• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 livros de fantasia que poderiam se tornar séries tão boas quanto Game of Thrones

POR Gabi Noronha    EM Séries e Sagas      26/03/19 às 15h21

Tanto na literatura quanto no cinema, a fantasia sempre foi um gênero bastante querido, Embora muitas vezes marginalizado. No entanto, estamos em uma época na qual histórias do tipo são mais procuradas do que nunca. Existem dezenas de séries de livros publicados todos os anos com mundos, personagens e tramas incríveis.

Enquanto sempre existiram programas de televisão do gênero, foi com Game of Thrones que a fantasia passou a ter um pouco mais de atenção. Mudou até mesmo a história do Emmy Awards. Depois de dominar esta área seis anos, o fim da série já despertou interesse de outras emissoras e serviços de streaming, e todos querem repetir o sucesso da série de George R. R. Martin. Não por acaso, teremos uma série do O Senhor dos Anéis pela Amazon Prime Video e outra baseada nos livros de The Witcher, pela Netflix.

Sendo assim, por que não sonhar com mais? Abaixo, reunimos alguns livros de fantasia que poderiam se tornar séries tão boas quanto Game of Thrones. Confira!

1 - Six of Crows: Sengue e Mentiras (Leigh Bardugo)

Sangue e Mentiras é o primeiro livro da duologia Six of Crows. A trama é ambientada na fictícia cidade de Ketterdam, lugar bastante inspirado na Amsterdã da nossa realidade. A história é baseada no período medieval do país, com um sistema mágico único e narrado em terceira pessoa.

A história acompanha seis pessoas que precisam trabalhar juntas para salvar o mundo. Liderados por Kaz Brekker, dono do Clube do Corvo, a equipe é formada por um especialista em cada área necessária e cada um com um passado complicado. Assim, o grupo é comporto por uma espiã, um fugitivo perito em explosivos, um atirador, um prisioneiro e uma grisha sangradora. Eles precisam sobreviver à própria convivência a fim de completar o trabalho.

No Brasil, o livro é publicado pela editora Gutenberg.

2 - A Companhia Negra (Glen Cook)

Um casal de feiticeiros, conhecidos como Dominador e Dama, governaram o mundo por muito tempo com mão de ferro e um exército de condenados ao seu dispor. Mas o reinado do casal foi interrompido pela misteriosa figura chamada Rosa Branca. Ela liderou um grupo de rebeldes e conseguiu aprisionar os dois. Dominador e Dama, então, foram colocados em um sono profundo.

Após anos inconsciente, o casal desperta pronto para retomar seus poderes. Na formação de suas novas forças armadas, eles contratam o serviço da Companhia Negra. Outrora grandes mercenários, eles foram reduzidos a um grupo de homens desesperados por trabalho. Contudo, ao aceitarem a oferta, questionam se realmente estão do lado certo da história. Em especial depois de ouvirem boatos sobre uma criança que, supostamente, seria a reencarnação da Rosa Branca.

No Brasil, o livro é comercializado pela editora Record.

3 - O Nome do Vento (Patrick Rothfuss)

A trama gira em torno de Kvothe, dono da hospedaria Marco do Percurso. Após salvar a vida de um cronista, o mesmo se oferece para escrever sua biografia. Kvothe, então, pede ao escritor três dias para lhe contar "nada além da verdade". O primeiro livro se refere ao primeiro deles.

A partir daí, o leitor é levado de volta à juventude de Kvothe, integrante da trupe Edema Ruh. Já nessa época ele se envolve com um misterioso grupo conhecido como Chandriano, no qual Kvothe fica obcecado. Boa parte da história se passa em uma universidade, e no crescimento do protagonista como herói, e também como vilão.

O livro é pulicado pela editora Arqueiro.

4 - Trono de Vidro (Sarah J. Maas)

Embora tenha apenas 18 anos de idade, Celaena é a melhor assassina de Adarlan. No entanto, ela cumpre uma pena nas sombrias e sujas minas de sal de Endovier. Já fraca e quase sem esperanças de sair dali, a jovem recebe uma proposta tentadora. Caso ela aceite representar o príncipe de Adarlan em uma competição, Celaena receberá sua liberdade de volta. Assim, ela passa a lutar contra os mais habilidosos assassinos do reino. Cada duelo vencido, é um passo mais próximo da liberdade.

O livro é comercializado pela editora Galera.

5 - Mistborn (Brandon Sanderson)

A premissa dessa série de livros é baseada na simples pergunta: o que acontece caso o herói profetizado falhe? Esse pesadelo acontece logo no início, quando um jovem desafia a escuridão da Terra e fracassa na missão. Por consequência, o mundo é tomado por brumas e cinzas há mais de mil anos. Governado pelo imortal Senhor Soberano, a sociedade passou a ser dividida entre os nobres e a classe inferior chamada skaa.

Kelsier é um jovem ladrão e única pessoa a conseguir escapar da prisão do Senhor Soberano. Ele descobre um misterioso e proibido poder mágico. Cheio de si, ele pretende invadir a fortaleza do imperador para destruí-lo. Para tanto, ele contará com a ajuda de mais algumas pessoas a seu lado.

No Brasil, o livro é publicado pela editora Leya.

6 - A Rainha Vermelha (Victoria Aveyard)

O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses. Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real.

Ali, em frente ao rei e à toda a nobreza, ela descobre que tem um poder misterioso. Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho? Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.

O livro é comercializado pela Editora Seguinte.

7 - O Livro Malazano dos Caídos (Steven Erikson)

Ganoes Paran decidiu trocar os privilégios da nobreza malazana por uma vida a serviço do exército imperial. O que o jovem capitão não sabia, porém, era que seu destino acabaria entrelaçado aos desígnios dos deuses, e que ele seria praticamente arremessado ao centro de um dos maiores conflitos que o Império Malazano já tinha visto. Paran é enviado à Darujhistan, a última entre as Cidades Livres de Genabackis, onde deve assumir o comando dos Queimadores de Pontes, um lendário esquadrão de elite.

O local ainda resiste à ocupação malazana e é a joia cobiçada pela imperatriz Laseen, que não está disposta a estancar o derramamento de sangue enquanto não o conquistar. Porém, em pouco tempo, fica claro que essa não será uma campanha militar comum: na Cidade do Fogo Azul não está em jogo apenas o futuro do Império Malazano, mas estão envolvidos também deuses ancestrais, criaturas das sombras e uma magia de poder inimaginável.

A série de livros apresenta um universo complexo de cenários estonteantes e ações vertiginosas que mostram porque esta é considerada uma das maiores sagas épicas.

No Brasil, a série é publicada pela editora Arqueiro.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+