• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 vezes que hackers invadiram transmissões ao vivo na TV

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      19/07/19 às 18h07

Quando pensamos em ataques de hackers, imediatamente, vem a nossa mente coisas como contas de e-mail, sites e servidores sendo invadidos. No entanto, a ação desses cibercriminosos já existiam muito antes da popularização da internet. E isso inclui as transmissões de televisão ao vivo.

Há algumas décadas, as transmissões de TV são alvos da ação de hackers no mundo todo. Tais ações ocorriam especialmente durante as décadas de 1970 e 1980. Diversos canais tiveram sua programação alterada, parcialmente ou totalmente, sendo seu conteúdo substituído por vídeos e mensagens enviadas pelos criminosos.

Pensando nisso, hoje, listamos algumas das vezes em que emissoras de TV foram vítimas do ataque de hackers e que vocês, provavelmente, não sabiam. Confira!

1 - Southern

Em novembro de 1977, o já extinto canal Southern, no Reino Unido, foi invadido por alguns poucos minutos. As pessoas, assistindo a transmissão do canal, conseguiam ainda ver o apresentador de um programa do canal, mas não conseguiam ouvi-lo. Sua voz foi substituída por alguém alegando ser um alienígena, chamado Vrillon.

Durante seis minutos, Vrillon advertiu os humanos a respeito de seu envolvimentos em guerras. Ele ordenou que todas as armas fossem destruídas e ordenou que os humanos vivessem em paz. Enquanto o suposto E.T. fazia seu discurso, os engenheiros do canal tentavam restabelecer o áudio novamente. O hacker que arquitetou a invasão nunca foi localizado.

2 - HBO

Em abril de 1986, um hacker invadiu os satélites de transmissão da HBO por cerca de quatro minutos e meio. A interferência ocorreu durante a transmissão do filme A Traição do Falcão (1985). O hacker, chamado Capitão da Meia-Noite, substituiu as imagens do filme por uma imagem fixa com os seguintes dizeres: "Boa Noite, HBO. Aqui é o Capitão Meia da Meia-Noite. $12,95 por mês? Sem chances! Hora do Filme / Cuidado canais de filmes".

Investigações posteriores descobriram que o hacker se tratava de John MacDougall, um engenheiro e vendedor de antenas parabólicas. O negócio de MacDougall e de muitos outros vendedores de antenas foi afetado por mudanças relacionadas às redes de canais por assinatura estadunidensea. O hacker foi preso e teve que pagar uma multa de 5 mil dólares devido à invasão.

3 - WGN e WTTW

Em 22 de novembro de 1987, um hacker invadiu a transmissão de um canal de Chicago, nos Estados Unidos, chamado WGN. Porém, isso não durou mais do que alguns poucos segundos, com os engenheiros do canal rapidamente recuperando seu sinal. Entretanto, ele não desistiu. Na mesma noite, ele invadiu o canal WTTW, também de Chicago.

O hacker substituiu a programação do canal por um vídeo de um homem com uma máscara estranha. Além de diversas coisas estranhas feitas por ele, uma mulher também é vista batendo em suas nádegas nuas usando um mata-moscas. O homem ainda teve tempo de fazer uma espécie de publicidade gratuita para a Pepsi, antes do sinal ser recuperado. Sua identidade nunca foi descoberta.

4 - Canais da Playboy e American Exxxtasy

Em setembro de 1987, um hacker invadiu as transmissões de dois canais adultos de TV a cabo, o American Exxxtasy e a Playboy TV. Por duas vezes no mesmo dia, ele invadiu o American Exxxtasy e uma vez entrou no canal da Playboy. Tudo isso para substituir a programação original dos canais por mensagens religiosas.

Descobriu-se mais tarde que o hacker, por trás das invasões, era Thomas M. Haynie, de 38 anos. Haynie havia trabalhado para um canal religioso e utilizou os equipamentos desse canal em suas ações. No entanto, as acusações de crime e contravenções envolvendo o hacker tiveram que ser retiradas por falta de provas.

5 - Al-Manar

Em 2006, hackers da Força de Defesa de Israel (FDI) invadiram a transmissão do canal Al-Manar, uma estação de televisão por satélite libanesa, afiliada ao Hezbollah. Os hackers substituíram a programação original por fotos do líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah. As fotos eram acompanhadas pela seguinte legenda: "Seu dia está chegando, chegando, chegando".

O hacker, posteriormente, exibiu algumas fotos de combatentes do Hezbollah mortos, acompanhadas de legendas misteriosas, que sugeriam que Nasrallah estaria mentindo em relação à Guerra do Líbano, em 2006. Muitos conflitos entre a FDI e o Hezbollah se seguiram após a invasão do canal.

6 - The Weather Channel

Em abril de 2019, um hacker invadiu o The Weather Channel, dos Estados Unidos. Aparentemente, a intenção do invasor era de apenas atrapalhar a programação do canal, mais do que causar danos de fato. O ataque durou cerca de uma hora e trinta e nove minutos. O canal, posteriormente, emitiu uma declaração informando que haviam sofrido "um ataque de software malicioso na rede".

7 - KRTV

O canal de TV estadunidense foi invadido em fevereiro de 2013. O canal KRTV, localizado em Montana, teve sua programação substituída por um aviso de que uma invasão zumbi estava ocorrendo na cidade. O hacker, em sua mensagem, alegava que os zumbis haviam saído de suas sepulturas e ocupado boa parte de Montana.

Investigações posteriores mostraram que o hacker havia tentado invadir outras estações de televisão. Porém, sem sucesso. A identidade do mesmo permanece desconhecida.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+