Ciência e Tecnologia

Conheça o curioso mapa das emoções humanas

0

Nós, seres humanos, somos animais muito complexos. Dentro de cada um, apesar da semelhante anatomia, existe um universo completamente diferente. A maneira com que reagimos ao que acontece ao nosso redor é completamente influenciada por esse universo e pelas experiências com as quais nós o nutrimos. Assim, à medida que vivenciamos as coisas, vamos também construindo esse universo interior que também parece estar em constante expansão.

Conhecer nossas emoções, e aquilo que acontece “dentro” de nós, é uma tarefa árdua, porém, muito gratificante. Nos conhecendo, somos capazes de fazer uma administração mais segura e eficaz de nossos sentimentos e emoções, melhorando significativamente nossa qualidade de vida. E nesta missão, a ciência pode nos dar uma grande ajuda.

Pesquisadores finlandeses conseguiram criar o que provavelmente é o primeiro mapa corporal das emoção humanas. A equipe formada por cientistas da Universidade de Aalto, na Finlândia, descobriu que cada uma de nossas emoções despertam certas reações em determinadas partes de nosso corpo. E isso acontece independentemente da cultura ou região que uma pessoa viva. O estudo completo foi publicado na revista científica PNAS da Academia de Ciências dos Estados Unidos. O mapa físico-emocional criado pelos pesquisadores tem bases biológicas e é universal.

Mas, muitos devem estar se perguntando: por que o corpo reage dessa maneira? Segundo o que foi explicado pelos cientistas, estes são alguns dos mecanismos biológicos que nos preparam para uma resposta ao meio ambiente. Seja para nos divertirmos e aproveitarmos o momento que estamos vivendo ou para nos defendermos. “As emoções ajustam não apenas nossa saúde mental, mas também nossos estados corporais”, explicou a líder da equipe de pesquisa, Lauri Nummenmaa.

Mapa das emoções

Para a realização do estudo, cinco experimentos foram conduzidos pelos pesquisadores. Neles, 701 pessoas precisavam localizar em que lugar sentia os efeitos de diversas emoções básicas. Entre elas a raiva, medo, nojo, felicidade, tristeza ou surpresa. Além de algumas mais complexas como amor, ansiedade, depressão, desprezo, orgulho, vergonha e inveja.

Enquanto ouviam as palavras designadas a cada uma dessas emoções, os voluntários coloriam a zona em que elas foram ativadas, marcando em uma silhueta humana em um papel. Com a cor vermelha, os participantes marcaram as áreas de maior atividade e com o azul, eles marcaram as regiões com menos sensação. Ao final, os cientistas puderam observar uma grande coincidência nas áreas marcadas, acima de 70% das áreas coloridas.

No mapa produzido posteriormente com a reunião desses dados, podemos perceber que as duas emoções que causam reações corporais mais intensas pelo corpo são o amor e a alegria. Também é possível notar que, em geral, todas as emoções básicas acabam ativando sensações na parte superior do corpo, especialmente na cabeça. Coincidentemente, ou não, a parte de cima de nosso corpo é onde estão localizados nossos órgãos vitais.

Durante os testes, foram ainda aplicados nos voluntários quatro outros experimentos. Utilizando fotografias, imagens, filmes e histórias para tentar transmitir as emoções em questão, direcionados aos envolvidos no experimento.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Vendedor de cocadas compra máquinas de costura para fazer perucas para pacientes com câncer

Matéria anterior

Marvel revela o novo uniforme de Ciclope na próxima HQ de X-Men

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Você também pode gostar