Broly apareceu pela primeira vez em 1993, no filme Eleve seu Espírito ao Máximo! A Perigosa Batalha Sangrenta. Ele chegou a ter uma trilogia, porém, não era reconhecido como parte do cânone da franquia. Na época, o projeto não tinha o envolvimento de Akira Toriyama. Entretanto, o personagem cresceu no gosto dos fãs e se tornou bastante popular - especialmente nos games. Sendo assim, aproveitaram sua fama para trazê-lo de volta em Dragon Ball Super.

Desta vez, contudo, Toriyama está no meio da produção. Assim, o autor resolveu reformular o personagem à sua maneira e utilizá-lo como principal antagonista no último longa metragem da franquia, intitulado Dragon Ball Super: Broly. Devido ao atual envolvimento de Akira Toriyama, o personagem sofreu certas alterações, não apenas no físico, como também na personalidade e histórico. Com isso em mente, separamos algumas dessas mudanças para comentar.

1 – Origem

O Broly dos anos 1990 tinha a mesma idade que Goku. Inclusive, quando bebê, ele foi até colocado em uma cápsula ao lado de Kakaroto, onde começou sua obsessão com o outro Saiyajin. Já na versão de Dragon Ball Super, Broly foi colocado em outro tipo de cápsula. Uma dedicada às gestações de elite. Mesmo com essa pequena alteração, em qualquer das duas versões, o personagem possui poderes sem medida.

2 – Infância

Publicidade
continue a leitura

Em Dragon Ball Super, o público descobre que Broly passou sua infância no planeta chamado Vampa. O ambiente do lugar era hostil e impiedoso mas, mesmo assim, Broly viveu anos ali com seu pai. Por outro lado, na versão da década de 1990, ele vivia de forma um tanto quanto menos cruel. No entanto, ainda era submisso às vontades do pai. De todos os jeitos, a criação de Broly impacta a pessoa na qual ele se tornou. Em Super, sua personalidade está mais inocente e boçal, enquanto em Dragon Ball Z, ele desenvolveu mais o lado da psicopatia.

3 – Poderes

Na década de 1990, Broly era um dos Lendários Super Saiyajins, aqueles que aparecem a cada mil anos com a capacidade única de se transformar e elevar seus poderes. Os poderes dele em Dragon Ball Z se assemelhavam ao nível de um Super Saiyajin 2. Ou seja, ele já era forte, mas nem se compara ao que se tornou. Agora, os poderes de Broly emanam do Oozaru, o macaco gigante em forma humanoide. Ao se transformar, apesar de perder o juízo, ele consegue manter a velocidade e ter poderes além da medida.

4 – Motivações

Publicidade
continue a leitura

O Broly das antigas era movido apenas por uma coisa: Kakaroto! A razão de sua existência era Goku. Ele entrava em estado de ira só de ouvir o nome. Não havia nenhum outro motivo, nenhuma outra pessoa, nada. Tudo o que Broly desejava era encontrar e destruir Goku. Algo que foi modificado na versão de Dragon Ball Super. Agora, o personagem segue os puros e primários instintos dos Saiyajins. O pai de Broly o transformou numa máquina de combate para se vingar da família Vegeta. No entanto, em Super, ele não tem qualquer obsessão e, por isso, pode muito bem ser incorporado como um anti-herói, ao invés de ficar como vilão.

5 – Cabelo

O cabelo é uma das marcas mais memoráveis dos personagens da franquia. De forma geral, eles tendem a ser curtos, espetados e desgrenhados. Isso porque, quando se transformam em Super Saiyajin, o cabelo cresce e muda de cor. Broly agora tem cabelos um pouco maior e preto. Porém, a impressão de despenteado continua a mesma.

Publicidade
continue a leitura

6 – Design

Na reformulação, o personagem passa por alguns estágios, nos quais ele tem a cor da pele alterada, assim como a de seu cabelo. Ele ganhou mais quatro cicatrizes, uma no peitoral, outra no braço, no abdômen e no rosto. A roupa é basicamente a mesma. Pelo jeito, Broly não abre mão do traje que se assemelha a uma saia de suéter verde. Da mesma forma como o roxo parece ser sua segunda cor favorita.

7 – Forma

No geral, Broly está com uma aparência menos bruta. As mudanças não se limitaram apenas ao físico. O personagem recebeu mais contexto histórico, sua personalidade ficou diferente e mesmo sua participação dentro do universo de Dragon Ball, teve melhoras. Afinal, nem todos têm seu nome em filmes da franquia. Apesar de, bem lá no fundo, o novo Broly lembrar um pouco o Yamcha, muitas mudanças foram positivas.

Publicado em: 15/01/19 15h20