Bill Gates fala em entrevista qual foi o maior erro da sua vida
Tempo de leitura:2 Minutos, 49 Segundos

Bill Gates fala em entrevista qual foi o maior erro da sua vida

Você, provavelmente, já deve ter ouvido o nome de Bill Gates algumas vezes ao longo da vida. Isso porque o magnata da tecnologia, junto com Paul Allen, fundou a Microsoft. Sua empresa é a maior e mais conhecida empresa de software do mundo. Ao menos em termos de valor de mercado.

Mas não se engane, Bill Gates já envolveu seu nome com coisas muito além do mundo da informática. Gates é um filantropo dedicado. Seus esforços já salvaram a vida de milhões de pessoas ao redor do mundo. Atrás apenas de Jeff Bezos, ele é o segundo homem mais rico do mundo.

No entanto, todo o dinheiro acumulado por Gates e os anos de experiência no mercado não impediram que ele cometesse erros. E, recentemente, durante uma entrevista, o dono da Microsoft assumiu qual foi o maior erro de sua vida. Tudo foi revelado durante um evento da empresa de investimentos, a Village Global, destinada a criadores de negócios, em São Francisco, na Califórnia (EUA).

Gates participou de uma entrevista, conduzida pela fundadora da empresa Eventbrite, Julia Hartz. Para ela, o magnata afirmou que seu maior erro foi perder a “oportunidade Android”. Gates se referia ao sistema operacional do Google, que hoje é instalado na grande maioria dos smartphones ao redor do mundo.

Segundo ele, o mercado dos softwares funciona em um modelo no qual o vencedor domina tudo. “No mundo do software, especialmente entre as plataformas, esses são mercados no qual o ‘vencedor leva tudo’”, disse Gates, acrescentando: “O maior erro de todos está nas falhas de gestão nas quais me engajei e que fizeram a Microsoft não ser o que o Android é, ou seja, a plataforma padrão nos aparelhos que não os da Apple”.

Ele também disse que o Android é a plataforma telefônica padrão não-Apple, o que a torna um marco para a Microsoft superar. “O vencedor realmente leva tudo”, disse Gates à plateia. “Há espaço para somente um sistema operacional não-Apple e o que vale a pena? US$ 400 bilhões que seriam transferidos da empresa G [Google] para a empresa M [Microsoft].”

Escolhas e renúncias

Aparentemente, permitir que o Google transformasse o Android em tamanha potência não foi o único erro cometido por Gates. O bilionário ainda admitiu que lamenta por alguns sacrifícios que teve que realizar em termos de equilibrar sua vida pessoal e o trabalho. Ele ainda afirmou ter uma visão muito dura quando se trata de começar um projeto como ele realizou com a Microsoft. Segundo Gates, ele possui “uma visão bastante hardcore de que deve haver um sacrifício muito grande durante os primeiros anos”.

No entanto, ele antecedeu essa afirmação com a ideia de que “você pode adorar e mitificar a ideia de trabalhar muito duro”, numa espécie de admissão de que ele não acreditava na ideia de descansar nos fins de semana ou tirar férias quando se é mais novo. “Eu não recomendo”, brincou ele. “Eu não acho que a maioria das pessoas iria gostar”.

“Quando cheguei aos 30 e poucos anos, dificilmente poderia imaginar que tinha feito isso porque, na época, algum comportamento natural tinha surgido e eu amava fins de semana e minha namorada gostava de férias e isso acabou sendo uma coisa bacana”, disse ele.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.