Entretenimento

7 tipos de homens que você só conhece na boate

0

Ah, a boate! Lá é o lugar em que as pessoas se divertem, conhecem outras pessoas, bebem drinks para esquecer um pouco os problemas, dançam, se divertem, tiram várias fotos para as redes sociais e fazem o que estão a fim de fazer.

A boate promove baladas que podem nos ensinar muito. Você sabe o que pode descobrir, por exemplo, indo em uma balada gay? E com quem trabalha para o público de boate, como a Inês Brasil, por exemplo, você sabe quanto ela ganha fazendo mais de 20 shows por mês?

Essas respostas já mostramos para você, aqui no site da Fatos Desconhecidos. Mas a boate é um lugar de muita descoberta e aprendizado. Nela, aparecem vários perfis de pessoas diferentes, principalmente de homens.

Você sabe quais são os tipos de homens que nós podemos conhecer na boate? Nossa redação separou uma listinha para você mostrando cada um deles. Confira:

1 – O Xavequeiro

img_9946_junior

Esse tipo de homem não perde tempo mesmo. Se levou um fora aqui ou outro ali de alguém, está sempre tentando arranjar uma pessoa para poder curtir a noite, dar uns beijos e fechar o rolê com chave de ouro.

Às vezes, eles acertam no textinho da cantada, enquanto que em outras mandam mal para caramba. Sempre tem um xavequeiro na boate, é só reparar.

2 – O ostentador

rei-do-camarote-agressao-mulher

Sim, a boate também acolhe os homens que gostam de ostentar suas bebidas ou potencial financeiro e bancarem os “reis do camarote”. Sempre tem um ou outro em um camarote reservado ou bistrô rodeado de amigos com baldinhos de cerveja ou whisky com energético. Eles pedem bebidas caras e adoram chamar a atenção.

Quando você vir um champagne com uma espécie de sinalizador, pode saber que tem um homem que gosta de ostentar na boate.

3 – O contador de histórias

homens-tipicos-balada-5

Esse tipo de cara adora contar uma história para a galera. Não importa se verídica ou mentirosa, ele sempre tem um caso para contar e gosta que todo mundo preste atenção somente nele.

Os contadores de história falam para caramba, então é preciso um pouco de paciência para aguentar o que eles estão querendo te contar.

4 – Os viciados em redes sociais

aarobotron026-20140413-234337fusion-capital-disco

Com a chegada das redes sociais móveis, como o Instagram, Snapchat, WhatsApp, as pessoas estão cada vez mais registrando os seus momentos na balada.
Um vídeo no Snap, uma fotinha com alguém para postar no Instagram, um registro para galera do grupo do WhatsApp, os viciados em redes sociais estão sempre na boate tirando uma selfie, fazendo um vídeo no Snap e registrando o momento no Instagram.

5 – Os que estão sempre com o grupo de amigos

rei-do-camarote-agressao-mulher

Eles saem e voltam sempre em bando. Se você reparar um pouquinho, vai ver que até mesmo o estilo de se vestir é semelhante entre eles. Os homens que andam em bando geralmente são um dos que mais se acham na boate e buscam beijar o maior número de pessoas.

6 – Os que andam em dupla

jordane2

Enquanto uns agem em bando, outros preferem abordar as pessoas em duplas. Dois amigos se unem e saem para azarar e tentar algo com alguém analisando os grupos e, quando encontram, agem juntos.

Se caso um amigo é dispensado, o outro é brother e acaba encerrando também a tentativa de abordagem com a outra pessoa.

7 – O insuportável

casal-dancando-balada

Esse é um dos piores perfis de se encontrar na balada e é o que mais está presente nas boates. Se caso são rejeitados, eles não aceitam e ficam insistindo com a pessoa para que deem uma chance a eles.

Alguns até partem para agressão física puxando o cabelo ou até mesmo pegando pelo braço. Eles são conhecidos por serem inseguros e preconceituosos. Os insuportáveis também tem abordagens com as pessoas que costumam ser reprovadas, como chegar abraçando ou pegando em alguma parte do corpo.

Você conhece algum destes tipos de homem na boate? Já viu algum por aí? O que acha deles? Mande seu comentário para gente!

8 pratos deliciosos que podem ser feitos com restos de comida

Matéria anterior

10 coisas dos filmes americanos que todo mundo já quis ter uma dia

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos