• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 vezes em que coisas óbvias foram comprovadas pela ciência

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      07/03/19 às 18h19

A ciência é movida por questionamentos do porquê de as coisas serem como são e da busca por respostas que nos ajudem a compreender os fenômenos que acontecem ao nosso redor. Cientista por todo o mundo dedicam suas vidas a ajudar a humanidade a desvendar os enigmas da vida. Estudos são feitos sobre diversas áreas do conhecimento, e isso é ótimo.

Mesmo que existam inúmeras coisas que ainda não entendemos, algumas outras podemos acertar num palpite óbvio, pois são coisas que não necessariamente precisariam de um estudo aprofundando para compreender, basta a nossa experiência para descobrir. Aqui mesmo já listamos 7 pesquisas científicas extremamente complexas que ninguém pediu. E hoje vamos trazer algumas coisas tão óbvias, mas que ainda assim precisaram de estudos para serem oficialmente comprovadas. Confira.

1 - Gatos reconhecem a voz de seus donos e ignoram às vezes

Gatos são conhecidos por serem animais com poses superior, e que normalmente ignoram os seus donos. Até aí nenhuma novidade, mas um estudo recente da Universidade de Tóquio, comprovou-se que mesmo que um gato possa identificar a voz de seu dono, ele não faz questão de ouvir. Diferentemente dos cães que foram criados e domesticados por humanos, os gatos são tão independentes que se domesticaram sozinhos. Eles simplesmente não são "programados" para ouvir comandos.

2 - Fazer o dever de casa melhora as notas

Nick Rupp é um economista que resolveu fazer um experimento com sua classe. Para isso, ele dividiu a turma em dois grupos, um que teria que fazer atividades em casa, e o outro que não faria. E para a surpresa de ninguém, os alunos que levaram tarefas para casa obtiveram melhores resultados nas provas e maior taxa de aprendizado. Os professores de plantão ficaram animados com o resultado, que comprova que o dever de casa desempenha um papel importante na aprendizagem.

3 - Usar salto alto é doloroso

O uso de sapatos com saltos altos aumenta a sua altura e muda a sua postura, mas também inclina seus quadris e encurta o seu passo - sem contar que aperta os seus dedos - será que isso causa alguma dor? Alguns psicólogos evolucionistas associam o uso de salto alto com o desejo primordial das mulheres de competirem com seus parceiros. Independentemente do motivo, a ciência confirmou que os saltos altos são terríveis para a saúde. Um estudo do Institute for Aging Research surpreendentemente (ou não) descobriu que 64% das mulheres mais velhas que usavam regularmente sapatos que não davam apoio total ao pé, em algum momento da vida, se queixaram de dores no pé.

4 - Cereal é mais gostoso com leite

Pesquisadores da Pontifícia Universidade Católica do Chile surpreenderam com um estudo sobre cereais. Eles acrescentaram água aos flocos de milho, e descobriram que as interações intermoleculares na matriz do floco poderiam ser enfraquecidas pelo plastificante, levando à solubilização de alguns componentes e assim, a uma diminuição na integridade mecânica. Ok, mas o que isso significa? Simples, que a água torna o cereal encharcado, e que é o leite é a melhor opção. O teor de gordura do leite protege o cereal de sugar muito líquido, e o mantém crocante.

5 - Os homens encaram os peitos das mulheres

Em um artigo intitulado de "Meus olhos estão aqui em cima", Sarah Gervais, juntamente com sua equipe, usou tecnologia de rastreamento ocular para confirmar o que já suspeitamos há muito tempo: os homens gostam de olhar para os seios das mulheres. Durante o estudo, os homens participantes passaram mais tempo olhando o corpo de uma mulher do que necessariamente o seu rosto. E os seus olhos vagavam mais ainda se a mulher tivesse quadris largos, cintura fina e seis grandes.

6 - Comer muito leva ao ganho de peso

Entre a década de 1970 até os dias de hoje, o adulto médio nos Estados Unidos ganhou cerca de 19 quilos. Em uma pesquisa apresentada ao Congresso Europeu de Obesidade, em 2009, descobriu-se que o "ganho de peso da população americana tende a ser praticamente todo explicado pela ingestão de mais calorias", disse Boyd Swinburn, responsável pelo estudo. Não é à toa que quando se deseja perder peso, o primeiro passo seja aderir a uma dieta que diminua consideravelmente a quantidade de comida.

7 - As pessoas usam roupas de acordo com o clima

Pesquisadores da Itália e da Dinamarca publicaram, em 2007, um artigo onde analisaram as escolhas de roupas das pessoas conforme o clima e o ambiente interno. Não que pareça óbvio ou algo assim, mas os pesquisadores ficaram curiosos porque muitos funcionários vão trabalhar dentro de um veículo aquecido/resfriado e depois passam o dia em um ambiente com aquecimento ou resfriamento. Com o estudo, eles concluíram que "a temperatura ao ar livre às 6 da manhã parece afetar mais a escolha de roupas das pessoas", surpreendente, não é mesmo? Até porque em um dia em que a previsão do tempo mostra -1°C, não me parece lúcido escolher ir para o trabalho de chinelo, short e regata.

E você o que achou desses estudos? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+