Como era o mundo antes da 1ª Guerra Mundial?

POR Isabela Ferreira    EM História      14/06/17 às 14h45

Entre os anos de 1914 e 1918, o mundo estava envolvido em uma grande tensão, causada pela Primeira Guerra Mundial. Conflitos extremamente violentos aconteciam, e acabaram deixando milhares de mortos, feridos e mutilados, famílias foram literalmente destruídas.

Além do rastro de sangue deixado pela guerra, acabou provocando também, a queda de impérios e a remodelação da geopolítica mundial. Com certeza, é uma mancha em nossa história que infelizmente, deixou consequências graves. Mas por que tudo isso aconteceu? Como era o mundo antes da guerra?

A Europa,especificamente, anos antes do estopim que culminaria na guerra, vivia um período bastante favorável, economicamente falando. O desenvolvimento industrial acontecia de forma rápida e intensa, o que favorecia o avanço tecnológico. Mudanças culturais também se alastravam pelo continente. De forma geral, o mundo passava por momentos de euforia com o progresso, em uma era chamada de Belle Époque (Bela Época, em português).

A industrialização que acontecia de forma frenética na Europa e em parte dos Estados Unidos, possibilitou a mecanização de atividades que antes, eram feitas de forma manual pelos funcionários de indústrias, por exemplo, aumentando a margem de produção em bens de consumo, de produção, entre outros. A população da época acreditava estar vivendo momentos de ouro.  Ali começava também o processo de globalização, onde a modernidade era a palavra da vez.

O continente europeu era o que mais se desenvolvia e continuava trabalhando para manter o ritmo acelerado, porém, tal fato se transformou em uma disputa, visto que um queria ter mais poder que o outro, buscando inovações tecnocientíficas que fossem capazes de se sobrepor aos outros países. O objetivo não era apenas dominar a Europa, mas sim o mundo como um todo.

Um clima de instabilidade e insegurança tomava conta e alguns críticos já diziam que a Belle Époque traria consequências amargas ao mundo. Com a relação totalmente abalada entre os países europeus, esses conflitos culminaram no assassinato de Francisco Ferdinando, arquiduque e provável herdeiro do Império Austro-Húngaro. O O fato aconteceu na Bósnia e teve como culpado um ativista sérvio, fazendo com que os dois países rompessem laços quando a Áustria declara guerra à Sérvia. A morte do arquiduque foi o estopim para o início da grande guerra, que dividiu a Europa e países de todo o mundo em apoio a um dos dois, o que acabou tomando proporções inimagináveis e se transformou na triste história que conhecemos hoje.

E aí galera, o que acham? Gostaram da matéria? Compartilha sua opinião aí com a gente!

Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+