• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 vezes que memes colocaram pessoas em risco

POR Cristyele Oliveira    EM Entretenimento      18/03/19 às 16h56

Quando falamos em memes, só conseguimos associar com risadas, certo? Sim, mas nem sempre esse é o caso. Geralmente, memes são bem humorados, e essa é a ideia. Inclusive, se quiser saber qual meme brasileiro é você, já fizemos um quiz sobre isso, confira aqui. Aliás, aqui no Brasil, temos uma fábrica de memes, até porque não podemos negar a criatividade do brasileiro para o humor.

Hoje em dia, quem não morre de rir vendo memes nas redes sociais, não sabe o que está perdendo. Assim como os emojis que se tornaram uma linguagem online, os memes também são usados para se expressar na rede, através de imagens, vídeos e GIFs relacionados ao humor. Tem que estar atento para não perder as referências nas rodas de amigos.

Porém, nem tudo são sorrisos e nem sempre os memes acabam bem para todos os envolvidos. Em alguns casos, pessoas tiveram suas vidas arruinadas por um simples meme, seja criando ou apenas compartilhando-os. Hoje vamos listar aqui alguns casos que deixaram as pessoas envolvidas em sérios apuros.

1 - Meme comparando presidente da Turquia com personagem Gollum

Em 2015, um homem chamado Bilgin Ciftci enfrentou problemas judicias com o governo turco depois de compartilhar uma imagem comparando o presidente Recep Tayyip Erdogan com o Gollum, personagem da franquia O Senhor dos Anéis.

O meme continha quatro fotos de lado a lado, do presidente e do personagem onde apareciam fazendo expressões faciais semelhantes. Ciftci foi acusado de "denegrir publicamente" a imagem do presidente, e teria sido condenado a dois anos de prisão se tivesse sido considerado culpado.

O juiz responsável pelo caso, não foi capaz de decidir imediatamente por não ter assistido aos filmes e não pôde determinar se a imagem era um insulto. Ele nomeou alguns especialistas para analisar o meme. Por fim, os especialistas envolvidos divulgaram um comunicado para esclarecer que o meme não era um desacato, e Ciftci foi absolvido do caso.

2 - Meme religioso

Lidar com religião é um tema bastante complexo, e por vezes, pode ofender um grupo de pessoas. Associar memes e religião nem sempre é uma boa ideia, e Maria Motuznaya aprendeu isso da pior maneira. Em 2018, Maria, na época com 23 anos, teve o seu nome na lista de terroristas e extremistas do governo russo por ter compartilhado vários memes com temas religiosos que supostamente atacavam a igreja ortodoxa russa.

Em um dos memes que ela compartilhou, apareciam quatro freiras fumando cigarros, com a legenda: "Rápido, enquanto Deus não está olhando". Em outro, aparecem algumas crianças negras africanas segurando pratos vazios, e a legenda diz: "O humor negro é como comida, nem todo mundo tem".

Maria foi presa em maio depois de postar os memes em um site de mídia social russo, chamado VKontakte. Ela foi acusada de disseminar discursos de ódio e de ofender os sentimentos dos crentes religiosos. Se for considerada culpada, ela pode ser condenada a seis anos de prisão.

3 - Meme sobre atiradores

Em abril de 1999, Dylan Klebold, de 17 anos, e Erick Harris de 18 anos, entraram na Columbine High School, em Littleton, no Colorado, com armas. Os jovens mataram 13 pessoas e deixam mais 20 feridos antes de se suicidarem. O massacre foi um dos mais letais da história dos Estados Unidos na época.

Recentemente, em 2018, Jeffrey Nash, de 18 anos, foi preso depois de enviar um meme controverso a outros alunos da Muscle Shoals Career Academy, no Alabama. No meme compartilhando apareciam dois homens armados com a legenda "atiradores da escola de Columbine a caminho". Quando o diretor da escola ficou sabendo do meme, a escola foi fechada temporariamente. Jeffrey até tentou encobrir seus rastros e tentou fazer parecer com que um professor é quem tivesse enviado a imagem. Sem sucesso, já que ele foi rastreado através do seu endereço de IP.

4 - Meme com o cachorro do rei tailandês

Na Tailândia, existe uma lei chamada lesa-majestade, que considera o rei e sua família seres sagrados, incluindo o cão do rei. Insultar o rei ou a sua família é crime, e pode ter pena de até 60 anos de prisão.

Em 2015, um homem identificado como Thanakrn Siripaiboon foi preso por postar um meme zombando do cachorro do rei no Facebook. Ele foi acusado sob a lei lesa-majestade, e poderia ter sido condenado a 37 anos de prisão, porém foi concedido a fiança e ele foi solto após o pagamento, em março de 2016.

O conteúdo exato do meme não foi revelado, porque os jornais tailandeses não relataram nas notícias a respeito para evitar conflitos com a lei.

5 - Meme de vídeo íntimo

Em 2016, Tiziana Cantone, de 31 anos, cometeu suicídio depois de ter um vídeo íntimo vazado e transformado em meme. No vídeo original, Tiziana aparecia fazendo sexo oral no seu namorado, e o vídeo acabou vazando e apareceu em vários sites.

No começo do vídeo em que mostrava claramente o seu rosto, a mulher fala "Você está fazendo o vídeo? "timo", essa declaração acabou virando um meme, e logo viralizou nas redes sociais, e também a aparecer em roupas e outros itens.

Quando a sua identidade foi revelada, Tiziana se mudou de cidade, trocou de nome, e tomou medidas legais contra vários sites, incluindo o Facebook, Google e Yahoo, para que o vídeo fosse retirado da rede. Ela ganhou o processo contra o Facebook, mas o tribunal ordenou que ela pagasse as despesas dos custos legais ao site de rede social. Um ano depois que o vídeo vazou, Tiziana cometeu suicídio.

6 - Memes de Jesus

Outro caso de meme com religião que não terminou muito bem. Em 2017, Daniil Markin foi preso por postar vários memes na rede social russa VKontakte. A maioria dos memes tinha conteúdos religiosos e alguns deles até parodiavam Jesus.

Em um deles, aparecem três anjos com um bongo de maconha. Em outro, ainda mais controverso, aparece Jon Snow, personagem da série Game of Thrones, com a legenda "Jon Snow é ressuscitado! Realmente ele ressuscitou", clara referência a Jesus. Markin foi acusado de "incitar o ódio". A polícia ainda o classificou como terrorista e extremista.

7 - Meme do presidente chinês

O governo chinês não tolera insultos ao presidente Xi Jinping. Mesmo que os criadores de memes americanos e russos estejam fora do alcance de Jinping, o mesmo não acontece com os chineses. Dai Jianyong é um deles, o artista chinês teve sérios problemas com o governo chinês depois de um meme que comparava Jinping a um ânus. O artista foi preso em maio de 2015, acusado de criar "um distúrbio online". O crime tem pena de 5 anos de detenção.

E, aí, o que você achou desses memes? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com seus amigos sem medo. Garantimos que esse texto  não lhe trará nenhum problema judicial.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+