Curiosidades

Chuva de meteoros de Geminids atinge seu pico no domingo com estrelas cadentes mais brilhantes do ano

0

Todos os anos, acontecem milhares de eventos astronômicos, como as fases da lua, chuvas de meteoro, eclipses, ocultações, oposições, conjunções e outros eventos interessantes. Alguns eventos que acontecem pode ser vistos a olho nu, outros apenas com a ajuda de telescópios. Mas uma coisa que eles têm em comum é a beleza e o fascínio que causam.

A chuva de estrelas, chuva de meteoros ou mesmo chuva de estrelas cadentes é um evento em que um grupo de meteoros é observado irradiando de um único ponto no céu. Esses meteoros são causados pela entrada de detritos na atmosfera a velocidades muito altas.

E a chuva de meteoros dos Geminids. provavelmente, terá as estrelas cadentes mais brilhantes de 2020. E o pico dessa chuva de meteoros será na noite de domingo.

Essa chuva deve produzir aproximadamente 120 estrelas cadentes amarelas, verdes, laranja, vermelhas e azuis, por hora. E o mais brilhante desses meteoros deixa rastros brilhantes em seu caminho.

O melhor de tudo é que a lua não vai ofuscar nenhum dos meteoros. Isso porque ela ficará escura e quase invisível no céu noturno.

“Vale a pena enfrentar o frio durante o pico desta chuva. Os geminids oferecem a melhor exibição de ‘estrelas cadentes’ durante todo o ano”, disse Diana Hannikainen, editora de observação da Sky & Telescope.

Chuva de meteoros

Ela ainda disse que o céu claro pode mostrar um novo meteoro a cada minuto ou dois até o amanhecer. Foi a asteroide chamado 3200 Phaethon que deixou para trás esse rastro de poeira, que é responsável pelos geminids, há vários milhares de anos.

Isso faz com que os geminids sejam únicos. Até porque a maioria das chuvas de meteoros vêm da poeira de um cometa, ao invés de um asteroide.

Conforme a Terra vai orbitando o sol, ela cruza com a trajetória orbital de Phaethon todo dezembro. Nosso planeta, vai abrindo caminho pela trilha de destroços que o asteroide deixou cair.

Por mais que os pedaços de rocha espacial, possam ser tão pequenos quanto um grão de areia, eles queimam na atmosfera terrestre e emitem os clarões de luzes brilhantes.

E os brilhos têm cores diferentes porque elas vêm dos diferentes elementos químicos da rocha. Por exemplo, quando o magnésio está queimando, ele tem um brilho verde-azulado. Já o ferro tem um brilho amarelo.

Em 2019, a Parker Solar Probe da NASA viu a trilha de destroços de geminids pela primeira vez. Foi por conta dessa observação, que os cientistas descobriram que a trilha do asteroide tem aproximadamente um milhão de toneladas de material.

Como ver

Para conseguir ver da melhor forma, é recomendável que afaste das luzes da cidade. Além de encontrar um lugar confortável para deitar e ter uma visão aberta do céu e das estrelas.

O show deve começar depois do cair da noite, por volta das 20 horas. E deve atingir seu pico às duas da manhã no horário local.

As estrelas cadentes podem aparecer em qualquer lugar do céu. No entanto um ponto de referência para olhar é a constelação  de gêmeos. Que é de onde os geminids costumam aparecer.

Se você por algum acaso perder essa chuva de meteoros a próxima para se ver é a de Ursids. Ela atingirá seu pico na noite de 21 de dezembro.

Conheças essas 6 princesas europeias herdeiras de tronos reais

Matéria anterior

5 notícias bizarras dos lançamentos do PS5 e do Xbox Series X

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Você também pode gostar