Curiosidades

Arqueólogos descobrem ovo de 1000 anos e o quebram acidentalmente

0

Arqueologia e ciência sempre andam juntas para descobrir nossas reais origens, como o mundo era antigamente, como era sua vegetação, como, porque e quando as espécies tiveram seu fim, entre outras coisas. E parece que sempre que se julga saber “com certeza” alguma coisa, uma nova descoberta aparece e muda tudo.

Desde que surgiu, o mundo passou por muitas coisas e diversas espécies deixaram de existir. E a seleção natural foi responsável pela criação de várias novas espécies. Ainda existem muitos segredos do passado, que não sabemos e esse é o motivo de tanta determinação por parte de cientistas e arqueólogos.

As descobertas arqueológicas parecem não acabar. E ao longo de nossa história, muitos profissionais realizaram inúmeras descobertas que mudaram a forma como vemos nossa própria existência. Até porque, existem várias coisas que ainda não sabemos sobre a nossa história. E cada nova descoberta é uma parte do passado que podemos conhecer com maior clareza.

Descoberta

Um achado recente de arqueólogos foi feito em Israel. Eles descobriram um ovo de galinha de mil anos na zona industrial de Yavneh, que é uma cidade no centro do país.

Esse ovo, surpreendentemente, ficou preservado no subsolo durante todos esses anos. Até que, de forma trágica, ele foi quebrado acidentalmente dentro de um laboratório onde estavam arqueólogos da Autoridade de Antiguidades de Israel.

A quebra desse ovo é uma perda científica. Mas ela também funciona como um exemplo poético de como a nossa conexão com o passado do planeta é frágil.

“Ficamos surpresos ao encontrá-lo. De vez em quando encontramos fragmentos de cascas de ovo, mas um ovo inteiro é extraordinário”, disse a arqueóloga Alla Nagorsky.

Quebraram

A estudiosa disse que esse acidente não teve muito efeito no seu valor arqueológico. Isso porque, parte da gema continuou na casca e está sendo testada para ver o seu DNA. Na realidade, Nagorsky disse que o ovo pode ter sido quebrado em algum momento para que eles pudessem então estudar o que tinha dentro dele.

E não foi apenas o ovo que foi encontrado na zona industrial de Yavneh. Outras descobertas foram feitas nessa região de escavação. Os arqueólogos também encontraram três bonecos de osso, típicos do século XI e uma lamparina a óleo.

O estilo dessa lamparina era bastante peculiar e remetia há cerca de mil anos. Isso fez com que os arqueólogos também chegassem a conclusão de que o ovo era dessa mesma época.

“Fragmentos de casca de ovo são conhecidos de períodos anteriores. Por exemplo, na cidade de David e em Cesareia e Apollonia. Mas, devido às cascas frágeis dos produtos, quase nenhum ovo de galinha inteiro foi preservado”, disse o principal especialista em avicultura da IAA, Lee Perry Gal.

Contudo, ovos bem mais antigos e mais robustos, como por exemplo os  de avestruz, foram encontrados com uma frequência maior. E alguns dos que foram descobertos datavam de, pelo menos, 60 mil anos atrás.

Mesmo que os arqueólogos tenham quebrado esse ovo de mil ano, eles ainda estão entusiasmados com essa descoberta que foi surpreendente.

NASA mostra vídeo 360° feito de Marte pelo rover Perseverance

Matéria anterior

Existe um método simples para diminuir o consumo de álcool, segundo cientistas

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Mais em Curiosidades

Você também pode gostar