Curiosidades

Artista planeja ficar isolado por cinco anos caso receba US$ 5 milhões

0

Cada um faz o que pode para chamar atenção, não é verdade? Cada um sabe a moda que inventa. Não, não estamos julgando. Estamos apenas retratando o fato de que inúmeros usuários, hoje, matutam e matutam para descobrir uma forma inovadora de criar um conteúdo viral em meio a Era Digital. Há um tempo atrás, por exemplo, falamos de um influencer que colocou implantes de mama apenas por conta de uma aposta que havia feito com o cunhado. Somente esse exemplo prova que não estamos falando potoca.

Mas para deixar registrado aqui que adoramos o fato das pessoas investirem tempo em coisas mirabolantes, vamos falar hoje de um artista americano que, desde o início de 2021, está recluso em uma sala, fazendo uma transmissão ao vivo de sua rotina. A transmissão, ininterrupta, é feita desde Los Angeles, e o americano planeja seguir com o projeto até o fim do ano se obtiver retorno financeiro.

A transmissão

Como dissemos logo no início da matéria, Tim C. Inzana, um artista de 34 anos, está trancado no ambiente desde o início do ano e, de acordo com uma reportagem publicada pelo portal de notícias Odditycentral, não planeja deixar o local tão cedo. O americano revelou ao portal que deseja passar pelo menos o ano de 2021 isolado para, em seguida, vender a transmissão, que é ao vivo, em uma moldura personalizada, tornando o projeto, assim, uma obra de arte irreverente e inovadora.

No momento, aqueles que querem embarcar de cabeça no projeto do artista podem conferi-lo na plataforma Twitch. Assistir a rotina do americano recluso é gratuito. Dependendo de como o projeto irá se desenvolver ao longo dos dias, o artista planeja começar a cobrar uma taxa. Caso as pessoas se mostrem interessadas em pagar uma determinada quantia, Izana pretende se manter isolado por 5 anos – o objetivo, nesse ínterim, seria arrecadar US$ 5 milhões. O cenário, obviamente, pode mudar. Segundo as informaçoes que foram disponibilizadas pelo portal Odditycentral, o americano pode ficar até 10 anos recluso caso alguém pague US$ 10 milhões pelo esforço.

“A obra de arte sou eu criando a obra de arte. Seria como ver um espaço em branco se transformar em um espaço colorido”, disse Inzana em entrevista à revista Insider. “Eu não sei exatamente o que estou fazendo, para ser honesto. Há elementos em mim apenas seguindo palpites e querendo tornar o mundo um lugar melhor”.

O isolamento

Como funciona o projeto? Como o artista age diante de uma câmera que nunca é desligada? Como é passar dias e dias dentro de um simples cômodo? O artista, durante o dia, fica de frente de seu computador interagindo com seus espectadores por meio de um jogo de perguntas e respostas. Já em outro momento, Inzana incorpora o papel de um DJ e apresenta aos interessados em vê-lo uma discografia de músicas que o inspira. Nas horas que se seguem, o artista prepara suas refeições, medita e trabalha em outras obras de arte. À noite, assim como todos nós, ele dorme.

De acordo com o portal Odditycentral, Tim C. Inzana necessitou de mais de um mês apenas para preparar o ambiente onde se encontra isolado. O artista, além disso, também consultou sua família e amigos antes de assumir o desafio incomum. Até a noiva dele abraçou o projeto. É sua companheira que lhe entrega comida. Para evitar qualquer tipo de contato, a alimentação é deixada em umas das janelas do ambiente.

Caso não ganhe US$ 5 milhões para ficar isolado por 5 anos, ou US$ 10 milhões para seguir com a transmissão ao vivo por 10 anos, Inzana está disposto a manter o projeto ativo por até 5 anos, caso atinja o número de 7.000 assinantes no Twitch.

No momento em o portal Odditycentral produziu a reportagem sobre o projeto do artista, o número de assinantes era de 102. Obviamente, para conquistar os 7.000 assinantes, há um longo e árduo caminho. Mas desejamos sorte, afinal, nem todos são tão criativos assim, não é verdade.

NASA fez história com o primeiro voo controlado de uma nave em Marte

Matéria anterior

Rede Globo: curiosidades sobre a maior emissora do Brasil

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.