Bezuglova sofreu um grave acidente de carro que a impossibilitou de andar, e a prendeu em uma cadeira de rodas. Muitas pessoas em seu lugar poderiam desistir de tudo, mas não foi o caso de Ksenia, que decidiu fazer "milhões de coisas para inspirar as pessoas a nunca desistir", conta ela. Ksenia é mãe de duas filhas, e foi a vencedora do Miss Mundo para mulheres em cadeiras de rodas em 2013, desde então, ela vem trabalhando ativamente na promoção dos interesses de pessoas com deficiência. Ela aparece frequentemente em programas de TV e rádio, e viaja ao redor do mundo, e a cadeira de rodas nunca foi uma barreira para ela.

7 - Victoria Duval

Victoria Duval é uma tenista americana. Aos 18 anos ela foi diagnosticada como portadora do linfoma de Hodgkin, um câncer agressivo. A atleta recebeu a notícia logo após a primeira rodada de uma partida qualificatória, mas decidiu continuar jogando, porque segundo ela "estar na quadra me proporcionou muito conforto". Ela passou por um longo tratamento e conseguiu superar a doença. Ao se recuperar, ela continuou o seu treinamento e já se apresentou com sucesso em um dos maiores torneios de tênis do Grand Slam. Ela é realmente uma vencedora, tanto no esporte, quanto na vida.

E você, o que achou dessas histórias de superação? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos que estão precisando de uma motivação extra.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+