Curiosidades

Cientistas descobriram uma maneira de fazer as crianças comerem mais vegetais. Veja como

0

Todos sabemos que uma boa alimentação pode influenciar sim na nossa saúde e na disposição que temos para enfrentar o dia-a-dia. O segredo não está em apenas comer frutas e legumes. Mas sim fazer uma dieta equilibrada com todos os alimentos em quantidades certas. Isso porque o nosso corpo precisa de um pouco de cada alimento para que tenhamos uma vida saudável.

Contudo, normalmente as crianças não entendem esse conceito e tem dificuldade ou se recusam a comer vegetais. Felizmente, pesquisadores descobriram uma nova forma de fazer as crianças seguirem uma dieta saudável que é colocar mais vegetais no prato.

Experimento

Vegetais1 615x470, Fatos Desconhecidos

Um experimento foi feito durante quatro semanas com 67 crianças, entre três e cinco anos, foi colocado porções maiores de vegetais no prato. Com isso, as crianças mastigaram 68% a mais deles, o que é cerca de 21 gramas por dia.

Para o estudo os pesquisadores usaram brócolis e milho como sendo os vegetais de teste. Eles dobraram a quantidade servida, indo de 60 para 120 gramas, para ver como isso mudaria o comportamento alimentar das crianças.

“O aumento que observamos é igual a cerca de um terço de uma porção ou 12% da ingestão diária recomendada para crianças pequenas. Usar esta estratégia pode ser útil para pais, cuidadores e professores que estão tentando encorajar as crianças a comer a quantidade recomendada de vegetais ao longo do dia”, disse o cientista nutricional Hanim Diktas, da Universidade Estadual da Pensilvânia.

Nesse estudo, o tamanho das porções dos outros alimentos não foram mudados. Os pesquisadores também tentaram adicionar manteiga e sal em alguns testes. Mas isso não fez uma diferença significativa na quantidade de vegetais que as crianças comeram. O tamanho da porção foi uma estratégia bem mais eficaz para a melhoria na dieta.

Mais vegetais

Vegetais2 1326x884, Fatos Desconhecidos

O sucesso pode ser porque os vegetais eram bem apreciados, mesmo sem a manteiga e o sal. E 76% das crianças os classificaram como “apenas bons” ou “gostosos”. Os pesquisadores também ressaltaram que a escolha dos alimentos também é bem importante. Por exemplo, junto com os brócolis e o milho foram servidos palitos de peixe, arroz, purê de maçã e leite.

“Escolhemos alimentos que eram geralmente apreciados, mas também não eram os favoritos das crianças. Se você oferecer vegetais junto com, digamos, nuggets de frango, pode ficar desapontado. Combinações de alimentos são algo que você precisa estar ciente, porque a palpabilidade dos vegetais em comparação com os outros alimentos no prato vai afetar a resposta ao tamanho da porção. Você precisa ter certeza de que seus vegetais têm um sabor muito bom em comparação com os outros alimentos”, disse a cientista nutricional Barbara Rolls, também da Universidade Estadual da Pensilvânia.

Observações

Vegetais3 620x453, Fatos Desconhecidos

Ou seja, os resultados seriam diferentes com vegetais diferentes. E talvez alguns deles não fossem tão apreciados. E os pesquisadores estão ansiosos para fazer mais testes a respeito de como o tamanho das porções e até mesmo os substitutos alimentares podem funcionar.

“É importante servir muitos vegetais aos seus filhos, mas também é importante servir aqueles de que gostam porque têm de competir com os outros alimentos do prato. Os pais podem facilitar isso expondo gradualmente as crianças a novos vegetais, cozinhando-os da maneira que seus filhos gostam e experimentando diferentes sabores e temperos à medida que você os familiariza”, concluiu Rolls.

5 momentos bizarros de Sheldon Cooper em ”The Big Bang Theory”

Matéria anterior

7 fatos que você provavelmente não sabia sobre ”O Rei Leão”

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em Curiosidades

Comentários

Comentários não são permitidos