Entretenimento

A minissérie de ficção científica com apenas 8 episódios que vale cada segundo do seu tempo

0

Você já ouviu falar de Senhora Davis? Frequentemente, deixamos de assistir a uma série ou filme porque a capa não nos chamou a atenção, não é mesmo?

No entanto, ao fazer isso, podemos perder a oportunidade de descobrir algo realmente bom.

Talvez você tenha passado por isso ao ver “A Senhora Davis” no catálogo da Max, mas acredite, vale a pena dar uma chance!

“A Senhora Davis” é uma série diferente de qualquer outra que você já viu. Com apenas uma temporada, a produção mistura sci-fi, comédia e drama, e certamente vai te surpreender já no primeiro episódio.

Confira o enredo de A Senhora Davis

Via Youtube

Você consegue imaginar um futuro onde a tecnologia domina quase todo o mundo e a igreja católica é a força que luta contra isso? É difícil visualizar esse cenário caótico, não é? Mas é exatamente isso que veremos nesta série.

Situada em um futuro não muito distante do nosso, a trama mostra uma inteligência artificial chamada A Senhora Davis que praticamente controlou o mundo. Quem decide combater essa I.A. é a própria igreja católica.

No centro dessa batalha épica de proporções bíblicas está Simone, uma freira com habilidades incríveis, que é a única capaz de enfrentar A Senhora Davis. Junto com Wiley, seu ex-namorado excêntrico, eles embarcam em uma jornada para destruir essa tecnologia.

Veja quem faz parte do elenco

Dando vida à freira super-heroína, temos a atriz Betty Gilpin, conhecida por suas atuações em filmes e séries como “A Caçada” (2020), “Glow” (2017–2019), “A Guerra do Amanhã” (2021), “Juntos Para Sempre” (2019) e “O Grito” (2020).

“A Senhora Davis” também conta com Jake McDorman como Wiley. McDorman já atuou em “Shameless” (2011–2021), “Sniper Americano” (2014) e “Aquamarine” (2006).

O elenco principal também inclui Andy McQueen (“Books of Blood”, 2020), Chris Diamantopoulos (“Alerta Vermelho”, 2021), Mathilde Ollivier (“Operação Overlord”, 2018), Elizabeth Marvel (“House of Cards”, 2013–2018) e Tom Wlaschiha (“Game of Thrones”, 2011–2019).

Vale lembrar que a série está disponível na plataforma Max. Se você está em busca de algo diferente do que está acostumado a assistir, “A Senhora Davis” é uma ótima opção.

Via Amazon

Para quem gostou

E se você gostou de A Senhora Davis e está em busca de séries com temáticas e gêneros semelhantes, existem algumas recomendações para conferir:

Black Mirror

Essa famosa série de ficção científica, drama, suspense e outros subgêneros é uma recomendação perfeita para amantes de sci-fi.

Cada episódio é uma história independente que explora a relação entre a humanidade e a tecnologia, frequentemente com um olhar crítico sobre as consequências imprevistas do progresso tecnológico.

Assim como A Senhora Davis, Black Mirror oferece uma visão provocadora do futuro e dos impactos da tecnologia na sociedade, combinando elementos de sci-fi e drama.

Westworld

Situada em um parque temático futurista onde os visitantes interagem com androides em um ambiente de faroeste, a série explora temas de consciência artificial, livre arbítrio e a natureza da humanidade.

Além disso, Westworld também lida com inteligência artificial e conflitos épicos, similar à luta entre a igreja e a tecnologia em “A Senhora Davis”.

The Leftovers

Por fim, um drama sobrenatural traz referências atrativas para quem gostou de Senhora Davis.

Após o inexplicável desaparecimento de parte da população mundial, os que ficaram tentam entender e reconstruir suas vidas. A série foca nas questões emocionais e espirituais dos personagens.

Embora não seja focada em tecnologia, “The Leftovers” oferece uma narrativa envolvente com temas de fé, propósito e batalhas pessoais, elementos que também estão presentes em Senhora Davis. Por isso, vale a pena conferir para matar tempo ou se aventurar em narrativas diferenciadas que exploram o cerne humano.

 

Fonte: Master Dica

Imagens: Amazon, Youtube

Herdeira de mineiro que encontrou maior pepita de ouro do mundo conta que família tem vida normal: ‘não sou rica’

Artigo anterior

Pesquisadores encontram tesouro escondido em ‘naufrágio assustador’ de 2.000 anos

Próximo artigo