7 objetos estranhos que você não sabia que estavam em nosso sistema solar

POR Diogo Quiareli    EM Ciência e Tecnologia      16/03/18 às 13h20

O nosso Sistema Solar é imenso e o espaço no qual vivemos pode esconder diversos segredos que jamais imaginamos. Quando crianças, ainda nos primeiros anos escolares, aprendemos que o sistema é formado pelo Sol, a Lua e nove planetas (agora 8, desde que Plutão foi rebaixado para planeta anão). Porém, existem muitas coisas orbitando na nossa imensa galáxia que podem nos deixar surpresos, justamente por nunca termos ouvido falar. Vários outros planetas, luas diferentes da que conhecemos aqui na terra e até um anel extra de Saturno.

Pensando um pouco sobre isso, nós da redação da Fatos Desconhecidos resolvemos trazer essa matéria. Buscamos e listamos para você, caro leitor, alguns exemplos de objetos estranhos que você não sabia que estavam em nosso Sistema Solar. Se você tem algum amigo que gosta desse assunto, compartilhe a matéria com ele desde já. Agora, sem mais delongas, confira com a gente e surpreenda-se com todos os itens listados abaixo.

1 - Orcus E Vanth

Todos nós aprendemos, na escola ainda, quem é Plutão. O planeta ganhou ainda mais destaque após ser rebaixado para planeta anão, em 2006. Mas você já ouviu falar no termo "anti-Plutão"? Pois bem, 90482 Orcus é um objeto do cinturão de Kuiper com o período orbital, inclinação e distância do Sol que Plutão. Não são apenas suas órbitas quase idênticas. Como ambos possuem luas que são muito grandes comparadas a eles. A lua de Plutão, chamada Caronte, é a metade do tamanho do planeta. Vanth, a lua de Orcus, foi estimada em um terço do tamanho desse planeta. O nome "Orcus" foi escolhido porque equivale a etrusco para o romano "Pluto". A superfície desse planeta é coberta com gelo de água cristalina e, possivelmente, amônia congelada.

2 - 90 Antíope

O nome "90 Antíope" quer dizer que esse foi o 90° asteroide descoberto. Esse objeto está orbitando dentro do cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter e é um sistema binário (também conhecido como asteroide duplo). Quando descoberto, ele foi deixado de lado a princípio, pois acreditavam que ele não era diferente dos demais pequenos objetos que orbita dentro do cinturão. No entanto, em 2000, o telescópio terrestre "Keck II" observou que a grande mancha singular vista pelos demais telescópios era, na verdade, dois corpos menores que orbitam lado a lado. Cada um possui aproximadamente 86km de diâmetro e seus centros são separados por uma distância de 171km.

3 - Hexágono de Saturno

Todos nós sabemos que Saturno é um planeta com um anel em volta. Porém, você já ouviu falar sobre os seus padrões de nuvens? No início da década de 1980, a missão Veyager fez uma descoberta surpreendente, confirmada por outra visita da sonda Cassini. Abrangendo todo o pólo norte de Saturno, está uma tempestade hexagonal gigante com os lados mais longos que o diâmetro da Terra.

Essa tempestade já dura por mais de 30 anos. O hexágono é chamado de Spookily. Ele não se move com o resto das nuvens do planeta. Esse fenômeno não pode ser totalmente explicado, mas os cientistas têm diversas ideias que ajudar a explicar o que está acontecendo. Experimentos feitos em laboratórios mostraram que em um fluído que o centro está girando mais rápido que os lados exteriores, assim começando a turbulência nas bordas. Os ventos do hexágono foram cronometrados em 322 quilômetros por hora.

4 - Haumea

Antes de ser nomeado oficial, o 136.108 Haumea era chamado de "Papai Noel". Isso porque ele foi descoberto no dia 28 de dezembro e 2004. Esse apelido caiu bem, pois Haumea é um planeta anão único e "talentoso". Os cientistas encontraram problemas no início para fazer as medições de Haumea por causa de sua rotação extremamente rápida. Inclusive, ela é mais rápida do que qualquer rotação de outro corpo conhecido no Sistema Solar. Um dia no planeta tem aproximadamente 3 horas de duração. Sua composição é diferente de qualquer outro planeta, já que é feita por gelo e rocha.

5 - Pan E Atlas

Estas duas luas de Saturno são as que estão mais próximas de sua casa-mãe. O que tornam esses astros especiais é o fato de que parecem ter copiado os anéis de Saturno, assumindo uma forma curiosa. Pan, que é conhecida como "a lua pastora", tem o nome em homenagem ao Deus dos pastores, enquanto Atlas tem o nome em homenagem a Titan, que "segurou o céu nos ombros", uma vez que suporta os anéis de Saturno. Atlas tem apenas 19 km de pólo a pólo e 46 km em toda sua cintura.

6 - 2008 KV42

Esse cometa foi, na verdade, apelidado de "Drac", uma homenagem ao Conde Drácula. Drac foi o primeiro objeto trans-netuniano descoberto orbitando em torno do sol na direção contrária dos demais corpos do Sistema Solar. Porém, ele faz isso de forma lenta e pode demorar 306 anos para completar uma volta. Apesar de dar uma volta em torno do maior astro, ele nunca fica mais perto do que cerca de 20 vezes a distância entre o Sol e o planeta Terra.

7 - O anel extra de Saturno

O planeta conhecido por seu sistema de anéis desde muito tempo, recentemente mostrou algo novo. Foi descoberto o quão longe esses anéis podem se estender pelo espaço. Em 2009, descobriu-se um enorme anel que corresponde à banda mais distante entre o planeta. Esse anel está inclinado a 27 graus a partir dos anéis principais e começa a uma distância de cerca de 128 vezes o raio do planeta, podendo se estender a até 207 vezes o seu raio espaço a dentro.

E aí, o que você achou dessa lista? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos.

Via   Listverse  
Diogo Quiareli
Diogo Quiareli, 23 anos, Gay, Publicitário, Goiano, Geminiano e Infinito. Uma pessoa extremamente apaixonada pelo universo musical e amante do e-sport. Fiel a memória de RBD e Glee, além de alimentar diariamente a paixão por Katy Perry, Florence and The Machine e 30 Seconds to Mars.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+